A primeira vez que o homem pisou na superfície da lua foi durante a missão do Apollo 11, em 1969. No dia 20 de julho de 1969, em plena Guerra Fria, o homem fazia sua primeira viagem à lua. O que conferiu uma grande hegemonia para os Estados Unidos naquele momento histórico. O comandante da missão foi Neil Armstrong. Ele também foi o primeiro homem a pisar na lua. O discurso feito por ele, logo após o feito, mesmo depois de anos, continua a inspirar as pessoas no mundo todo.

E depois de mais de 50 anos do pouso histórico, os planos incluem voltar até lá. A Agência Espacial Americana, NASA, vem trabalhando para enviar astronautas americanos até a lua.

Inicialmente, os planos de voltar à lua estavam programados para acontecer em 2028. Mas o governo dos Estados Unidos pressionou a NASA quanto à missão. Depois disso, os planos foram antecipados. E agora o retorno do homem à Lua está previsto para 2024.

A empreiteira militar Dynetics, que fica no Alabama, revelou seu modelo em escala real do seu sistema de pouso humano (HLS). Ele foi projetado para retornar os astronautas da NASA até a lua em 2024. Isso será parte do programa da NASA chamado Artemis.

Publicidade
continue a leitura

Vídeo

O modelo feito pela empreiteira ficou quase do mesmo tamanho do módulo lunar Apollo, da NASA. Ele tem o objetivo dar aos engenheiros uma visão de como os astronautas vão interagir com a espaçonave durante as missões reais à lua. E um vídeo foi feito para apresentar como seria o interior desse módulo lunar.

É claro que esse modelo não vai sair para lugar nenhum. Como é mostrado no vídeo, os diferentes módulos de controle que são feitos para os astronautas controlarem o módulo de pouso são feitos, essencialmente, de pedaços de espuma que foram colados nas paredes internas desse modelo. Isso foi feito para que eles possam ser facilmente tirados e movidos de lugar para que eles encontrem qual é a melhor disposição para eles ficarem.

Publicidade
continue a leitura

“O design flexível é prontamente reconfigurável, permitindo que a equipe de integração de sistemas humanos (HSI) e a tripulação de voo revisem e forneçam feedback sobre os primeiros designs de conceito e executem iterações de giro rápido”, disse o comunicado feito pela Dynetics.

Protótipos

Publicidade
continue a leitura

A Dynetics prometeu que seu módulo de pouso será reutilizável. Isso diminuirá drasticamente os custos de exploração lunar. Como parte desse esforço, o sistema de pouso é projetado para transportar uma grande variedade de carga útil. Como por exemplo, experimentos científicos e roves pressurizados.

A notícia desse módulo lunar vei depois que o concorrente contratado pela HLS, Blue Origin, entregou o seu protótipo em escala real do seu sistema de pouso humano ao Johnson Space Center da NASA em agosto.

Além dessas empresas, a SpaceX também tem um contrato com a NASA para desenvolver uma configuração de nave espacial que consiga pousar na lua.

Publicado em: 21/09/20 18h58