Compartilhando coisa boa

Adolescente pego furtando comida é surpreendido por dono da loja

0

 

De uns tempos para cá, começamos a associar “humanidade” a termos pejorativos ou odiosos. Os noticiários são dominados por perturbadores acontecimentos envolvendo violência gerada por seres humanos e contra seres humanos, então nada mais justo, do que associarmos pessoas à circunstâncias ruins. No entanto, nem tudo está perdido. No último final de semana, o proprietário de uma loja de conveniências em Toledo, no estado americano de Ohio, foi notificado de um furto acontecendo em suas dependências comerciais. Em vez de chamar a polícia para prender o adolescente que era o infrator, Jitendra Singh foi contra a maré. E o que aconteceu? O adolescente pego furtando comida e foi surpreendido por dono da loja com uma atitude diferente do que acostumamos a ver por aí.

Por meio das câmeras de segurança, Jitendra Singh vislumbrou o jovem colocando chicletes e doces em uma bolsa. Como a CNN relata, quando Singh perguntou os motivos, o adolescente disse que era porque ele e seu irmão mais novo estavam com fome. No mesmo instante, um dos funcionários da loja “7-Eleven” discava para a polícia, mas Singh disse-lhe para desligar o telefone e retomou o diálogo com o jovem.

A conversa entre Singh e o adolescente

“Eu disse: ‘Bem, isso não é comida. Você está roubando chicletes e doces. Isso é apenas algo para mastigar. Se você estiver com fome, avise-me. Vou lhe dar comida de verdade'”. “Quando ele disse: ‘Sim, estou com fome e é por isso que estou roubando’, eu disse OK, ele tem algum problema genuíno. Ele não é um ladrão que rouba coisas e vende”.

Singh prontamente forneceu alimentos mais substanciais. Não queria que a vida do menino fosse arruinada por tentar alimentar a si mesmo e a sua família. “Pelo menos ele não vai para a cadeia”, disse Singh. “Uma vez que você for para a prisão, você terá um registro criminal. Você não será capaz de conseguir nenhum bom trabalho nem nada”, acrescentou o dono da loja.

Repercussão

Cedric Bishop, um dos clientes da loja, presenciou o momento e fez uma postagem no Facebook que instantaneamente viralizou: “alguns jovens só precisam saber que alguém se importa com eles.”

O post atingiu milhares de pessoas, reunindo mais de 1.600 compartilhamentos e 3.700 curtidas.

Diversos clientes estão indo pessoalmente à loja de conveniências para elogiar Jitendra Singh, que se diz surpreso com o impacto da boa ação: “os clientes agora estão voltando e dizendo: ‘Você é um cara legal e fez uma coisa boa. Para mim não foi uma grande atitude, sabe? Eu fiz o que qualquer ser humano normal teria feito nessa situação”.

“Somos parte da comunidade e temos que ajudar a comunidade”

Neera Singh, esposa do proprietário, por sua vez, não está nada surpresa com a atitude do seu marido. Muito menos com o impacto que isso causou para outras pessoas: “estou muito orgulhosa porque ele só mostrou quem realmente é”, disse. “Eu o conheço, ele é muito gentil”, completou.

Neera diz que seu marido de quase 30 anos sempre foi um ser humano carinhoso, e está satisfeita com a maneira com que ele lidou com a situação. “Somos parte da comunidade e temos que ajudar a comunidade”, disse Neera Singh. “É uma parte do nosso trabalho”.

Depois de fazer o que achava ser o certo para o momento, Jitendra espera que o adolescente retribua a generosidade para as outras pessoas. Para si próprio também. Alguém ser pego furtando comida e ser surpreendido pelos donos dos estabelecimentos com uma atitude como esta, geralmente, é algo que não se vê por aí.

Gentileza gera gentileza. Boa ação gera boa ação. Acho que isso sim seria o real significado de “humanidade”.

O que achou da história? Não deixe de fazer o seu comentário!

O que aconteceria se um buraco negro do tamanho de uma moeda aparecesse na Terra?

Matéria anterior

Entenda como essa empresa pretende imprimir corações humanos no espaço

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos