• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 animais mumificados mais intrigantes já encontrados

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      21/03/19 às 19h23

Muito frequentemente as pessoas associam as múmias com os antigos egípcios. No entanto, o que muitos não sabem é que não eram só os egípcios que tinham como cultura a mumificação de seres humanos e animais mortos. Aliás, eles provavelmente nem foram os primeiros. O povo Chinchorro do Chile já mumificava seus mortos desde 5000 a.C. A primeira múmia egípcia só foi surgir 2 mil anos depois.

O processo de mumificação também ocorre de forma natural. Os Incas, por exemplo, o faziam expondo seus mortos às temperaturas frias e ao clima seco. Pensando nisso, hoje, trouxemos para vocês alguns dos restos mortais mumificados de animais que encontrados e que vão lhes deixar de queixo caído. Confiram!

1 - O cão Stuckie

Um cão de caça chamado Stuckie acabou ficando preso dentro do tronco de uma árvore por quase 60 anos. O cachorro, que provavelmente estava perseguindo um guaxinim, entrou na árvore por um buraco, e por ser grande demais, acabou ficando preso. O animal provavelmente morreu de fome. Seu corpo mumificado foi encontrado depois que árvore foi cortada.

Cientistas descobriram posteriormente que os taninos, substâncias orgânicas da árvore, fizeram com que o corpo de Stuckie fosse preservado. A múmia de Stuckie, ainda dentro da árvore, é exibida atualmente no Southern Forest World Museum em Waycroos, na Georgia, nos Estados Unidos.

2 - Leões-das-cavernas

Em 2015, durante uma busca por fósseis de mamutes ao redor do rio Uyandina, n Sibéria, arqueólogos encontraram restos mumificados de dois filhotes de leão-das-cavernas. Essa espécie caminhou pela África, Europa e América do Norte até a sua extinção há 12 mil anos.

Os filhotes encontrados tinha aproximadamente de 2 a 3 semanas de idade, quando o solo sobre ao redor de sua toca desmoronou os enterrando vivos. O gelo da Sibéria acabou por mumificar os restos mortais dos animais os deixando bem preservados.

3 - Leões do Antigo Egito

Apesar de muitas pessoas desconhecerem esse fato, a verdade é que alem de humanos e gatos, os antigos egípcios mumificavam vários outros animais, incluindo babuínos, crocodilos, cães, pássaros e leões. Os leões eram criaturas muito reverenciadas no antigo Egito. A deusa Sekhmet é representada com uma cabeça de leão.

Um grupo de arqueólogos liderados por Alain Zivie, provou que a mumificação de leões era verdadeira depois que encontraram restos mumificados de um leão entre vários gatos em um cemitério em Sacará, no baixo Egito. O leão, segundo análises, era tido como um animal de estimação e até a sua morte, viveu em cativeiro.

4 - Um filhote de cavalo

Cientistas encontrara na cratera Batagaika, na Sibéria, os restos mumificados de um potro, conhecido como cavalo Lena (Equus lenensis) do período Paleolítico Superior, que morreu entre 30 e 40 mil anos atrás. O animal teria por volta de dois a três meses de idade quando morreu, medindo aproximadamente 98 centímetros de largura. Os pesquisadores acreditam que o animal tenha morrido afogado.

5 - Lobo da idade do gelo

Mineradores canadenses, em 2016, encontraram os restos mumificados de um filhote de lobo da era glacial de aproximadamente 50 mil anos. O animal foi descoberto durante o degelo do permafrost na região de Klondike, Yukon, no Canadá. O corpo do filhote de lobo estava perfeitamente preservado, e com algumas partes do seu corpo intactas.

6 - Yuka, o mamute

O fóssil de Yuka foi encontrado no Círculo Ártico da Rússia, em 2010. O cérebro, tecidos e músculos do animal estavam intactos, apesar dele ter morrido há 39 mil anos. Os pesquisadores especulam que quando morreu, Yuka tinha por volta de 6-11 anos de idade, e provavelmente, foi atacada por um leão-das-cavernas.

7 - Bisonte-da-estepe

Membros de uma tribo na Sibéria, em 2011, encontraram os restos mortais mumificados de um Bisonte-da-estepe próximo a um lago. O animal encontrado é um ancestral moderno do Bisão americano e europeu. Estima-se que o bisonte tenha morrido há cerca de 9 mil anos atrás e é o fóssil mais perfeito da espécie já encontrado.

Quando morreu, ele tinha por volta de 4 anos de idade e provavelmente tenha morrido de fome devido, à falta de gordura em seu abdômen.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+