Curiosidades

7 bunkers mais seguros do mundo

0

Um bunker é um tipo de buraco blindado, desenvolvido para proteger seus ocupantes de grandes desastres. Sejam eles de força natural ou provocados por humanos. Um bunker deve ter no mínimo 2 metros de profundidade e todo um esquema de sobrevivência.

Todos os aspectos para a sobrevivência devem ser pensados. Complexos de cavernas foram feitos pelo homem para impedir a entrada de qualquer coisa ou pessoa que não esteja convidada. Eles são frequentemente equipados com defesas fantásticas e luxos que estão bastante longe da imagem de bunker que todo mundo tem. Mostramos alguns desses bunkers aqui.

1 – Bunkers de mísseis da Nike

Esses bunkers não tem relação com a marca de roupas e tênis, até onde se sabe. Eles eram um par de bunkers da Guerra Fria, que eram tão seguros que chegavam a ser eficazes tanto ofensiva quanto defensivamente. O lugar, escolhido para o bunker, foi um ponto estratégico para defender a instalação nuclear de Hanford, que é famosa pela produção de dois terços de plutônio que são usados em armas nucleares nos EUA.

O auge dos bunkers foi, provavelmente, entre 1955 e 1958, quando eles abrigavam um sistema sofisticado de defesa aérea de mísseis Ajax e Herculos, que tinham a designação de H-52. Depois, eles foram transformados em um centro de operações de emergência. E, em 2011, em um Laboratório de Física de Gravitação.

2 – Bunker de Sonnenberg

Tanto os países europeus quanto os norte americanos têm um banker nuclear. Ou, quem sabe, seis mil deles espalhados. Mas nenhum chega até a Suíça. O país tem o bunker de Sonnenberg, que é um trecho pequeno de túneis, que pode ser um enorme abrigo quando suas portas, de 350 toneladas, se fecham.

Esse complexo de túneis fica sob a cidade de Lucerna, e foi projetado para abrigar 20 mil pessoas no caso de uma ameaça nuclear na época. Mas quando ele finalmente foi concluído, em 1976, o bunker foi menos eficiente do que tinha sido anunciado. A cozinha do bunker não conseguiria alimentar todas as pessoas, então quem se abrigasse nele, teria que trazer sua comida de casa. Outra questão também é que as portas demoraram duas semanas para se fecharem e colocarem o bunker em funcionamento.

3 – Projeto de Condomínio de Sobrevivência

A sobrevivência não é apenas um instinto primitivo. Algumas pessoas veem nela uma possibilidade de negócio, como é o caso de Larry Hall e de seu Projeto de Condomínio de Sobrevivência. Esse projeto é a combinação de acomodações de luxo e toda segurança possível contra um Armagedom.

Em 2008, Hall comprou, por 300 mil dólares, um antigo bunker de mísseis nucleares no Kansas. Para tanto, gastou mais de 20 milhões para transformá-lo em casa luxuosas. As casas nesse condomínio começam com o preço de 1,5 milhão e todas foram vendidas em 2012. Esse bunker de luxo conta até mesmo com “janelas”, que são de telas LED, e que mostram o que está acontecendo do lado de fora.

4 – Vivos xPoint

Na Dakota do Sul, perto da cidade de Edgemont, existe um campo de fortes bunkers de concreto. São 575 estruturas idênticas, que são chamados de Vivos xPoint, que é uma comunidade de sobrevivência de luxo. Destina-se às pessoas que consigam pagar inicialmente 25 mil dólares em um contrato anual. Se você puder pagar, terá um bunker em um dos lugares mais seguros da América do Norte, pronto lhe proteger de qualquer desastre.

O bunker vem vazio, mas a empresa também se oferece para colocar as coisas mais luxuosas possíveis dentro dele. Claramente, por um preço que condiga com os luxos colocados. Além disso, também é oferecida segurança 24 horas por dia, em todos os dias da semana.

5 – Bunker de Houston

A história desse bunker é bastante interessante. Ao invés de ser um refúgio nuclear da Guerra Fria convertido, ele é uma estrutura relativamente nova. Louis Kung o construiu em 1982, como parte de um suposto QG da sua empresa Westland Oil. O canteiro de obras era extremamente secreto, e por isso, ninguém sabia que nele existia um bunker enorme à prova de bombas nucleares.

O objetivo desse bunker era salvar os empregados da Westland Oil e o dono, em caso de um desastre em grande escala. O bunker era equipado para abrigar 350 pessoas por três meses. Além das necessidades básicas, Kung também estava preparado para vários cenários no estilo Mad Max. Isso porque, o bunker estava equipado com metralhadoras e prisão.

6 – Europa One

Se, em algum momento, tempestades de fogo acabarem com o mundo, o Europa One será onde os bilionários irão se esconder. Esse bunker fica em Rothenstein, na Alemanha, e é um antigo bunker da Guerra Fria, que foi modificado para ser uma cidade subterrânea de luxo inigualável. Algo que pode se comparar a um navio cruzeiro de cinco estrelas.

O preço para todo esse luxo não vale nem a pena perguntar, já que quase todos nós não conseguiremos pagar. E nem mesmo quando se pode pagar a entrada é garantida. Um potencial morador do Europa One tem que se candidatar na empresa responsável, e depois, eles passam por um grande conjunto de prospectos. Apenas após esse processo é que a empresa seleciona os melhores para o abrigo.

7 – O complexo de Xangai

Esse é um bunker colossal, de milhões de metros quadrados, que consegue abrigar aproximadamente 200 mil pessoas por duas semanas. O bunker é ligado a vários prédios e shopping centers por milhares de túneis e também pelo sistema de metrô da cidade.

Por mais que a existência dele ainda seja duvidável, não seria muito surpreendente descobrir que ele é real. Porque não há como negar que as grande cidades da China têm uma longa história na construção de bunker em larga escala. E apenas a cidade de Xangai construiu vários grandes deles durante a Guerra Fria. Em Pequim, por exemplo, estima-se que milhões de pessoas vivam em antigos abrigos nucleares.

Conheça o homem que ficou milionário vendendo pedras de estimação

Matéria anterior

10 coisas inesperadas que estão te deixando burro

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.