Curiosidades

Robinho pode cumprir pena no Brasil

0

O Brasil é conhecido como o País do Futebol, visto que somos a única seleção a ter cinco troféus da Copa do Mundo FIFA, além de exportarmos grandes jogadores para clubes do mundo inteiro. No entanto, nem tudo no mundo do futebol é algo bom e admirável. Alguns dos nossos craques escondem segredos e crimes terríveis, como Robinho, por exemplo. Um dos maiores ídolos da bola brasileira, ele já brilhou em grandes times e também em jogos pela Seleção Brasileira.

No entanto, Robinho foi condenado na Itália pelo crime de estupro contra uma jovem albanesa em 2013. Embora esteja no Brasil como uma forma de fugir da justiça italiana, onde tem recusado contratos com outros times do exterior, Robinho poderá pagar por seu crime aqui mesmo no Brasil. De acordo com Flávio Dino, o ministro da Justiça durante uma entrevista à rádio BandNews no último dia 18 de janeiro, o Brasil pode prender o ex-jogador depois da condenação por violência sexual em grupo na Itália.

Caso de Robinho

Via Jovem Pan

Robinho foi condenado na Itália a 9 anos de prisão. Isso após cometer o crime de estupro contra uma jovem albanesa ainda em 2013 no país europeu. Na ocasião, o ex-craque teria abusado sexualmente da mulher, que fora embriagada por ele e seus amigos em uma boate.

A condenação veio junto com seu amigo Ricardo Falco, que também estava envolvido no crime. Outros quatro envolvidos não foram encontrados pela Justiça Italiana, então não puderam ser julgados e sentenciados. Segundo as acusações feitas pela vítima, Robinho e seus amigos a embriagaram, deixando-a totalmente inconsciente e incapaz de se opor. Depois disso, ela foi levada para um camarote de uma boate, onde eles começaram a praticar relações sexuais com a albanesa enquanto ela estava inconsciente.

A justiça teve acesso a uma conversa telefônica grampeada entre Robinho e Jairo Chagas, seu amigo. Nela, o ex-jogador diz: “Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabem nem o que aconteceu”. Depois ele reforçou que os amigos realmente praticaram o estupro, mas ele havia apenas colocado o pênis na boca da vítima e que isso não era estupro. Após a condenação, Robinho se refugiou no Brasil, onde poderá ser preso agora.

Robinho poderá ser preso

Via DW

De acordo com o ministro Dino, o caso de Robinho inicialmente tramita pelo Ministério da Justiça e nós ainda temos a Secretaria Nacional de Justiça. Esse é o órgão central de cooperação jurídica de relação entre o Brasil e outros países, que faz todo o processamento.

Dino ressalta que até o presente momento o caso ainda não chegou em suas mãos, também por causa dos ataques realizados em Brasília no dia 8 de janeiro, quando diversos documentos foram destruído. O Ministério da Justiça italiano havia feito o pedido de extradição do ex-jogador ao governo brasileiro em outubro de 2022, ainda sob a gestão do ex-presidente Bolsonaro.

“O exame definitivo compete a questões jurídicas, não são questões políticas. A própria Constituição brasileira proíbe a extradição de cidadãos brasileiros natos. Mas, agora pode, em tese, haver esse cumprimento de pena, mas isso precisa ser examinado e isso efetivamente tramitar”, disse.

“Apesar de parecer que eu tomei posse há meses, eu tomei há duas semanas e no meio desse tumulto todo. Nós temos muitos problemas graves como esse e estamos, a equipe do ministério da Justiça, trabalhando contra o terrorismo porque essa é uma questão primordial”, completou.

“Efetivamente isso não chegou e não posso dizer ainda minha opinião, mas evidentemente, posso afirmar que a minha visão geral é de que crimes, quaisquer que sejam eles, devem ser punidos. Mas, a aplicabilidade de um caso complexo como esse só pode ser feita depois que houver toda a tramitação”, finalizou.

Fonte: UOL

Mega-Sena: ninguém acerta, e prêmio sobe para R$ 51 milhões

Previous article

Jovem vê sonho de intercâmbio virar um verdadeiro pesadelo

Next article

Comments

Comments are closed.