• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 personagens de Game of Thrones com grandes problemas de personalidade

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      04/07/19 às 14h39

Não é de admirar que alguns personagens de Game of Thrones não sejam mentalmente saudáveis. Primeiro ponto: eles vivem em um mundo dilacerado pela guerra, ameaçados por horrores inimagináveis. Além disso, estão rodeados por ações passivo-agressivas, cortejo entre irmãos e situações em que seu pai pode literalmente perder a cabeça. Vivendo no que é essencialmente uma sociedade medieval, essas pobres pessoas provavelmente não têm acesso aos cuidados psiquiátricos. Infelizmente, não é? Porque se tem uma coisa que precisam, essa coisa é se cuidar. Porque o mundo de Game of Thrones pode ser selvático. Sexo, morte e violência estão enveredados desde uma idade muito mais precoce, sendo a brutalidade basicamente um modo de vida. Por isso, preparamos uma lista (necessária) com 7 personagens de Game of Thrones com grandes problemas de personalidade.

Com os dons da psicologia moderna e uma grande supervisão, podemos distribuir diagnósticos para todos os nossos personagens favoritos de GoT. Quer dizer, entender melhor o contexto de cada um deles. Qual é o problema com Cersei? Arya é uma personagem "foda" ou apenas uma criança severamente perturbada?

Quais são as verdadeiras consequências de manter tudo entre família? Obviamente, não recomendamos a matéria para diagnosticar a si mesmo ou a qualquer outra pessoa com um distúrbio psiquiátrico. Deixe isso para alguém com um certificado em sua parede. Ah, e cuidado: teremos spoilers.

1- Theon Greyjoy (Surto psicótico)

Antes da captura, Theon exibiu muitas das qualidades encontradas em narcisistas: senso grandioso de importância pessoal, expectativa de favores, altivez e senso de direito. No entanto, esse seu lado foi... cortado? Devido ao trauma infligido, Theon pode ter sofrido um surto psicótico.

Ele mostra sinais de transtorno dissociativo de identidade com síndrome de Estocolmo. A maioria dos pacientes com esses tipos de transtornos relatam trauma físico ou sexual. É difícil dizer se Reek é uma personalidade totalmente separada de Theon. A persona é provavelmente uma identidade criada como um mecanismo de defesa. Esse é um dos personagens de Game of Thrones com grandes problemas de personalidade.

2- Cersei Lannister (Transtorno da Personalidade Narcisista com tendências maquiavélicas)

Ela está quase completamente consumida por uma necessidade patológica de poder, sucesso e status. Não sente nenhum remorso em pisar nas pessoas para obter o que precisa. A Rainha Lannister é apática e, embora alguns vejam sua obsessão por seus filhos como um amor maternal ardente, também está disposta a jogá-los como peões no jogo dos tronos.

O desejo de poder por qualquer meio necessário, incluindo a exploração e manipulação de outros, é um comportamento maquiavélico clássico. Ela é cruel, egoísta, controladora, arrogante, faminta por poder, exploradora e implacável - uma verdadeira narcisista.

3- Joffrey Baratheon (Sociopata com tendências sádicas)

Dada sua ascendência, não é de se admirar que Joffrey tenha se tornado um psicopata. Ele é completamente desprovido de empatia e tem prazer ativo na violação e dano aos outros. Embora não demonstre muito do falso encanto que os sociopatas usam para conseguir seu próprio caminho, ele inicialmente fingiu ser um bom e nobre garoto em benefício de Sansa.

Antes, claro, de se voltar contra ela da maneira mais sádica que se possa imaginar. Esse é um dos personagens de Game of Thrones com grandes problemas de personalidade.

4- Lysa Arryn (Transtorno da Personalidade Borderline)

Intensas explosões emocionais, identidade perturbada, relacionamentos caóticos, pensamentos extremos, preocupações com o abandono... percebeu os sinais? Seu relacionamento com Petyr é muito tóxico, entremeando no amor e no ódio. Ela mostra sua capacidade de alternar entre os extremos de humor, além de ter uma profunda ansiedade relacionada ao abandono.

5- Tyrion Lannister (Alcoolismo)

Esse item não é bem para lhe deixar surpreso, caso tenha acompanhado todos os episódios da série (ou ao menos o primeiro). Embora mentalmente aprimorado, Tyrion deposita a confiança na bebida para que possa viver em seu contexto angustiante. Seu problema com o vício pode resultar da baixa autoestima e da falta de controle.

Tyrion considera que sua mente está acima da média, mas não confia em sua aparência ou habilidades físicas. Isso, juntamente com a sensação de inadequação e repulsa aos olhos de sua própria família, é suficiente para levar alguém a beber.

6- Jon Snow (Transtorno Afetivo Sazonal)

A forte tendência à melancolia percorre o DNA dos Starks, assim como aos sintomas depressivos. Transtorno Afetivo Sazonal é um tipo de depressão que se agrava durante os meses de inverno, com a luz solar reduzida e clima mais frio. Acredita-se que isso possa ter algo a ver com um instinto de "hibernação".

Logo no início, ele pode ser encontrado rindo e brincando com sua família em Winterfell. No entanto, à medida que o inverno chega e a noite escurece, o mesmo acontece com os seus sentimentos. Isso também pode ser causado pelas inúmeras tragédias que os Starks tiveram que suportar. Esse é um dos personagens de Game of Thrones com grandes problemas de personalidade.

7- Arya Stark (Transtorno de Estresse Pós-Traumático)

Arya Stark é uma criança que já nasceu em um contexto caótico e de guerra. Muitos de seus familiares estão mortos e ela testemunhou pessoalmente a execução do pai. Tudo isso com apenas 11 anos de idade. Após estes traumas, Arya apresenta muitos dos sintomas associados ao Transtorno de Estresse Pós-Traumático.

Ela tem explosões regulares de raiva e às vezes acha difícil controlar sua agressividade. Tem dificuldade em adormecer (pelo menos até recitar sua lista de nomes) e seus pensamentos intrusivos a mantém em um estado de hiper-vigilância. Não vamos nem entrar na história do Transtorno da Identidade Dissociativa com toda a questão sobre ser "Ninguém", porque ficaríamos aqui para sempre.

Claramente, faltou alguém na lista, não é? Vocês sabem de quem eu estou falando. Porém, ainda não superei o ocorrido e não tenho condições psicológicas para externalizar. Já colocamos diversos personagens com distúrbios de identidade na lista, então não estamos carentes de informação. Espero que vocês sintam empatia comigo e não sejam como o Joffrey ou Cersei. Obrigado e ficamos por aqui.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+