• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mulheres stalkers que parecem ser tiradas de um filme de terror

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      18/03/19 às 16h38

Com certeza, você já deve ter dado de cara com a expressão stalker. Se você não sabe bem o que isso significa, nós te explicamos. A palavra, de origem inglesa, significa "perseguidor" e diz respeito as pessoas que perseguem de forma insistente uma pessoa anônima em específico ou alguma pessoa pública. Os stalkers, com sua obsessão, podem chegar a extremos, o que pode levar à agressões e até mesmo atentados contra a vida de alguém.

internet tem possibilitado que os stalkers se tornem ainda mais presentes e invasivos. Eles perseguem, xingam e insultam. Esses que geralmente têm o objetivo de amedrontar, às vezes são também denominados como "haters" ou "odiadores", mas em alguns casos eles vão além disso. Isso porque eles realmente são obcecados por determinada pessoa e costumam seguir todos os seus passos, não só online.

Conheça agora algumas histórias sobre mulheres stalkers que realmente dão medo.

1 - Jacqueline Ades

Jacqueline conheceu um CEO bem sucedido e se apaixonou pelo homem. Depois de apenas um encontro, as coisas ficaram um tanto quanto estranhas. A mulher, na verdade, desenvolveu uma certa obsessão pelo CEO e o bombardeou com cerca de 159 mil mensagens. Algumas em tom ameaçador inclusive, falando que precisava de dinheiro e que iria obrigá-lo a dar o quanto ela precisava. As coisas só pararam quando chegaram ao extremo! A mulher invadiu a casa do empresário, que estava fora do país e rapidamente acionou a polícia. Ao chegar no local, a polícia encontrou a mulher na banheira, ela tinha levado também dois cães, uma refeição e vinho. Ela alegava que tinha encontrado seu grande amor, mas isso não impediu que ela fosse acusada e presa por ameaça, perseguição e assédio.

2 - Leanne Zaloumis

Simon Cowell é um dos jurados famosos dos programas de TV britânicos. Em 2012, o homem foi surpreendido por uma stalker, Leanne. Ele estava no quarto de sua casa quando ouviu algo vindo do banheiro. A mulher estava com um tijolo na mão e tentava quebrar a janela do banheiro. O homem imediatamente saiu de casa e ligou para a polícia em busca de ajuda. A polícia precisou procurar pela stalker na casa, e quando a encontraram, ela estava escondida em um armário no quarto de Simon. Á polícia ela alegou que Simon já a conhecia, mas era tudo mentira. Depois, Leanne admitiu que já tinha pesquisado o endereço de Simon antes e que já tinha ido até sua casa enquanto ele estava viajando.

3 - Dawnette Knight

Dawnette era obcecada pelo ator Michael Douglas. A mulher foi presa após enviar cartas ameaçadoras para o astro. Muitas das mensagens descreviam a forma como ela pretendia matar a esposa do ator, a atriz Catherine Zeta-Jones. Em uma delas diz sobre picá-la e dar de comer para os cães. Felizmente, a mulher foi presa e condenada a três anos de cadeia por perseguição e ameaça.

4 - Shirley Turner

Andrew Bagby tinha 28 anos quando terminou o relacionamento que tinha com Shirley Turner. Dois dias mais tarde, ele foi encontrado baleado em um estacionamento, a principal suspeita, sua ex-namorada. Antes de ser presa, a mulher fugiu do país, grávida de um bebê de Andrew. Tudo isso aconteceu em 2001, em 2003, a mulher cometeu suicídio e também assassinou o filho recém-nascido, que tinha apenas 13 meses de vida. Ela drogou o filho e a si mesma e pulou no oceano.

5 - Margaret Mary Ray

Margaret era uma stalker que acreditava piamente que estava envolvida em um romance com o apresentador David Letterman. Inúmeras vezes a mulher invadiu sua casa e chegou a acampar no lugar. Em 1988, a mulher roubou o carro do homem e ao chegar em um pedágio, sem dinheiro para pagar, alegou ser esposa de Letterman. Ela então foi presa e condenada por invasão de propriedade. Foram 10 meses, não só presa, mas internada em uma clínica psiquiátrica, onde descobriram que ela sofria de erotomania, um distúrbio que leva as pessoas a acharem que outra pessoa está apaixonada por elas.

6 - Ruth Tagg

Ruth perseguia o comediante britânico Ken Dodd. Enviava cartas em tom de ameaça, fotografias insinuantes e camisetas com mensagens ofensivas direcionadas à ex-namorada do comediante. Em 2003, a mulher provocou um incêndio na casa de Ken, que causou um prejuízo de 11 mil libras. Felizmente, ninguém estava no local e não houve feridos, mas isso não impediu que Ruth fosse internada em um hospital psiquiátrico, já que a mulher foi diagnosticada com distúrbio psicopático.

7 - Yolanda Saldivar

Selena Quintanilla era uma cantora latina muito famosa de sua época. Yolanda Saldivar se apresentava como fã e ligou insistentemente para o pai da cantora, solicitando a abertura de um fã clube. Após muita insistência, o homem cedeu e o fã clube foi criado. O problema foi que, pouco tempo depois, a mulher foi demitida por desvio de fundos. A cantora então foi se encontrar com a mulher no motel, para recuperar os registros financeiros. No entanto, Yolanda alegou ter sido estuprada na viagem até o México e precisou ser levada até o hospital. Apesar das alegações, o exame não mostrou nenhuma evidência de estupro. A cantora e Yolanda voltaram para o motel, onde tiveram uma discussão acalorada. A mulher atirou na cantora pelas costas, ela conseguiu cambalear até a recepção onde disse "Yolanda, sala 158". Com 23 anos, morreu uma das cantoras latinas mais importantes da época. Sua assassina cumpre até hoje a sentença de prisão perpétua pelo crime.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+