7 histórias sobrenaturais do século 18 que vão te deixar de cabelo em pé

POR PH Mota    EM Terror & Sobrenatural      07/03/17 às 18h58

Com o surgimento e popularização do Iluminismo, no século 18, grande parte da população da Europa passou a confiar mais em conhecimentos científicos e acadêmicos, deixando de lado certas crenças baseadas no sobrenatural. O movimento que surgiu na elite intelectual do continente valorizava a razão e promoveu uma importante reforma na maneira como as coisas eram percebidas.

Os efeitos não foram percebidos somente entre a população, mas também entre as autoridades. Em 1735, por exemplo, o Ato de Bruxaria tornou ilegal acusar outras pessoas pelo suposto crime, ao invés de apoiar a condenação e mandar suspeitos para a fogueira ou outros métodos de tortura.

Ainda que a o conhecimento nacional tenha sido mais valorizado, muitos contos sobrenaturais da época ainda fizeram história e se tornaram conhecidos com o tempo. Aqui estão alguns dos que possuem mais destaque.

1 - O pássaro de West Drayton

Por volta de 1749, moradores de West Drayton, na Inglaterra, ouviam gritos e ruídos vindos da igreja local com frequência. Ninguém sabia apontar as origens dos sons, mas as visões de um estranho corvo nas imediações apontavam o pássaro como suspeito. Depois que um grupo de quatro homens e dois garotos saiu em busca da ave, ela foi atingida. Porém, depois que o corvo caiu no chão, nenhum pedaço do animal foi encontrado.

Mesmo depois da suposta eliminação, moradores da região ainda diziam ver o corvo passando por lugares inusitados, o que espalhou uma lenda de que ele seria o fantasma de um homem que se matou e teve o corpo deixado na igreja. Assustador!

2 - O fantasma que salvou John Thomas

Na noite de 21 de dezembro de 1783, um homem de 62 anos conhecido como John Thomas voltava bêbado para casa quando caiu num poço profundo. Seus amigos o procuraram por muito tempo, mas ele permaneceu preso ali por uma semana. Durante um dia comum, depois do acidente, um homem percebeu uma figura estranha sentada próxima ao poço, mas quando se aproximou, ele havia desaparecido. Foi nesse momento que ele ouviu a voz de John Thomas, que foi salvo graças ao chamado do homem misterioso que todos acreditavam ser um fantasma.

3 - O dragão marítimo de Suffolk

Na costa de Suffolk, na Inglaterra, um grupo de pescadores revelou surpresa depois de declarar encontrar um monstro marítimo em sua rede. A criatura teria asas, cabeça de crocodilo e cascos no lugar do pé, o que fez com que eles acreditassem que se tratava de um dragão.

Depois de retirá-lo da água, os pescadores decidiram abrir a rede, mas contaram que o suposto dragão saiu voando. Quando um deles tentou segurar a criatura, teve os dedos arrancados com uma mordida, o que provocou sua morte. Um segundo homem teria tentado capturar o dragão novamente, mas apesar de conseguir segurá-lo, teria apenas conseguido uma deformação num dos braços, graças ao esforço utilizado pelo animal.

4 - O poltergeist da família Lambert

No ano de 1753, o casal John e Ann Lambert se mudou para uma nova casa, onde passaram a perceber estranhas atividades paranormais. A família acreditava que estava sendo ameaçada por poltergeists e decidiu mudar para uma nova residência. No mesmo local, a ameaça parecia continuar, já que os moradores ouviam barulhos de tiro e explosões no quarto, além de perceberem movimentos suspeitos dentro da residências. O fantasma se mostrou extremamente violento quando registros de um ataque a um dos filhos do casal foi percebido.

Foi aí que a família decidiu ir para uma terceira casa, onde as coisas ficaram mais estranhas. Ann declarou ter sido atacada por um monstro do tamanho de um cavalo, com mãos frias e invisíveis. Além disso, os outros moradores da casa diziam ter visões dos antigos moradores do local, mortos no ano anterior.

5 - O fantasma de Thomas Colley

Em abril de 1751, uma moradora de rua chamada Ruth Osborn pediu um pouco de manteiga para um fazendeiro inglês. O fazendeiro disse que não tinha nada para oferecer e recebeu uma maldição da mulher, pouco tempo antes das vacas da região ficarem doentes. Com medo da maldição, o fazendeiro junto um grupo de amigos para fazer justiça com as próprias mãos e atacou a mulher e seu marido.

As vítimas tiveram as roupas rasgadas, foram amarrados com lençóis e jogados na água, onde morreram. Mais de 20 pessoas foram mortas pelo crime, mas apenas um deles foi preso, Thomas Colley. Desde a sua morte, as pessoas passaram a acreditar que o seu fantasma ronda o local da execução, onde ele pode ser visto com várias formas, incluindo a de um gigante cachorro negro com olhos de fogo.

6 - O gigante de Henllys

Um escritor da revista The Athenaeum, que circulava no País de Gales, em 1847, revelou que uma estranha assombração fora percebida na região cerca de um século antes. "O Grande Gigante de Henllys" era um homem terrível e de grandes proporções que aterrorizava seus vizinhos, provocando mortes em algumas de suas visitas constantes

Durante uma reunião numa igreja em certa noite, na tentativa de fazer um ritual que expulsasse o inimigo, um grupo de clérigos foi atacado pelo gigante. A criatura teria assumido diferentes formas durante o ritual, incluindo um touro, um leão e uma gigante onda. Durante as transformações, o gigante teria perdido forças, até que eventualmente assumiu a forma de uma mosca, foi capturado e destruído.

7 - Doppelgänger da Srta. Pringle

O termo doppelgänger se originou em lendas da Alemanha e se referem a criaturas que se apresentam como a forma idêntica de pessoas reais. Durante uma manhã de 1745, uma das funcionárias de um homem identificado como Pringle teria visto a filha de seu chefe na região, na Escócia. O problema, no entanto, é a que jovem deveria estar a milhares de quilômetros dali, vivendo na França.

Querendo provar que não estava louca, a mulher, Jane Lowe, foi até o local junto com o patrão, onde a garota foi vista novamente, desta vez pelos dois. A história foi vista como piada por todos os membros da família, mas três meses depois um filho de Pringle, que ele não via por dez anos, voltou para casa dizendo que teria visto a irmã numa estranha ocasião, antes de ser capturado na Tunísia. Depois dos relatos, a família descobriu que as duas visões teriam acontecido no mesmo momento em que a garota morria, na França.

Qual das histórias você achou mais impressionante?

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+