HistóriaMundo Afora

5 fatos da Bíblia que a ciência confirma

0

O conflito entre ciência e religião já é algo que perdura por anos, dando início a vários atritos relacionados as crenças cristãs presentes na Bíblia (Escrituras sagradas dos cristãos). Alguns estudiosos são céticos quando o assunto envolve os acontecimentos descritos na Bíblia, pois o tema é sempre envolto por diversas dúvidas e discordâncias.

Entretanto, há algum tempo, esse cenário tem mudado. Isso porque, alguns fatos presentes nas Escrituras tem se mostrado reais, depois que vários arqueólogos, por meio de suas escavações, têm começado a encontrar, por exemplo, lugares citados nos acontecimentos bíblicos.

Um exemplo disso, como você verá a seguir, é a possibilidade, comprovada pela física, de a arca de Noé realmente ter existido um dia. Confira algumas dessas descobertas:

5 – Cidadela da Primavera

534

A Bíblia descreve a cidade de Primavera em Samuel, quando a mesma é conquistada pelo rei Davi. É lá que Davi é consagrado rei. Essa é uma das histórias citadas pelas Escrituras que a ciência já confirmou, pois, ao que tudo indica, a cidade da Primavera realmente existe.

A cidade se encontra em um sítio arqueológico em Jerusalém. O local já vinha sido escavado há cerca de 20 anos. Os arqueólogos afirmam que a cidade descoberta foi construída para proteger as pessoas que precisavam ir à Fonte do Giom, beber água.

4 – Parede do rei Salomão

437

Em 2010, após escavações comandadas pela Universidade Hebraica de Jerusalém, foi descoberto o que o Antigo Testamento denomina como “uma grande muralha, construída pelo Rei Salomão”. Conforme a descoberta, a muralha conta com uma estrutura de 70 metros de comprimento por 6 metros de altura e foi encontrada em Jerusalém.

3 – Reservatório de Siloé

344

O livro de João, presente nas Escrituras, conta a existência do Reservatório de Siloé, local onde Jesus Cristo coletou água para curar os olhos de um cego. Embora todos achassem que o lugar não passava de um simbolismo bíblico, o reservatório realmente existe. Em 2005, encanadores encontraram uma reserva de água em Jerusalém, depois disso, arqueólogos assumiram as buscas e descobriram que de fato se tratava do chamado “Reservatório de Siloé”.

2 – Pedra de Pôncio Pilatos

257

Em 1961, foram descobertas evidencias físicas de que o personagem bíblico Pôncio Pilatos realmente existiu no passado. Algum tempo depois, foi encontrado um artefato – conhecido depois como a Pedra de Pôncio Pilatos – com escritas, que segundo arqueólogos, pertencem ao personagem das Escrituras. Durante uma escavação em um teatro construído por Herodes, em Cesareia, Israel, foi encontrada uma enorme pedra com a seguinte mensagem: “Pôncio Pilatos, prefeito da Judeia, a dedica.”

1 –  Arca de Noé

12

Um dos fatos mais chocantes a serem confirmados, a existência da Arca de Noé ainda provoca várias discussões. A partir disso, os cientistas conseguiram provar a viabilidade física de a arca ter realmente conseguido flutuar por águas turbulentas enquanto carregava os animais. Primeiramente, foram feitos cálculos a partir das instruções dadas na Bíblia sobre a construção da embarcação. A princípio, foi descoberto o possível tamanho da Arca, que teria cerca de 145 metros de comprimento por 24 metros de largura e 14 de altura. Depois, o peso, que de acordo com o material usado para a construção descrito nas Escrituras (madeira de gofer), daria o equivalente a 1,2 milhão de quilos.

Finalizando os estudos de probabilidades, os estudantes descobriram que a arca poderia carregar 51 milhões de quilos – o suficiente para carregar um casal de bichos de cada espécie – sem deixar que a embarcação afundasse.

Você sabia que a Terra tem outra lua?

Matéria anterior

18 destinos turísticos brasileiros que te farão querer comprar passagem só de ida

Próxima matéria

Mais em História

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.