• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Como surgem as aftas?

POR A redação    EM Curiosidades      02/08/14 às 22h42

Quem nunca teve esse problema na vida (e isso é muito impossível de ter acontecido), não sabe o que é um incômodo constante, daqueles que te fazem lembrar o tempo todo de um certo pedacinho dos lábios, da língua, da gengiva e de outros cantinhos da boca onde as aftas podem surgir. as por que elas aparecem?

As aftas são, na verdade, lesões ou úlceras que podem causar dor e ardência e surgem por vários motivos e estão intimamente ligadas a distúrbios como diarreia e má digestão. No entanto, algumas pessoas têm aftas depois de uma febre alta, porque estão estressadas ou quando sofrem pequenos traumatismos na hora da escovação ou em situações em que a prótese dentária (rs) está mal ajustada. Em algumas mulheres, elas aparecem durante o período menstrual, devido a questões hormonais.

As feridas podem ainda ser uma reação a antibióticos e anti-inflamatórios, remédios que liberam substâncias ácidas no esôfago. Há casos em que existe maior predisposição para o problema e, por isso, suspeita-se que elas sejam hereditárias.

Frutas ácidas como o abacaxi, assim como temperos picantes - ketchup, pimenta, mostarda, molho de tomate, vinagre, entre outros -, podem funcionar como motivadores aftas, mas só em quem apresenta essa tendência para o problema.

De acordo com especialistas, essas pequenas feridas raramente surgem em crianças e são frequentes em adultos jovens (novamente como reflexos hormonais). Mas calma, porque se você sofre com essas bolinhas, não está sozinho: cerca de 10% da população possui aftas!

Apesar delas surgirem fácil, a boa notícia é que há como (pelo menos tentar) evitá-las. Uma das formas mais eficientes nesse processo é procurar não se estressar, além de adotar uma dieta balanceada, praticar atividades físicas regularmente e dormir em horários e quantidade saudáveis.

[caption id="attachment_5519" align="aligncenter" ]Café, canela e temperos fazem parte da lista a se evitar. Café, canela e temperos fazem parte da lista a se evitar.[/caption]

Outra dica é mastigar os alimentos com calma para reduzir as chances de morder as bochechas. Há também alimentos que podem ser evitados, como chocolate, café, amendoim, amêndoas, morango, queijo, tomate, batata, leite de vaca, frutas cítricas, figo, canela e farinha de trigo, temperos, glúten, óleos essenciais e agentes de sabor.

Se tudo isso for colocado em prática e o caso não melhorar, o melhor a ser feito é mesmo procurar um dentista. O profissional deve indicar o tratamento correto para cada caso depois de solicitar exames para observar o aspecto, diâmetro e a localização das lesões. Às vezes, é necessário raspar a afta para verificar se há a presença de bactérias, vírus ou fungos, e até mesmo realizar uma biópsia para afastar outro tipo de doença.

Próxima Matéria
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você


Fatos + Deezer (Podcast)

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+