• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Uma misteriosa anomalia na África está enfraquecendo o campo magnético terrestre

POR Leticia Rocha    EM Ciência e Tecnologia      02/01/19 às 15h59

O campo magnético da Terra funciona como uma espécie de imã, é por esse motivo que as bússolas sempre apontam para o Norte. O campo magnético surge do centro da Terra e circunda todo sua extensão. É por isso também que este campo funciona como uma forma de barreira que protege nosso planeta da radiação solar e torna possível que vivamos aqui.

No entanto, algumas alterações nesse campo têm deixado estudiosos preocupados com a situação. Aparentemente, o campo está enfraquecendo e isso pode nos deixar mais expostos aos raios solares. Além disso, isso também pode interferir na posição dos polos que podem acabar se invertendo.

O campo vem se enfraquecendo há anos

Aparentemente o processo de enfraquecimento da Terra já está ocorrendo há milhares de anos. E essa não seria a primeira vez que isso acontece. Segundo algumas pequisa, a inversão dos polos acontece a cada 200 a 300 mil anos. No entanto, a última que ocorreu de forma completa foi há cerca de 780 mil anos atrás. Ou seja, estamos de alguma forma atrasados para a próxima inversão.

No entanto, a Terra parece estar se preparando para isso. No entanto, a falta de dados concretos sobre o assunto dificulta as análises dos cientistas. Como não há muita informação a respeito do fenômeno é difícil dizer se ele está próximo de acontecer ou não. A inversão pode ocorrer há qualquer momento, mas não é possível prever isso com exatidão.

Anomalia abaixo do território africano

Poucos não sabem, mas o campo magnético da Terra tem uma ligação direta com o centro da Terra. Uma anomalia próxima do magma do planeta pode estar interferindo no campo. Essa anomalia vai do Chile ao Zimbábue e parece estar interferindo inclusive na rota de satélites, já que a alta radiação no local pode interferir nos componentes eletrônicos do equipamento.

Recentemente, os cientistas descobriram que essa anomalia é densa. Ela está entre a camada de ferro líquido quente e o manto mais rígido e frio da Terra. É essa estrutura que pode estar interferindo na atividade do ferro e consequentemente no campo magnético. Já que é o ferro líquido que está diretamente ligado a formação desse campo.

Os cientistas ainda não conseguem prever quando o a inversão irá ocorrer, nem mesmo se ela irá acontecer. No entanto, a descoberta dessa interferência pode ser de grande ajuda para compreender melhor esse fenômeno.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+