Seita cristã calcula que fim do mundo será nesta quarta-feira

POR Fabiana Souza    EM Entretenimento      06/10/15 às 19h22

A gente mal se livrou de um fim do mundo e já vem outro para tentar nos eliminar?! Sim. Temos mais um fim do mundo pela frente. E dessa vez quem prevê a nossa destruição são os membros das seita religiosa online eBible Fellowship.

Além de sermos advertidos do fim do mundo na virada do século, em 2012 e em qualquer anormalidade que acontece ao redor do mundo, fomos avisados que nesta quarta-feira (7) teremos nosso último fim. O definitivo, dizimador, destruidor... ufa! Enfim, o último dos últimos. Você já está preparado?

A seita cristã, com sede nos EUA, previu que o mundo será completamente destruído. Ou seja, nosso fim será amanhã. "De acordo com o que a Bíblia está apresentando, parece mesmo que 7 de outubro será o dia em que Deus falou: no qual o mundo acabará", disse Chris McCann, líder e fundador da seita, que deu uma entrevista para o jornal britânico The Guardian. "O mundo se irá para sempre. Será aniquilado", concluiu.

O grupo, cuja sede fica na Filadélfia, EUA, reviu os seus cálculos anteriores de que o mundo se acabaria no dia 21 de maio de 2011 - o que (felizmente) não aconteceu. McCann afirmou também que, segundo as interpretações que os membros da seita fazem da Bíblia, o mundo terá o seu fim "através com fogo".

fim-do-mundo

"Deus destruiu a primeira Terra com água, com uma enchente, nos dias de Noé. E ele diz que não fará isso de novo com água. Mas ele diz em Pedro que destruirá o mundo com fogo", acrescentou McCann, fazendo referência à Segunda Carta de Pedro, capítulo 3, do Novo Testamento.  O versículo 12 diz:  "Aguardando, e apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se desfarão, e os elementos, ardendo, se fundirão".

De acordo com McCann, depois de 21 de maio de 2011, Deus teria mudado de ideia e se dedicado em decidir quem seria salvo do fim do mundo em 1.600 - o prazo acaba nesta quarta, 7 de outubro de 2015. "Há uma grande chance de que aconteça", afirmou McCann, alertando: "o que significa que há uma pequena e improvável possibilidade de que não ocorra". Além disso, para os religiosos da seita, a última super lua foi um sinal do "fim dos tempos".

Fonte: The Guardian

Fabiana Souza
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+