7 eventos online mais catastróficos da história

POR Gustavo Camargo    EM Entretenimento      11/05/17 às 13h56

Você conhece o termo "catfish"? Trata-se de uma pessoa que usa uma falsa identidade online para atrair alguém em um relacionamento. Muitas pessoas são atraídas em bate-papos, conhecendo pessoas e tendo interações por dias ou até meses, que acabam assumindo um relacionamento cibernético com o tempo.

O contato com pessoas que usam um perfil falso pode ser muito perigoso, porque muitas das vezes essas pessoas que o fazem sempre tem uma segunda intenção na cabeça, então de maneira alguma você deve passar os seus dados pessoais para desconhecidos na internet.

Listamos aqui alguns eventos online que não acabaram da melhor maneira possível.

1- O "Stalker" e a namorada virtual sequestrada

Mark um garoto de 16 anos, que mora em Manchester, no Reino Unido, conheceu uma adolescente chamada Rachel, em um chat do MSN dedicado a adolescentes. Mark em meio as suas conversas com Rachel se apaixonou pela garota, mesmo nunca terem se encontrado pessoalmente. Mark e Rachel logo começaram um relacionamento virtual e na sala de bate papo ela apresenta a Mark, seu irmão de 14 anos, John, que se torna um frequentador regular da sala.

Mark tenta se encontrar com Rachel em várias ocasiões que acabam não dando certo. Mark cada vez mais obcecado pela garota não mede esforços para conhecê-la. Foi quando Kevin o verdadeiro assediador apareceu. Rachel e John assumiram a Mark que Kevin estava os perseguindo. Mark se mostra cada vez mais preocupado com Rachel. Em um dia ela não aparece no Bate-papo, logo após Kevin revela que ele tinha a sequestrado, Kevin fala que só deixaria Rachel ir embora, se ele se masturbar ao vivo pelo webcam para ele. Mark acaba executando a tarefa um tanto quanto comprometedora para que sua namorada virtual ficasse bem, mesmo ele nunca ter conhecido pessoalmente.

2- A gangue do estupro, assassinato e o bebê

Logo após Mark fazer o que Kevin queria, Rachel retorna para a sala de bate papo, mas Mark descobre que sua humilhação em frente ao webcam não tinha sido o bastante para satisfazer Kevin. Após um tempo Rachel some novamente, Kevin entra em detalhes que dessa vez Rachel teria sido estuprada em grupo antes que fosse brutalmente assassinada.

O impacto dessa notícia em Mark era muito visível, suas notas na escola caíram e ele se tornou cada vez mais sozinho. John e Mark agora frequentavam conversas por várias horas durante a noite, depois de um tempo eles começaram a se encontrar pessoalmente e logo viraram melhores amigos.

Algum tempo depois, Rachel aparece do nada na sala de bate-papo. Ele fala que tinha ficado em coma desde o ataque e tinha engravidado enquanto estava inconsciente. Ele alegava que o bebe era de Mark, mas como eles nunca estiveram juntos pessoalmente, isso era bem difícil de acreditar mesmo para alguém tão ingênuo quanto Mark.

3- O agente secreto

Uma dona de casa chamada Janet Dobinson, Começou a frequentar a sala de bate-papo e acabou se tornando uma nova obsessão para Mark. Janet na verdade era uma agente e espiã do serviço secreto britânico, logo revelou a Mark que queria recruta-lo para o serviço secreto e explicou que ele passaria por algum teste de inicialização, ele poderia se tornar um espião rico e poderoso. Mark seria levado a Londres onde iria visitar a rainha, mas primeiramente, teria que mostrar seu valor como agente sendo um bom guarda-costas a uma pessoa importante chamada James Bell.

4- James Bell

Segundo Janet, James Bell, tinha 14 anos e era umas das pessoas mais importantes da Grã-Bretanha. Ele deveria ser protegido a todo custo por só ele saber o código para o "cofre enorme" mantido no fundo o oceano Atlântico. James Bell coincidentemente mora em Sale, a apenas três milhas de Mark e John o que era bem estranho.

Janet ordenou a Mark que fosse para a escola de James Bell e o retirasse da aula. John tinha uma consulta odontológica urgente que acabou ocasionou a falta dele nessa tarefa. James e Mark passaram o resto do dia juntos, essa foi a primeira das muitas tarefas que Janet planejava pra Mark. Depois de um certo tempo ele começou a se questionar sobre as ordens de Janet, mas via que ela parecia ter conhecimento sobre seu dia-a-dia. De alguma forma, ela sabia tudo o que Mark estava fazendo. Janet explica para Mark que Manchester, onde ele morava era um centro de atividade de inteligência secreta. Todos na cidades eram agentes secretos, e que ela estava preparando Mark para ser o mais agente mais importante.

5- Pedidos especiais de Tony Blair

Mark recebia de Janet tarefas cada vez mais bizarras, até revelar que tinha ordens diretamente do primeiro ministro Tony Blair. Janet não poderia entrar em detalhes sobre essa nova tarefa, mas ela falava que era questão de segurança nacional.

A tarefa se tratava de James Bell tinha que se passar por gay, e os dois meninos tinham que fazer sexo oral. Mark a princípio não queria realizar tal tarefa, mas depois de pensar bastante sobre o que Janet disse, quer era algo que envolvia a segurança nacional, Mark finalmente concordou, mais tarde naquele dia James Bell e Mark voltaram para casa de John onde eles fizeram sexo oral um com o outro.

6- A última tarefa

Janet revela a Mark que James Bell desenvolveu um tumor cerebral mortal e por isso ele deveria morrer. Mar precisava acabar com o sofrimento de James Bell, se ele pudesse completar essa tarefa final, ele finalmente poderia ir para Londres e conhecer a rainha. Mark incialmente não queria executar a tarefa, mas ao longo do tempo ele tinha ficado totalmente obcecado por Janet, então quando ela revelou que finalmente poderia encontra-lo e ter relações sexuais com ela uma vez que ele tenha matado John, a tentação que Mark passava era muito grande. Até que ele concorda em realizar a tarefa. Mark tenta realizar a tarefa com uma faca de cozinha, mesmo muito machucado John sobrevive.

7- Identidades Falsas.

John um estudante de gramática, criador do chat que Mark participava. John interagia na sala de bate-papo com inúmeras identidades falsas, que ele mesmo as criou. John tinha criado até 193 falsos endereços de e-mail, explicou que suas principais identidades eram de Rachel, Kevin e Lindsay, e que tinham sido apenas testes para descobrir a extensão da credibilidade de Mark.

Ninguém sabe explicar por que motivos Levou John a pedir a Mark para esfaqueá-lo. Algumas pessoas afirmam que pelo tanto que ele se aprofundou nesse joguinho que ele mesmo criou que não poderia voltar atrás, outra afirmam que era uma tentativa de suicídio elaborado, como uma tentativa de escapar de sua vida.

Mark confessa a tentativa de assassinato e foi condenado a um ordem de supervisão de dois anos. Os dois garotos nunca podem entrar em contato um com o outro novamente.

E aí o que achou da matéria? Comentem!

Via   Listverse  
Gustavo Camargo
Gustavo Camargo, 18 anos, Goiano, Publicitário, Homão da Porra. Fascinado por League of Legends, Hearthstone, Lúcifer (série) e Literatura.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+