• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 homens mais mortais que você provavelmente não conhece

POR Toni Nascimento    EM Mistérios & Horror      26/10/18 às 15h24

Os assassinos estão à solta. Calma, não precisa sair correndo para trancar a casa, eles não são tão literais assim - apesar de que alguns são sim. Ligue a televisão e você irá ver uma avalanche de histórias sobre eles. Talvez seja algum filme sobre serial killer ou até uma série de TV explorando o gênero. Mas se você não está acreditando em mim, vá até a biblioteca pública mais próxima e encontre prateleiras inteiras narrando histórias sobre assassinos frios e sem coração. Se por acaso você estiver lendo "A Sangue Frio", do Truman Capote, talvez até seja capaz de entrar na cabeça de algum desses homens mortais.

Mas para ser mais prático ainda, olhemos para os homens fatais que realmente existiram e cometeram atrocidades pelo mundo. O mundo está cheio deles, não é atoa que o Charles Manson tem a popularidade alta. Mas existem vários outros conhecidos, como o Bandido da Luz Vermelha a Jack, o Estripador. Mas existem homens perigosos, que na verdade, não são tão conhecidos e foram bem perigosos. Por isso, listamos 7 homens mais mortais que você provavelmente não conhece.

1 - Bugsy Siegel

Bugsy Siegel foi um gângster norte americano aliado à Família Genovese. Ele era amigo de uma série de mafiosos famosos da época, e também foi um chefe da máfia. Porém, para a sua posição ele fazia algo incomum: colocava a mão na massa. Bugsy era conhecido pela sua pontaria exemplar. Ele cometeu vários assassinatos e também assaltos violentos na época. O homem bárbaro organizou esquadrões de homicídios e unificação de alianças criminosas. Ele pode ser considerado, tranquilamente, um dos homens mais mortais e sem popularidade que você irá encontrar por aí.

2 - Chester Wheeler Campbell

Chester Wheeler Campbell foi um dos mais mortais pistoleiros que já passou pelo mundo. Ativo em Detroid, EUA, entre os anos 1970 e 1980, ele já realizou trabalhos para diferentes pagadores. Chamado de James Bond dos assassinos, já trabalhou para traficantes urbanos tanto quanto para a máfia. Além de ter em mãos ferramentas policiais, ele possuía um arsenal de armas de dar inveja em qualquer outro assassino. Não se sabe exatamente quantos pessoas ele matou, mas sabe-se que foram muitas.

3 - Harry Aleman

Harry Aleman também era conhecido pelo seu apelido de The Hook, devido a sua carreira no boxe quando adolescente. Harry era um mafioso de Chicago que ficou conhecido como um dos executores mais temidos do Chicago Outfit, durante a década de 1970. Ele gostava muito de atirar nas pessoas, seja com o seu silenciador na surdina ou até mesmo na frente de um grande número de pessoas. As autoridades registraram pelo menos 13 mortos pelos tiros do mafioso só na primeira metade dos anos 1970. O homem só foi levado pela justiça muitos anos depois, em 1997.

4 - Wayne Perry

Alberto "Alpo" Martinez foi um traficante de cocaína do final dos anos 1980. Para conseguir manter a "fluidez" do seu negócio ilegal, ele contava com um braço direito que estava sempre pronto para matar. Wayne Perry, o protetor do traficante, não tinha nenhum escrúpulo para matar. Apelidado de Silk, Wayne Perry mantinha uma equipe assassinos trabalhando para o traficante. Quando foi julgado, o "capanga" conseguiu ser acusado com provas de apenas 5 assassinatos, mas estima-se que ocorreram bem mais que isso.

5 - Jorge Ayala

Jorge Ayala foi uma máquina de matar que ficou ativo durante a Guerra da Cocaína, em Miami. As autoridades associam o homem a pelo menos 35 assassinatos ocorridos no submundo das drogas durante os anos 1980. Quando foi preso, na esperança de ver o sol nascer de novo fora da prisão, ele assumiu a autoria de apenas três assassinatos. Porém, o pedido não funcionou após ele ser pego em um caso de sexo por telefone com secretárias do procurador estadual.

6 - Joseph Meldish

Joseph Meldish foi membro do ramo do Bronx da infame Purple Gang. Meldish começou sua educação de "assassino" aos 18 anos, logo se graduando em ações frias. Ele era tão bom que muitas vezes trabalhava nas famílias mafiosas Lucchese e Genovese de Nova York. Ele, que era considerado intocável por um período de tempo, foi acusado de cometer 40 assassinatos durante sua atuação no mundo da máfia. Em 2011, porém, ele foi preso e se mantém assim desde então.

7 - Harry Strauss

Harry Strauss foi um dos homens mais mortais da década de 30. Dizem que ele era capaz de matar uma pessoa tranquilamente, e logo em seguida ir para um jantar em família comer lagostas e brincar com as crianças. A lei só foi descobrir que ele e um grupo de homens estavam matando os inimigos da máfia, quase no final da década. Quando descobriram, Harry foi pego e condenado com facilidade.

E aí, você conhecia esses homens mortais? Conhece outros não tão conhecidos mas que foram igualmente perigosos? Comenta aqui com a gente e compartilha essa matéria nas suas redes sociais.

Próxima Matéria
Via   LV  
Imagens GC RM R hg ffnyc
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+