CuriosidadesMundo Afora

20 imagens que mostram a curiosa cidade fantasma de Chipre

0

No início dos anos 1970, o bairro de Varosha, localizado na faixa costeira da cidade de Famagusta, na ilha de Chipre, era um dos principais destinos turísticos de toda a Europa. E não é era à toa. No verão, o imenso azul do Mar Egeu, juntamente com as cristalinas orlas, foram, por muito tempo, a alegria de turistas de todas as partes do mundo. Ali, os bares, restaurantes, hotéis e lojas sempre estavam lotados. A baía de Famagusta atraía vários investimentos.

Porém, pouca gente sabe que várias batalhas foram travadas nessas belas praias. Nos últimos 4.000 anos, a história desta pequena ilha, que já foi ocupada por egípcios, assírios, persas e gregos durante a antiguidade, foi regada por inúmeras disputas. Em agosto de 1974, por exemplo, o exército turco invadiu o leste da ilha de Chipre, incluindo a cidade de Famagusta e o bairro de Varosha. Os turistas, os residentes, enfim, todos, sem nenhuma exceção, tiveram que fugir às pressas. Ninguém permaneceu na cidade, a não ser o exército turco.

Apesar da indignação internacional, condenações da ONU e de várias negociações diplomáticas, o bairro de Varosha continua, até hoje, sendo dominado pelos turcos. Quase 40 anos depois, este local ainda segue sendo a maior aglomeração urbana abandonada do planeta. Confira as imagens que selecionamos. A história, aqui, com toda certeza, não é bonita. Por isso, cuidado ao passar pelas fotos. Pode ser que o sentimento de desolamento tome conta do seu coração. 

#1

Famagusta era um dos centros turísticos mais luxuosos do mundo e possuía também uma arquitetura moderna.

#2

Uma das regiões favoritas de Chipre era Varosha.

#3

A cidade, aqui, completamente vazia após a invasão dos turcos.

#4

Uma das mais famosas estâncias de férias no Mediterrâneo, antes de 1974, é a zona da linha Verde, que divide Chipre.

#5

A estrutura turística da cidade foi avaliada em mais de 100 bilhões de dólares.

#6

50% da costa marítima, de 6,5 km, era composta por hotéis em 1970.

#7

Na cidade, havia cerca de 3 mil empresas comerciais, 99 centros de entretenimento, 25 museus, 24 cinemas e teatros, 21 bancos e 2 instalações esportivas.

#8

Sophia Loren tinha um apartamento ali.

#9

Richard Burton, Raquel Welch e Brigitte Bardot também.

#10

O Golden Sands Hotel, que foi construído pela British Royal Family, foi o primeiro hotel de 7 estrelas do mundo.

#11

Há um sistema ferroviário dentro do hotel.

#12

Há rumores de que os degraus estão cobertos de ouro.

#13

Havia 4.469 casas, 143 apartamentos, 9 igrejas, santuários, cemitérios e 8 escolas em toda a cidade.

#14

Somente esta região forneceu 53,7% da renda total de todo o setor de turismo, especialmente em 1973.

#15

A região foi abandonada e esteve fechada por 39 anos.

#16

Os prédios da cidade foram saqueados e arruinados.

#17

O tempo parece ter sido congelado e a cidade, que nunca dormia devido ao turismo, está em silêncio desde então.

#18

A vida urbana, promovida por uma população de 39 mil habitantes, agora foi substituída pela vida animal.

#19

Com exceção de três prédios, que estão sob proteção especial e que são mantidos regularmente por tropas da ONU. Todos os outros seguem abandonados.

#20

Embora a maioria dos hotéis tenha sido construído com investimentos de instituições e organizações internacionais, atualmente, as terras pertencem ao povo cipriota.

Paleontólogos descobrem osso de meia tonelada pertencente ao maior dinossauro que já viveu

Matéria anterior

15 segredos da Capela Sistina que você nunca soube

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar