• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Quantos países existem no mundo atualmente?

POR Jesus Galvão    EM Mundo Afora      06/09/18 às 14h17

Diversas mudanças já aconteceram em nosso mundo. Países se separaram, uniões foram formadas e uma dúvida bem comum pode ter restado na mente das pessoas: quantos países existem no mundo? E, apesar desta pergunta parecer simples de ser respondida, a verdade é que a resposta depende muito do que é considerado um "país".

Por exemplo, de acordo com a Organização das Nações Unidas, a ONU, existem cerca de 195 estados soberanos no mundo. Cientistas políticos usam as palavras 'país' e 'nação', para descrever esses lugares que possuem suas próprias fronteiras e governos completamente independentes. Desses países contabilizados pela ONU, 193 são membro de fato da organização. Santa Sé (Vaticano) e a Palestina estão na lista como observadores não-membros.

Estados com reconhecimento parcial

No entanto, alguns Estados são apenas reconhecidos parcialmente como um país. Atualmente, cerca de seis Estados que não são membros da ONU recebem esse reconhecimento parcial. Eles são: Taiwan, Saara Ocidental, Kosovo, Ossétia do Sul, Abecásia e a República Turca de Chipre do Norte. O que acaba totalizando 201 países.

Estes países são reconhecidos como parte ou controlados por um outro país. Taiwan, por exemplo, a ONU basicamente o reconhece como representado pela República Popular da China. As ilhas Cook e o Niue, aparecem em algumas listas como Estados parcialmente reconhecidos. No entanto, eles nunca declararam independência ou tentaram ingressar na ONU. O que os faz serem considerados territórios autônomos pertencentes a Nova Zelândia.

Ainda existem aqueles países autodeclarados que nenhum membro da ONU sequer reconhece, mas que operam de forma independente. O que aumentaria o número de países para algo entre 204 e 207, que são chamados de Estados soberanos de fato. Uma maneira para afirmar que estes países são independentes, mesmo que não de forma "oficial".

As nações e os esportes

Embora tenhamos aprendido na escola, ao observarmos um mapa múndi, por exemplo, onde existam cerca de 195 países, durante a abertura de jogos olímpicos, é comum que mais de 200 nações façam o desfile de suas comissões. O que acaba causando confusão na mente das pessoas. Mas isso pode ser facilmente respondido. O Comitê Olímpico Internacional (COI) nem sempre exigiu que as nações que se candidatam aos jogos fossem independentes.

Dessa forma, cerca de 206 nações são reconhecidas e consideradas aptas a participar das Olimpíadas. A FIFA, que organiza as partidas que acontecem antes e durante as Copas do Mundo, assim como o COI, sempre foi mais "flexível" em relação a independência e o reconhecimento internacional de seus membros. Até 2009, cerca de 209 países eram membros e podiam competir. Hoje o número já chega a cerca de 211 nações aptas para as competições organizas por ela.

Os infinitos códigos

Se você já teve que fazer alguma ligação internacional ou preencher um formulário na internet, é bem possível que você deve ter se deparado com listas gigantescas com os códigos dos países. Esse padrão internacional é chamado de ISO 3166-1 e foi adotado por diversas empresas no mundo afora. Nessa lista cerca de 249 códigos de países estão elencados. Duzentos e quarenta e nove? Isso mesmo.

Na lista estão inclusos todos os países membros da ONU, 2 Estados observadores não-membros, 2 Estados com reconhecimento parcial, 45 Territórios Dependentes Habitados, 6 Territórios desabitados e a Antártida. Ou seja, a tal lista não conta apenas com os países que foram reconhecidos como oficiais. Mas, todos os lugares onde as pessoas possivelmente podem ser localizadas.

Os país mais velho e o mais novo do mundo

A questão relacionada ao país mais velho do mundo também não é muito simples de se responder. Uma vez que as nações modernas possuem configurações bem diferentes do que se costumava ter há alguns muitos séculos atrás. San Marino é um dos menores e mais velhos países do mundo. Ele foi fundado em 301 e sua constituição, que é considerada a mais velha do mundo, foi escrita em 1600. No entanto, sua independência só foi reconhecida em 1631.

O Japão, que também é um dos mais velhos, foi fundado em 660 a.C., o que automaticamente o colocaria como mais velho que San Marino. Acontece que somente no século 18 é que sua cultura se espalhou por todo seu território. Na verdade, o Japão só foi considerado um país no século 19. E aí, entram os chineses. A primeira dinastia da história surgiu entre o século 17 a 11 a. C., na China. Para os chineses a sua fundação ocorreu em 221 a.C., quando Qin Shi Huang se proclamou o imperador.

Porém, a República da China só foi criada em 1912. E a República Popular da China, como a conhecemos passou a existir apenas em 1949. Dessa forma, a resposta para o país mais velho do mundo não é algo nada fácil de se definir. Por outro lado, para o país mais novo do mundo já possuímos uma resposta mais objetiva.

Depois de um referendo em 2011, onde cerca de 98% da população de cerca de 11,3 milhões de pessoas, foi votada a independência do país. O Sudão do Sul, localizado no continente africano, foi então declarado independente. Juba é a sua capital e o idioma oficial no país é o inglês.

Bônus: É possível criar um país?

Sim, é possível criar sua própria nação. Mas as coisas não são, digamos, fáceis. Para você criar um país reconhecido internacionalmente você vai precisar basicamente de: uma população permanente, um território delimitado e um governo. Você ainda vai precisar pensar sobre economia, legislações, língua oficial e fazer com que tudo isso funcione. Depois basta declarar sua independência.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+