• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 itens de assassinos notórios que foram vendidos por fortunas

POR Mateus Graff    EM Terror & Sobrenatural      18/03/18 às 18h27

Nós já fizemos algumas matérias assustadoras sobre assassinos, como os 7 serial killers piores que Jack, o Estripador e 8 serial killers brutais e pouco conhecidos. Hoje, caros leitores, faremos outra matéria sobre assassinos, só que dessa vez pegaremos um pouco mais leve. Separamos alguns dos piores assassinos da história, vamos contar resumidamente os seus crimes e mostrar alguns de seus objetos que foram vendidos por preços absurdos.

Por exemplo, quanto você pagaria em um pedaço do cabelo de Charles Manson? E nos desenhos de John Wayne Gacy, o "Palhaço Assassino"? Pois é, são coisas bizarras assim que mostraremos na matéria. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com os 7 itens de assassinos perturbadores que foram vendidos por fortunas:

1 - Envelopes de Dennis Rader

Dennis Rader, mais conhecido como o assassino de BTK, matou 10 pessoas entre 1974 e 1991 no estado do Kansas, EUA. O cara mandava cartas para a polícia para provocá-la e ainda assinava como BTK (Bind, Torture, Kill). Essas cartas ainda levaram a sua eventual prisão no ano de 2005.

Depois de 5 anos da sua sentença, vários bens de Rader foram vendidos em sites. Um item era um desenho de Rader inspirado nos quadrinhos X-Factor. O desenho estava à venda por 3 mil dólares. O envelope sem o desenho (mas que tinha sido lambido por Rader), custava 325 dólares. Mas para os fãs que não tinham muita grana, eles podiam comprar um pouco de sujeira da casa do assassino por 40 dólares. Você pagaria?

2 - Autógrafo de Albert Fish

Albert Fish foi preso pelo assassinato de Grace Budd, de 10 anos de idade, no ano de 1934. O cara enviou uma carta para a família da criança explicando porque e como tinha a matado. Os outros crimes de Fish foram ainda mais chocantes, pois ele matou e comeu várias crianças entre 1924 e 1934. Para vocês terem uma ideia, ele era pedófilo, masoquista, assassino em série e canibal. Pois foi no ano de 2010 que um autógrafo de Fish foi vendido por nada mais nada menos que 30 mil dólares.

3 - Cartão de Natal de Theodore Bundy

Theodore Bundy não parecia ser um assassino, na verdade, ele era bonito e atraente. No momento de sua execução, ele admitiu ter matado 28 mulheres durante a década de 70. Porém, acredita-se que ele tenha matado cerca de 100 mulheres. O cara era tão bizarro que cometeu necrofilia em muitas de suas vítimas. Até hoje ele é um dos assassinos em série mais populares do mundo.

Em um site pode-se encontrar itens bizarros de assassinos. Um desses itens é um cartão de Natal assinado por Bundy. O cartão de 19 de dezembro de 1988 está a venda por 5 mil dólares. Um cartão parecido está a venda em outro site poe 3 mil dólares. O mais assustador é que os cartões datam poucos dias antes de Bundy morrer na cadeira elétrica.

4 - Pedaços do cabelo de Charles Manson

Os homicídios cometidos pela 'família' Manson durante o verão de 1969 talvez seja a mais famosa série de assassinatos de todos os tempos. Os seguidores de Manson mataram 9 pessoas, incluindo a atriz Sharon Tate, esposa de polonês Roman Polanski que estava grávida de 8 meses.

Os atos de violência deixaram Manson famoso em todo o mundo e como aconteceu com outros assassinos dessa matéria, Manson teve seus itens vendidos por verdadeiras fortunas. Mas uma das coisas que mais chamou a atenção foram os pedaços de cabelo de Manson sendo vendidos na internet. O preço? Em média 800 dólares.

5 - 'Obras de arte' de John Wayne Gacy

John Wayne Gacy, foi um assassino em série americano, conhecido como o "Palhaço Assassino". Acusado de matar pelo menos 29 garotos, foi condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte.

O cara foi executado em 1994 e em 2011, 17 anos depois, a galeria da Arts Factory em Las Vegas exibiu algumas de suas obras de arte. As artes valiam entre 2 mil a 12 mil dólares e a galeria anunciou que parte da grana seria doado para o Centro Nacional de Vítimas do Crime, que recusou o dinheiro. Os desenhos eram diversos, desde imagens de palhaços assustadores a um esboço do Mickey Mouse.

6 - Arma de Jack Ruby

Quando Jack Ruby atirou em Lee Harvey Oswald (o assassino do presidente John F. Kennedy), o mundo mudou para sempre. Bom, muitas perguntas que não fora feitas provavelmente nunca serão respondidas. Pois bem, desde esse dia, o calibre 38 usado por Ruby passou por várias mãos, se tornando um negócio cada vez maior.

Em 1960, Ruby comprou a arma por 62 dólares. O cara sempre andava armado e esse 38 era só mais uma de suas armas. Três anos depois de comprar, ele usou a tal arma para atirar o suposto assassino de JFK. Depois de ser preso a arma ficou sob posse de Earl Ruby, irmão de Jack Ruby. Como ele estava sem grana na época, Earl foi obrigado a vender a arma por 220 mil dólares. Quem comprou foi um um desenvolvedor imobiliário de Miami chamado Anthony Pugliese III.

Pugliese foi um sujeito inteligente e ganhou muito dinheiro vendendo balas que ele disparou da arma por dólares cada. Depois de 17 anos, Pugliese decidiu vender. Em março de 2008, ele vendeu a arma para uma pessoa não identificada por 2 milhões de dólares.

7 - Máquina de escrever de Ted Kaczynski

Ted Kaczynski, também conhecido como é um terrorista americano. Matemático por formação, preso sob a acusação de terrorismo e condenado à prisão perpétua por sua participação em uma série de atentados a bomba que mataram três pessoas e feriram outras 23, entre cientistas, engenheiros e executivos.

O cara foi preso em 1996 mas foi em 2011 que surgiu um leilão vendendo alguns de seus itens. Entre tais itens estavam óculos escuros, cartas para sua tia Frida, uma máquina de escrever entre outras coisas. Esse maluco enviava cartas-bomba pelo correio e por sua máquina de escrever era tão valiosa. A grana dos objetos vendidos foram doados as famílias das vítimas. O óculos de sol do maluco foi vendido por incríveis 20 mil dólares e um manifesto (o qual Kaczynski exigiu que fosse publicado no The Washington Post, no New York Times e Penthouse em 1995) foi vendido por 17 mil dólares.

E aí, sabiam que todos esses itens de assassinos tinham sido vendidos por verdadeiras fortunas? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+