• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

7 membros mais esquecíveis da Liga da Justiça

POR Toni Nascimento    EM Fatos Nerd      13/08/18 às 15h04

A DC Comics é uma das editoras de quadrinhos mais respeitadas do mundo. Junto à Marvel Comics, ela lidera o mercado editorial de HQs. Apesar de ainda não ter encontrado o seu caminho pelos cinemas, a editora é uma das queridinhas dos fãs de quadrinhos. A revista mensal do Batman, por exemplo, é uma das mais vendidas nos Estados Unidos e no mundo. No início da fase dos Novos 52, o "morcegão" ficou em primeiro lugar na lista dos mais vendidos por meses seguidos.

Apesar de toda essa glória, a DC não é capaz de criar heróis memoráveis sempre. A editora foi fundada em 1934, há 84 anos. É praticamente impossível imaginar que haja criatividade suficiente para se manter durante tantas décadas. Além disso, decisões editoriais erradas ou falta de desenvolvimento podem acabar com a popularidade de um super-herói. Pela Liga da Justiça então, se passaram muitos personagens que se enquadram nesse grupo. O resultado são vários personagens que foram totalmente esquecidos e que hoje quase ninguém se lembra, ou ao menos conhece. Nós listamos 7 membros mais esquecíveis da Liga da Justiça.

1 - Liga da Justiça Detroit

Não vamos começar com apenas um personagem, mas com uma formação inteira. A Liga da Justiça da América, fase Detroit, aconteceu na década de 1980. Após a saída de nomes como Batman e Flash da Liga da Justiça da América, o grupo ficou sem grandes astros da DC Comics. Então alguém teve a ideia de criar uma nova formação que contava apenas com o Caçador de Marte e o Aquaman como rostos familiares. Todos os outros heróis, ou não eram muito conhecidos pelo público, ou eram novatos. Eles não seguraram as vendas e não demorou muito tempo para que a saga Crise nas Infinitas Terras chegasse para "limpar a casa" e reformular o universo DC. A Liga da Justiça da América, formação Detroit, terminou e o grupo foi esquecido para sempre. A maioria dos seus integrantes, hoje em dia, só aparece nas animações da marca em forma de piada.

2 - Triunfo

William McIntyre, o Triunfo, apareceu pela primeira vez na Liga Justiça da América n°92. Introduzido por Mark Waid, Brian Augustyn e Howard Porter, o personagem nunca caiu no gosto do público. Ele foi introduzido em um retcom, sendo apresentado como um criador e membro honorário da Liga da Justiça que havia sido transferido para outra dimensão e esquecido por todos graças a um vilão. Mesmo assim, Triunfo não conseguiu fãs e não conseguiu se manter por muito tempo. Eventualmente, depois de sair de cena, ele apareceu uma última vez como vilão, mas foi congelado pelo Espectro. Após isso nunca mais apareceu nos quadrinhos e muito menos foi lembrado nas animações.

3 - Capitão Frio

O que deu na Liga da Justiça ao deixar ex-bandidos assumirem a equipe? O Capitão Frio entrou para o grupo após a minissérie Vilania Eterna, na qual a Liga é transferida para outra dimensão e os vilões precisam se encarregar de salvar o dia. Ele teve destaque como salvador da pátria durante umas oito edições, ajudando bem pouco a equipe. Não demorou muito para que o vilão voltasse a infernizar a vida do Flash. Apesar de ter ganhado alguma popularidade após a série na CW, o personagem nunca foi muito lembrado pelos fãs e quase sempre amargou o esquecimento.

4 - Besouro Bisonho

Originalmente, Besouro Bisonho foi destinado a ser um personagem paródico. O vilão foi criado por Keith Giffen para fazer um breve antagonismo ao Homem de Aço. Ele utiliza suas antenas para se teletransportar e, quando confronta o Superman, decide que quer se tornar um super-herói. Bisonho participou de uma formação da Liga da Justiça, mas não funcionou. A pegada do personagem lembraba bastante a do Deadpool, e uma figura assim dificilmente combinaria com a Liga da Justiça. A formação do grupo com o personagem não durou nem mesmo um ano.

5 - Congo Bill

Congo Bill começou como um aventureiro escocês chamado William Glenmorgan. Andando pelo Congo, ele encontrou um anel mágico que uniu sua mente com a de um gorila de ouro, concedendo-lhe habilidades incríveis. Depois de estar por aí por várias décadas, ele finalmente se juntou à Liga depois de ajudar a derrubar um vilão. Isso aconteceu no início dos Novos 52, mas sua participação no grupo é totalmente esquecível.

6 - Doutora Luz

Kimiyo Hoshi, a heroína Doutora Luz, foi criada durante a Crise nas Infinitas Terras de Marv Wolfman e George Perez. A personagem ganhou seus poderes após ser exposta à energia de uma estrela chamada Vega. Ela foi escolhida para lutar valentemente ao lado de outros heróis para derrubar o vilão Antimonitor. Depois disso, no entanto, ela decidiu trabalhar apenas com a Liga da Justiça em emergências, além de um breve período na Liga da Justiça da Europa. A verdade é que, apesar de forte, ninguém se lembra que ela existe.

7 - Super Gêmeos

Os Super Gêmeos ficaram populares com a animação dos Super Amigos. Apesar disso, eles eram exclusivos da TV e não estavam nos quadrinhos. Em 1995, eles foram introduzidos nas HQs, sendo descritos como um par de escravos fugindo de um governante alienígena. Eles se juntaram à equipe Justiça Extrema, liderados pelo Capitão Átomo. Infelizmente, a história foi cancelada apenas três edições depois do seu lançamento. Então a DC começou a era dos "grandes sete" da equipe. Depois disso, os dois foram relegados a aparições aleatórias e não foram mais relevantes, se tornando totalmente esquecidos.

E você, se lembrava de algum deles? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que vez ou outra ainda lembra dos Super Gêmeos, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Imagens A OF
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+