Sem categoria

Segundo alguns estudos, só nos apaixonamos 3 vezes e em 3 situações diferentes

0

Ao longo de nossas vidas tendemos a nos apaixonar “diversas” vezes, não é verdade? Desde o ensino primário já ficamos mexidos com alguma pessoa e desejamos a sua presença o tempo todo, chegando ao ponto de ficar triste quando não as vemos. Com o passar dos anos essa forma de gostar vai se intensificando e começamos gostar de uma forma mais madura, compreendendo melhor esse sentimento.

Pessoas entram e saem das nossas vidas e nós sempre acreditamos que estamos tremendamente apaixonados e que aquele é o relacionamento que pedimos a Deus um dia. Não é bem assim as coisas e infelizmente as vezes não passamos de equivocados nesse quesito. Alguns estudos afirmam que nos apaixonamos somente três vezes durante toda nossa vida e em diferentes situações, ou seja, um tipo de paixão diferente.

Se é uma coisa verdadeira ou não, nós aqui do Ultra Curioso não sabemos pois somente cada um sabe o que sente mas vale a pena conferir esse artigo incrível que trouxemos para você a fim de seguir o conceito do nosso site e levar sempre o melhor conteúdo para vocês e as mais diversas curiosidades.

Amor de conto de fadas

Geralmente conhecemos uma pessoa quando ainda somos muito novos e tudo parece ser muito mágico. Não vemos defeitos, acreditamos até que a pessoa é realmente o amor de nossas vidas e acreditamos que vamos ficar juntos para sempre. Desde então sacrificamos o nosso tempo e tendemos a acreditar em mil e uma coisas que dariam certo com a pessoa. Isso não é bom pois caso comece a dar errado nós não aceitamos.

Preferimos nos preocupar mais com a aparência de nosso relacionamento do que como ele está de fato pois não aceitamos que possa dar errado tudo aquilo que sonhamos e imaginamos ser perfeito e/ou correto. Esse tipo de relacionamento serve para nos mostrar que não devemos olhar somente ao nosso redor, mas que é importante olharmos um para o outro.

Relacionamento complicado

Esse talvez seja o pior de todos e as vezes a pior fase de nossas vidas. Como viemos de um relacionamento passado que não deu tão certo e meio que “quebramos a cara”, acreditamos ter aprendido alguma lição e que isso vá nos ajudar, mas nem sempre é assim. Escolhemos pessoas completamente diferentes da primeira e isso pode ser o motivo de ser tão complicado… a mudança radical.

Esse tipo de relacionamento há desconfiança, as vezes manipulação e estamos sempre na esperança de tudo melhorar, enfim, é um grande drama.

Amor maduro

O terceiro é aquele que não esperamos. Ele aparece na nossa vida quando menos queremos por estar vindo de dois complicados. O que nos mantém confiantes é a naturalidade que há entre nós e a pessoa com a qual nos relacionamos. Geralmente esse é o que gera o casamento.

Nesse já não nos decepcionamos tanto e temos facilidade em resolver todos os problemas que aparecem juntamente com o(a) parceiro(a). Enfim, esse é o relacionamento que todos vivem para ter.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe ela com seus amigos e seu amor também. Lembrando que o seu feedback é extremamente importante para que possamos crescer cada dia mais e possamos trazer sempre o melhor conteúdo para todos os tipos de leitores aqui do Ultra Curioso.

5 sacrifícios heroicos que deixam qualquer um emocionado

Matéria anterior

10 autorretratos de celebridades que foram feitos antes mesmo de existirem as selfies

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.