Curiosidades

Veja as fotografias vencedoras do concurso de fotos mais espetaculares de 2019

0

Uma incrível foto aérea dos “rios trançados” da Islândia ficou, em primeiro lugar, no Pano Awards. Para quem não sabe, o Pano Awards é um concurso de fotografia. Além disso, o pleito visa mostrar a magnificência da fotografia panorâmica. Em seu décimo ano, o concurso recebeu cerca de 5.000 inscrições. Surpreendentemente, vindas de mais de 70 países.

O número de inscrições que o concurso recebeu foi ligeiramente inferior ao do ano passado. Entretanto, isso não diminui a qualidade do material apresentado.

Afinal, do ponto de vista do puro espetáculo estético, anualmente, o Epson International Pano Awards compila a coleção de fotos mais deslumbrantes de todos os concursos do mundo. Por causa disso, este ano não foi exceção.

Em suma, o concurso possui duas categorias. Natureza/Paisagem e Ambiente Construído/Arquitetura. Surpreendentemente, a única regra é que as fotos sejam apresentadas nas proporções 2:1 ou 1:2.

Nesse ínterim, a fotógrafa australiana Mieke Boynton foi uma das vencedoras do concurso. Basicamente, Dragonfire é o título da imagem com a qual a fotógrafa logrou o primeiro prêmio da décima edição do EPSON International Pano Awards. Em síntese, o que significa que se tornou a primeira mulher na história do concurso, a alcançá-lo.

Basicamente, a fotografia foi tirada no ano passado, na Islândia. Em suma, foi tirada de um avião, capturando as tranças que formam os rios. Inclusive, registradas em sua corrida para o oceano.

Juntamente com as principais categorias gerais, o concurso concede também uma série de prêmios especiais, incluindo Digital Art Award, a Highest Scoring Smartphone Image Award, and a Curator’s Award. As obras são selecionadas pelo curador e fundador do Pano Awards, David Evans.

Ao todo, US$ 50.000 em dinheiro foram distribuídos entre os vencedores. Confira, agora, alguns dos belos destaques, revelados pelo concurso de fotos panorâmicas. Ah, aproveitamos para dar um conselho também.

Prepare-se: o material que você irá conhecer agora é visualmente sublime. Basicamente, selecionamos as que mais chamam atenção, seja pela cor ou pelo ângulo.

Caso queira conferir todas as fotografias, selecionadas no Pano Awards, basta clicar aqui.

#1 – Daniel Trippolt


#2 – Jesus Alcantra


#3 – Zhayynn James


#4 – Wong Choon Keat


#5 – Yifan Bai


#6 – Daniel Trippolt


#7 – Ray Jennings


#8 – Milan Radisics


#9 – Jason Denning


#10 – Mark Duffus


#11 – Daniel Bonte


#12 – Peter Gordon


#13 – Zay Yar Lin


#14 – Lourdes Gomez Fernandez


#15 – Bernadett Becei


#16 – Marcio Cabral


#17 – Weimin Chu


#18 – Richard Auger


#19 – Daniel Bonte


#20 – Amri Arfianto

A fotografia vencedora – Mieke Boynton

“As geleiras são poderosas. Potentes, esmagam as montanhas. Ou seja, escondem as rochas. Mas quando a água se estende através dos deltas do rio, essas rochas, em particular, dão à água uma ligeira cor leitosa. As cores são alteradas de acordo com a presença de diferentes elementos e minerais. Em síntese, os típicos enxofre e metal. Do mesmo modo que as infinitas variações, que são impressionantes”, explicou Boynton em comunicado à imprensa. Tal comunicado foi emitido pela organização do concurso. Boyton disse também que gosta de ver a delicada e complexa arte que a natureza cria. “Viajo para áreas remotas e inacessíveis, muitas das quais não podem ser fotografadas com drones. Além disso, muitos desses lugares parecem pinturas gigantes abstratas. Por causa disso, sou cativada e fascinada pela arte abstrata que a natureza promove”.

Por isso, me inspiro na fotografia de Andre Ermolaev e nos estilos artísticos dos artistas MC Escher, Wassily Kandinsky, Piet Mondrian e Papunya Tula”, finalizou a fotógrafa.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo. Posteriormente, compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é muito importante para nós.

Descoberta a terra mais profunda do planeta Terra na Antártica

Matéria anterior

Conheça Yeon-woo Jhi, a Barbie Musculosa que ganhou a internet

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos