Curiosidades

Adeus às aranhas: conheça o truque definitivo para eliminá-las

0

Aranhas, normalmente, não são um dos animais mais queridos das pessoas. Existem aqueles que são tão traumatizados com o animal que a palavra medo é bastante simplória para descrever o que sentem. Mesmo assim, é inegável que esses animais são essenciais para o ecossistema. No entanto, elas não precisam viver dentro da casa das pessoas.

Muitas pessoas sofrem com aranhas dentro de casa e tentam as mais variadas coisas para eliminá-las de uma vez por todas. E o que muitos podem não saber é que existe uma maneira bem simples e baseada em plantas, mas que realmente funciona.

Porém, antes de dizer qual é o método, é preciso entender o que esse animal é. Muitas pessoas acreditam que as aranhas são insetos, mas na realidade elas são da classe Arachnida e têm uma diversidade imensa de mais de 45 mil espécies. Dessas, a maioria tem veneno, mas somente algumas são perigosas para os humanos.

Método

Dimóvel

Independentemente de ela ser venenosa ou não, ninguém quer ter uma ou várias aranhas em casa. E mesmo que os inseticidas e venenos sejam a primeira escolha da maior parte das pessoas para tentar tirá-las de dentro de casa, a planta de menta é uma solução eficaz que a maioria nem considera ou sabe

Isso acontece porque as aranhas odeiam o cheiro de menta. Então, ter algumas espalhadas pela casa pode deixá-las bem longe. E se não tiver como ter planta em casa? O óleo essencial com esse aroma também funciona. Nesse caso, a pessoa pode mergulhar uma bola de algodão no óleo e deixá-la perto dos lugares onde as aranhas são vistas na casa.

A menta não é a única planta que funciona para se livrar desses animais. A árvore do chá também é uma excelente forma de espantar as aranhas. Da mesma forma que a menta, é possível usar o óleo da árvore do chá misturado na água para se ter um spray repelente.

Lembrando que o objetivo desses métodos é deixar a casa livre as aranhas, mas não matá-las. Até porque, elas são importantes na manutenção do ambiente doméstico, já que fazem um trabalho ótimo deixando a casa livre de insetos, como por exemplo, pulgas e mosquitos.

Aranhas

BBC

Ter aranhas em casa é realmente um problema e dependendo da quantidade pode até ser fatal. Uma pessoa que tem plena certeza desse perigo é o britânico Russell Davies, de 55 anos. Ele chegou a viver nas ruas, mas conseguiu alugar um apartamento em Kent, na Inglaterra, em 2020. Essa conquista tinha tudo para ser um começo de uma nova fase na vida do homem, contudo, sua vida virou um pesadelo.

De acordo com a BBC, na primeira semana depois de se mudar para sua nova casa, o homem começou a perceber feridas em sua pele. Entretanto, essa situação foi apenas piorando com o tempo. Isso durou até ele descobrir que estava sendo picado diversas vezes por aranhas da espécie conhecida como “falsa-viúva”.

As aranhas dessa espécie têm esse nome porque elas têm uma aparência parecida com a famosa e perigosa aranha viúva-negra. Embora a picada dessas aranhas ofereça pouco risco para os humanos, a dor que ela causa pode ser comparada à da ferroada de uma vespa.

“Quando eu realmente encontrei as aranhas na minha casa, 15 meses tinham se passado e eu era o que você chamaria de um banquete à vontade para essas aranhas enquanto eu dormia”, contou Russell.

Claro que ser constantemente picado por aranhas não é uma coisa boa, e muito menos benéfica para a saúde. Por conta disso, a situação começou a afetar não apenas o físico do britânico, mas também o seu psicológico.

“Eu estou dormindo em uma barraca há uma semana e meia. Durante o dia, eu ando por aí procurando as aranhas. Minha cabeça está no limite, porque estou constantemente procurando por teias de aranha. Eu não quero viver assim”, contou ele.

Problemas

BBC

Além desses problemas, as feridas das centenas de picadas de aranhas causaram uma dor intensa em Russel. Ele conta que a sensação é de ter cacos de vidro enfiados por todo seu corpo. Por conta disso, ele precisou deixar o seu emprego como chef.

Tentando solucionar o problema com as aranhas, Russel ligou para a imobiliária do imóvel e pediu uma dedetização, no entanto, a empresa se negou a prestar o serviço dizendo que essa era uma responsabilidade do inquilino.

“Nós sabemos quanto as pragas podem ser desagradáveis ​​e inconvenientes e lamentamos saber que o Sr. Davies está sofrendo com isso no momento. Ele foi corretamente informado de que, sob os termos de seu contrato de locação, é sua responsabilidade lidar com essa infestação de pragas”, disse um porta-voz da imobiliária.

De acordo com Russel, a imobiliária fez um acordo para dedetizar os corredores e áreas comuns depois das queixas feitas por ele. No entanto, se recusaram a dedetizar sua casa, em específico, ou pagar por um tratamento térmico.

“Os especialistas em controle de pragas da Clarion são contratados para lidar com problemas em espaços comunitários, mas pedimos a eles que revisassem a situação do Sr. Davies e eles deram a ele alguns conselhos práticos sobre como ele pode resolvê-lo”, continuou o porta-voz da imobiliária.

Fonte: Mistérios do mundo,BBC

Imagens: Dimóvel, BBC

O que acontece se um asteroide cair na Terra?

Previous article

Neurocientista revela três coisas que você deve parar de fazer para cuidar do seu cérebro

Next article

Comments

Comments are closed.