Entretenimento

Teaser de ‘A pequena Sereia’ com atriz negra como protagonista recebe dislikes

0

O primeiro teaser do tão aguardado filme de “A pequena Sereia” finalmente foi lançado durante a convenção D23, da Disney, que ocorreu no final de semana. No entanto, logo após a divulgação das imagens nas redes sociais, o vídeo ganhou dislikes no YouTube.

“A pequena Sereia”, que tem como protagonista a cantora Halle Bailey como Ariel, estreia no dia 26 de maio de 2023. Assim sendo, desde o anúncio da princesa sendo interpretada por uma atriz negra, a produção vem ganhando críticas nas plataformas digitais.

Por conta disso, o YouTube removeu a contagem pública de dislikes em vídeos desde novembro de 2021. Mas, por meio de um extensor no navegador, é possível visualizar o número de contas que desaprovaram o vídeo. Dessa forma, na manhã de segunda-feira (12), o teaser em inglês na página da Disney contava com mais de 9 milhões de visualizações, 332 mil likes e 1,2 milhão de dislikes.

Já na versão dublada em português, o vídeo teve mais curtidas. O teaser na página brasileira do estúdio tinha 517 mil visualizações, 76 mil likes e 65 mil dislikes.

Debate racial

a pequena sereia Halle Bailey

Reprodução/Adoro Cinema

Vale destacar que, ainda em 2019, surgiu um debate com reclamações sobre Halle não se parecer com a versão original de Ariel no desenho da Disney, que foi inspirada na aparência de uma pessoa branca.

Na época, com as críticas, em entrevista à revista Variety, Halle falou sobre os comentários e mostrou não se importar. “Sinto como se estivesse sonhando e estou apenas grata, não presto atenção à negatividade. Vai ser lindo e estou muito empolgada por fazer parte disso”, afirmou Halle.

Assim, na sexta-feira (9), Halle compartilhou o teaser no Instagram e celebrou: “Nem acredito que está acontecendo”. Nos comentários, a atriz recebeu uma série de elogios.

Representatividade

Apesar de ter uma grande parcela da população que verdadeiramente se incomoda com o fato da nova versão da princesa Ariel ser uma jovem negra, há aqueles que celebram.

Nas redes sociais, é possível encontrar vídeos de garotinhas entusiasmadas quando percebem que a Ariel possui a pele parecida com a delas. “Mamãe!”, uma garotinha diz em um vídeo postado pelo usuário do TikTok nickyknackpaddywack. “Ela é marrom como eu!”

Seu vídeo está entre os diversos compartilhados no TikTok e no Twitter, com os pais usando hashtags como #representationmatters para ajudar a demonstrar a importância do elenco diversificado na mídia infantil. Em um dos vídeos de reação, postado pela usuária do TikTok, Precious Avery, uma criança chamada Emery descansa no sofá, mas se senta quando Bailey aparece na tela.

“Eu acho que ela é marrom!”, um Emery radiante diz no vídeo. “Ariel marrom é fofa”. A usuária do TikTok callmedarii também postou um vídeo semelhante das reações encantadas de suas filhas ao ver Ariel. “É por isso que a representação é importante! Mal podemos esperar para assistir a isso”, ela legendou o vídeo.

“Ariel é realmente negra?”, uma jovem diz em um vídeo postado pelo usuário do TikTok jendayis682. “Nesta ‘Pequena Sereia’ ela será”, responde a pessoa que grava o vídeo. “Você entende como é para nossos bebês se verem nos contos de fadas que o mundo disse que não foram feitos para eles?”, escreveu Jendayis682 na legenda. “Diga o que quiser e reclame o quanto quiser… Não ouço nada além da alegria e excitação que essa garotinha sente ao ver uma pessoa que a representa”.

@nickyknackpaddywack

Mayas reaction to #thelittlemermaid trailer. #representationmatters #representationinthemediamatters #blackgirls

♬ original sound – Nicky

Remake

“A pequena Sereia” foi lançado em 1989, um dos desenhos animados de maior sucesso da Disney, o que automaticamente anima o público infantil hoje e aqueles que assistiram ao filme quando eram crianças. No entanto, especialistas levantam a questão que foge da crítica em relação à cor da protagonista. Isso porque eles questionam se a Disney será capaz de produzir cenas aquáticas boas, considerando que grande parte do filme ocorre dentro do oceano.

Fonte: G1

Morre Jean-Luc Godard, cineasta francês pioneiro da Nouvelle Vague

Artigo anterior

Homem sonha completar 100 doações de sangue para celebrar 50 anos de vida

Próximo artigo