Independente de crença, a morte não é definitivamente "o fim de tudo", pelo menos, não para o nosso corpo, que mantém algumas de suas funções em funcionamento. Claro que, isso não significa que existem zumbis por aí. Não, não é isso.

O que acontece é que, algumas funções de nosso organismo não entendem a morte como o "fim" e continuam trabalhando, seja por alguns minutos, horas, dias e até mesmo semanas. Até serem interrompidas por falta de estímulos internos. Confira agora algumas delas:

10 - O cabelo e as unhas continuam a crescer

nails

Como você já deve ter ouvido falar, as unhas e os cabelos não param de crescer nas primeiras semanas após a morte, porém, não é bem assim, a contração da pele que causa essa impressão. O corpo não produz mais tecido e a epiderme acaba encolhendo, fazendo parecer que os cabelos e as unhas estão crescendo.

9 - Nosso cérebro mantém alguma atividade

2014-746443467-2014-746262462-42-57814155.jpg_20140827.jpg_20140mo828

Quando chega aquele momento deprimente em que nosso coração para de bater e bombear o sangue para o resto do corpo, as células presentes no cérebro começam a lutar pelo pouco oxigênio que há no sangue. As vezes essas disputas duram horas, até que seja provocado um dano cerebral. Sim, mesmo após a morte ainda é possível sofrer lesões no cérebro.

8 - As células da pele crescem

Publicidade
continue a leitura

suor

Enquanto as células do cérebro, por exemplo, precisam do oxigênio do sangue para sobreviver, algumas outras não fazem tanta questão assim, como é o caso das células da pele. Por estarem acostumadas a sobreviver por meio da osmose, essas células podem sobreviver por dias e acabar atingindo o dobro do seu tamanho.

7 - Expulsa-se urina

fazer-xixi

Os mortos também urinam na roupa. Pois bem, claro que essa função acontece de forma diferente do que você está pensando. O cérebro, responsável por controlar essa necessidade está sempre ligado aos órgãos responsáveis por armazenar e eliminar a urina. Quando ele para de funcionar, essa ligação é interrompida, fazendo também com que os músculos relaxem e a pessoa elimine urina, mesmo depois de morta.

6 - Eliminam-se dejetos

shitoy21

Da mesma forma que a urina, o corpo também elimina os dejetos. Porém, por ser um processos mais complexo, pode ocorrer horas depois da morte.

Publicidade
continue a leitura

5 - A digestão continua

intestino

Como as bactérias que estão presentes no nosso corpo, especialmente as que ficam no interior do intestino, não morrem todas ao mesmo tempo, o trabalho continua. E como o corpo continua produzindo dejetos, esses seres vivos continuam o processo de digestão.

4 - Ereção pós-morte

629696-Em-alguns-momentos-é-bom-ter-ereção-em-outros-não.-Foto-divulgação-600x600

Esta condição ocorre por situações de tensão no cérebro, ou acidentes que atinjam os vasos sanguíneos. Essa ligação afeta também as áreas genitais, e no caso dos homens, causa ereção. Um estado médico onde o pênis fica ereto e não retorna mais ao estado flácido. Esse fenômeno pode ocorrer em mortes por enforcamento, disparos de armas de fogo, acidentes que causem feridas ao cérebro, mortes violentas ou por envenenamento.

3 - Os músculos podem se mover

Publicidade
continue a leitura

morto

Um tanto quanto assustador, porém, uma condição normal. Após a morte, alguns musculos ainda continuam funcionando, o que leva o sistema nervoso a manter-se em pleno funcionamento, enviando sinais de alerta à medula espinhal. Essa condição faz com que o corpo tenha espasmos musculares e tensões em alguns membros.

2 - Vocalizações

respira

Após morrer, nosso corpo se enche de gases em consequência do grande número de bactérias que buscam uma saída, pois o corpo já não lhes oferece condição de sobrevivência. Quando isso acontece, esse enorme número de seres vivos procuram a saída mais rápida e fácil para deixar nosso corpo, pois todas as vias ficam contraídas e dificultam o acesso. Porém, uma das vias que permite a essas bactérias abandonar nosso corpo é a traqueia, ainda que também esteja contraída pelo rigor mortis, ainda é possível que seja usada como saída. Logo, os grunhidos e barulhos que algumas pessoas escutam da boca dos mortos são em consequência desses gases.

1 - Dar à luz

caido_morto

Existem casos documentados em que mulheres grávidas morrem e em pouco tempo o corpo expulsa o feto. Sua explicação cientifica também tem a ver com o relaxamento dos músculos e o aumento dos gases internos, combinação que termina por expelir tudo que há no interior do corpo.

Publicado em: 16/10/15 14h12