icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 maneiras que você está trabalhando para o Google agora sem receber nada

POR Erik Ely EM Curiosidades 28/10/20 às 10h15

capa do post 7 maneiras que você está trabalhando para o Google agora sem receber nada

Se muitas pessoas já se assustam com a ideia de trabalhar, imagine trabalhar de graça, ainda mais para uma empresa de trilhões de dólares, como é o caso do Google. No entanto, não há motivo para se assustar. Na verdade, todos nós trabalhamos e ainda estamos contribuindo com o Google gratuitamente. Por isso, essa lista pode, ao menos, te fornecer mais conhecimento sobre sua prestação de serviços sem pagamento.

De vez em quando, o Google nos dá algumas tarefas simples e que são cumpridas rapidamente, sem muito esforço. Contudo, essas tarefas não são tão fáceis quanto parecem. Isso porque, elas fazem parte de um projeto maior e mais complicado que, se feito como um trabalho pago, custaria muito dinheiro para a empresa. Porém, ao invés disso, ela utiliza de seus usuários para fazer o trabalho pesado. Pensando nisso, separamos 7 maneiras que você está trabalhando para o Google agora sem receber nada.

1 - Digitalizando livros

Quando você resolve um CAPTCHA, você está trabalhando para o Google de graça. Sabe aquelas letras distorcidas e borradas que aparecem para provar que não somos robôs? Pois bem, uma de suas utilidades é digitalizar livros do Google Livros. Para se ter uma ideia, os CAPTCHA digitalizaram todos os jornais impressos do New York Times desde 1851, em dois anos. E claro, sem pagar um único centavo por isso.

2 - Treinando a inteligência artificial do Google

Se você já se deparou com um CAPTCHA, provavelmente também já se deparou com um reCAPTCHA. Assim, ao invés de palavras, no reCAPTCHA, temos imagens. Sabe quando você precisa identificar todas as imagens com placas ou faixas de pedestre? Esse trabalho funciona para ajudar na inteligência artificial da empresa. Logo, os resultados do reCAPTCHA podem ser usados no Google Maps ou até para carros que serão dirigidos sozinhos.

3 - Dizendo onde há e onde não há trânsito

Uma vez que seu GPS está ligado, ele fornece informações da sua localização para outros aplicativos, como o Google Maps, por exemplo. Com isso, em mente, Simon Weckert, um artista alemão, realizou um experimento para entender como nós fornecemos informações de trânsito para o aplicativo. Para isso, ele colocou 99 telefones Android em um carro e andou pelas ruas de Berlim. Logo, ao acessar o Google Maps, todas as ruas pelas quais o carro passou estavam classificadas como "congestionadas", ainda que não estivessem, de fato. Depois disso, a Google ainda agradeceu Weckert pelo uso criativo do recurso que ajudará a empresa a melhorar o aplicativo.

4 - Criando sismômetros humanos

Sismômetros são aplicativos para detectar terremotos. Assim, ainda que sejam de extrema importância, estamos falando de um aparelho que não é tão acessível. Por isso, o Google planeja criar sismômetros que funcionarão através do acelerômetro do celular. Em breve, você apenas precisará estar com o celular no bolso e, juntamente com os muitos aparelhos de uma mesma região, a função poderá detectar abalos sísmicos.

5 - Fazendo avaliações de locais

Sabe aquelas mensagens de "o que achou de tal lugar"? Se pararmos para pensar, você está trabalhando como um crítico para a plataforma. Mas, claro, esse também é um recurso que ajuda comerciantes e consumidores. No final das contas, todos saem ganhando.

6 - Traduzindo vídeos do YouTube

Desde o início de 2017, é possível traduzir vídeos do YouTube de maneira não remunerada. Dessa forma, criadores de conteúdo podem se conectar com outros públicos. Em geral, os usuários traduzem os vídeos para ajudarem na divulgação de determinado canal ou conteúdo.

7 - Atuando como moderadores de conteúdo

Atualmente, o YouTube conta com moderadores pagos para monitorar seus vídeos. No entanto, com a quantidade de vídeos existentes seria necessário, ao menos, 50.000 funcionários. Por isso, o YouTube conta com seus usuários para sinalizar se um vídeo é impróprio ou se não devia estar na plataforma.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest