4 truques infalíveis de lavagem cerebral

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      06/08/15 às 19h15

Aqui na Fatos Desconhecidos já mostramos para você alguns truques para controlar a mente dos seus amigos a seu favor, além de outros truques para aprender a manipular mentes e até para controlar a sua própria mente e se tornar uma pessoas mais criativa.

No entanto, hoje trouxemos mais dicas, dessa vez com truques infalíveis de lavagem cerebral. E não pense que elas servem apenas para te dar algum tipo de vantagem na hora de se relacionar com as pessoas, elas também podem te ajudar a identificar todas as vezes em que tentaram fazer uma lavagem cerebral em você.

Mesmo que você ache que é imune a esse tipo de coisa, é bom dar uma olhada. Os truques listados abaixo podem ser muito mais eficientes do que você imagina. Confira:

1. Ideias não importam, faça as coisas funcionarem

ideias

De maneira geral, o ser humano não tem espaço no cérebro para manter o controle de como tudo no mundo funciona, por isso muitas vezes as explicações complexas sobre como uma coisa funciona não interessam.

Por exemplo, entender como o seu smartphone funciona não faz muita diferença, o que importa realmente é saber utilizar as sua funções, certo?

Por causa disso, uma maneira de fazer "lavagem cerebral" é dar qualquer explicação maluca sobre algo, desde que na prática as coisas funcionem, todos costumam acreditar naquilo.

2. O outro é sempre o inimigo

outro

Não importa como você pensa, desde que você pertença a um grupo o outro sempre será o inimigo. Por exemplo, você já deve ter se perguntado com tanta pessoas lutaram em favor do nazismo, a resposta é bem simples: eles acreditavam que estavam lutando contra um inimigo muito pior.

Dessa maneira, criar um "inimigo perigoso" é uma ótima maneira de fazer com que alguém lute por algo, mesmo que a causa seja horrível na realidade.

3. Pertencer a um grupo importa mais do que ser sensato

skinheads in chelsea 1982 derek ridgers

Socialmente, temos a necessidade de pertencer a um grupo ou a uma "tribo". De acordo com o psicólogo norte-americano Abraham Maslow, isso acontece porque sentimos uma necessidade de associação ou pertencimento.

Por causa disso, mesmo que inconscientemente partimos em busca do objetivo de pertencer a algum grupo seja ele uma organização, uma gangue, um grupo de amigos, etc.

Quando tempos esse sentimento de pertencimento, podemos passar a fazer coisas que individualmente poderíamos não concordar.

Você pode dizer a um skinhead, por exemplo, que é errado agredir outras pessoas, mas é provável que isso não importante tanto, já que o mais importante pra ele é pertencer ao grupo e ser coerente com os ideais dele. O mesmo acontece com a maioria das pessoas, só que em diferentes situações.

4. Ter uma opção faz pensar que estamos no controle

escolhas

Uma maneira de controlar uma pessoa sem que ela perceba é induzi-la a fazer algo que você quer, mas de maneira que ela acredite que foi por vontade própria.

Uma jeito fácil de fazer isso é dar uma opção, por exemplo, se você quiser ajuda com a limpeza, pode dizer a alguém da sua casa se ela prefere lavar a louça ou tirar o lixo. A pessoa provavelmente vai fazer uma dessas coisas e te dar uma mãozinha.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+