• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

8 lugares que podem desaparecer do planeta nos próximos anos

POR Karen Batista    EM Mundo Afora      15/04/16 às 16h41

Pois bem, provavelmente você já ouviu por aí sobre o aquecimento global e as suas consequências. Mas o que muita gente ainda não percebeu, é que o assunto é muito mais delicado do que podíamos imaginar. As drásticas mudanças climáticas ameaçam até mesmo famosos locais a extinção.

Então é melhor preparar as malinhas, e o passaporte, antes que você e todas as demais pessoas da terra, não tenham mais a oportunidade de visitar esses locais. Confira:

1- Grande barreira de corais na Austrália

Aerial view of Great Barrier Reef from helicopter

Com seus 344.400 quilômetros quadrados, este recife é considerado o maior do mundo. Entretanto as recentes mudanças climáticas têm gerado muitos danos a esse ambiente ecológico, graças ao aumento da temperatura dos oceanos e o influxo de poluição, essa maravilha natural pode ser destruída completamente.

2- Veneza - Itália

Gondolas in canal

A cidade de Veneza já foi considerada a mais romântica do mundo, mas o que pouca gente sabe, é que a cidade vem correndo grandes riscos.

Devido ao aumento da temperatura da terra, e consequentemente o derretimento das geleiras o nível da água do mar tem aumentado consideravelmente.

E como muitos de vocês já devem saber, Veneza possui encantadores canais, e é exatamente por isso que a cidade vem enfrentando severas inundações, e a estimativa é que com os passar dos anos a cidade se torne completamente inabitável.

3- Parque Nacional de Geleiras - Montana

UNITED STATES - CIRCA 2003: Avalanche Lake, Glacier National Park (UNESCO World Heritage List, 1995), Montana, United States of America. (Photo by DeAgostini/Getty Images)

Esse parque a princípio possuía mais de 150 geleiras, mas atualmente possui aproximadamente 25 dessas estruturas. A previsão é que até o ano de 2030, a elevada temperatura reduza esse número para 0 e que o parque não só deixe de ter essa atração como também tenha seu ecossistema gravemente abalado.

4- Maldivas

MALE ATOLL, MALDIVES - MAY 2012: An aerial view of  Feydhoo Finolhu island on May 17, 2012 at Male Atoll, Maldives. Since 2006, the island was used as a minimum security jail, in 2010 it was reopened as a Correctional Training Centre for Children. The Republic of the Maldives consists of 1192 islands and has about 330,000 inhabitants spread on 192 islands. With an average ground level of 1.5 metres (4 ft 11 in) above sea level, it is the earth's lowest country and at 2.4 metres (7 ft 10 in) also the country with the lowest natural highest point in the world. (Photo by Marco Prosch/Getty Images)

Maldivas é considerado um dos menores países do mundo, situada no Oceano Índico, essa pequena nação pode ser completamente engolida pela água nos próximos 100 anos. Para vocês terem uma ideia, o risco é tão eminente que o governo local tem comprado terras em outros países, para realocarem seus cidadãos.

5- Os Alpes

People slide on a free slope despite a high avalanche risk at the French ski resort of Meribel in the French Alps on March 7, 2013.     AFP PHOTO / PHILIPPE DESMAZES        (Photo credit should read PHILIPPE DESMAZES/AFP/Getty Images)

Localizados na Europa, os alpes formam uma cordilheira que passa pela Áustria, Eslovênia, Itália, Suíça, Alemanha, França e Mônaco.

Por estar localizado e uma altitude mais baixa do que as montanhas rochosas por exemplo, eles estão mais suscetíveis a sofrerem com as mudanças climáticas.

Exatamente por isso, uma média de 3% do gelo glacial é perdido por ano, e especialistas acreditam que os alpes podem desaparecer completamente até o ano de 2050.

6- Ilha de Magdalen - Canadá

La Belle Anse, Ile du Cap-aux-Meules, Iles de la Madeleine, Quebec, Canada

Localizada em Quebec, essa ilha é repleta de rochedos, no entanto constantemente esse arquipélago sofre com os fortes ventos que tem se intensificado nessa região, mas um enorme paredão de gelo é o que ainda protege o local de ser atingido diretamente por esse vento.

Mas com as mudanças climáticas o resultado não poderia ser outro, a cada ano um pouco mais de 1 metro de gelo é corroído pelo gelo, além do fato de naturalmente ele derreter devida a temperatura.

A estimativa é que nos próximos 75 anos esse muro suma completamente e que a ilhe fique completamente vulnerável a essas tempestades.

7- Alasca

07

Bom, pode parecer óbvio não? Se a temperatura está aumentando e as geleiras consequentemente estão derretendo, o Alasca que é formado em sua grande maioria por gele, não deixaria de ser afetado. Além disso, o local vem sofrendo com danos em sua infraestrutura e também em seu ecossistema.

8- Geleira Athabasca - Canadá

CANADA - APRIL 01:  Tourist buses crossing the Athabasca Glacier on the Columbia Icefields in Jasper National Park, Alberta, Canada.  (Photo by Tim Graham/Getty Images)

Athabasca é a geleira mais visitada da América do Norte. Apesar de ser muito frequentada e um local muito turístico a geleira vem derretendo nos últimos 125 anos, durante esse período por exemplo, 1,6 km de geleira já derreteram, e os especialistas acreditam que a geleira agora passará a derreter em uma velocidade ainda mais rápida, podendo perder uma média de 3 metros por ano.

E então queridos leitores, podiam imaginar que esses locais em breve não mais existirão? Comenta pra gente aqui em baixo.

Próxima Matéria


Matérias selecionadas especialmente para você

Via   time  
Imagens welcometrips
Karen Batista
Tenho gostos de uma idosa que foi jovem na década de 70, me segue no Instagram, @karenbatis, prometo ser mais legal por lá do que sou na vida real. Beijos :)
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+