10 habilidades de trabalho mais procuradas no mundo, segundo o LinkedIn
Tempo de leitura:2 Minutos, 45 Segundos

10 habilidades de trabalho mais procuradas no mundo, segundo o LinkedIn

Há cerca de uma década, surgiu uma tecnologia associada a criptomoedas. Contudo, poucos entendiam do assunto e, naquela época, parecia ter um alcance limitado. No entanto, com o o tempo, o blockchain ganhou tanta força que se tornou essencial. Atualmente, essa é uma das habilidades de trabalho mais procuradas no mundo, segundo o LinkedIn.

Essa e outras habilidades de trabalho são usadas em inúmeras áreas. Por exemplo, serviços financeiros, setor jurídico, energia, saúde, agricultura e até no varejo. Por isso, separamos as 10 habilidades de trabalho mais procuradas no mundo.

1 – Gerenciamento de blockchain

Especialistas em blockchain podem trabalhar em áreas como finanças, energia, comércio e Direito. Além disso, até o Fórum Mundial (WEF, na sigla em inglês) incluiu “especialistas em blockchain” como uma das profissões cuja importância aumentará nos próximos quatro anos. Contudo, é a primeira vez que esses profissionais ficam no topo da lista de habilidades.

2 – Computação na nuvem

Em segundo lugar, essa tecnologia permite armazenar e gerenciar dados que estão na internet. Com isso, é possível utiliza em áreas como arquitetura, design e entrega de sistemas de nuvem.

3 – Raciocínio analítico

Para essa habilidade, é requisitado a capacidade de interpretar dados e descobrir ideias que ajudem a tomar decisões de negócios. Seguindo as tendências de mercado, essa também é uma das habilidades que devem crescer a procura nos próximos anos.

4 – Inteligência artificial

Na inteligência artificial, é utilizada combinação de algoritmos para máquinas desenvolverem capacidades semelhantes às do ser humano. Também conhecida como IA (ou AI, em inglês), a inteligência artificial ganhou força com a evolução computacional e possibilitou um grande avanços nos estudos de análise.

5 – Design UX

Essa área do design é voltada para a experiência dos usuários de um determinado produto. Além disso, na maioria das vezes, esse produto está relacionado a algum tipo de tecnologia. Dessa forma, é preciso garantir que o design projetado atenda a todas as necessidades dos usuários, garantindo sua satisfação ao interagir com a empresa, plataformas ou marcas.

6 – Análise comercial

Ao analisar seu processo comercial, é possível descobrir se sua empresa possui uma estratégia de vendas realmente efetiva. Além disso, essa área não é uma ciência exata, com resultados garantidos. Muito pelo contrário, ela não é uma receita de bolo. Mas sim, uma busca para encontrar os melhores ingredientes que possam fazer sua empresa crescer.

7 – Marketing

Dentro do marketing, buscasse propor uma estratégia empresarial de otimização de lucros por meio da produção e da necessidade ou preferência dos consumidores. Para isso, é preciso recorrer a pesquisas de mercado, design, campanhas publicitárias e atendimentos pós-venda, por exemplo.

8 – Vendas

Pode parecer simples, mas não é. Nesse caso, é preciso entender tudo que acontece no processo de vendas. Por exemplo, estratégias, público-alvo, demandas e outras características que possam ajudar nas vendas de determinado produto ou atividade.

9 – Computação científica

Também conhecido como ciência computacional, esse campo de estudo pesquisa soluções numéricas utilizando computadores para analisar problemas. Em outras palavras, é possível simular ou reconstruir eventos, como um desastre natural, por exemplo, sempre pensando em situações não observadas.

10 – Produção de vídeo

Afinal, quem não consome algum tipo de vídeo. Desde filmes, publicidade, comerciais, novelas e anúncios, esse ramo sempre esteve em alta. Além disso, dentro da área de vídeo, há um mar de outras opções para serem seguidas.