• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Arqueólogos acreditam ter encontrado a cidade lendária de Davi

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      17/07/19 às 14h53

Uma equipe de arqueólogos israelenses e australianos está certa de que encontraram a lendária cidade descrita na Bíblia, que se chama Ziclague. De acordo com o livro sagrado, Davi, que viria se tornar o rei de Israel, viveu em Ziclague por mais de um ano. Isso quando estava sob ameaça do seu antecessor, o rei Saul, no começo do século 10 a.C. Eles acreditam que o assentamento filisteu tem tudo para ser creditado como a tal cidade bíblica.

As ruínas foram encontradas nas proximidades da cidade de Kiryat Gat, no sul de Israel.  Os pesquisadores da Autoridade de Antiguidades de Israel, da Universidade Hebraica de Jerusalém e da Universidade de Macquarie, em Sydney, na Austrália, se uniram para estudar os artefatos encontrados nas ruínas. Após a análise dos itens, eles estão certos de que estão diante da tal cidade que é muito mencionada nos livros de Josué e Samuel na Bíblia.

A cidade

Por muito tempo, a cidade de Ziclague vem sendo alvo de debates fervorosos. Nas últimas décadas, muitos pesquisadores buscam por vestígios dessa cidade. Conhecida como o refúgio do rei Davi, a cidade parece finalmente ter sido encontrada. Desta vez, os pesquisadores estão mais certos do que nunca de que estão diante das verdadeiras ruínas de Ziclague.

A descoberta foi feita em conjunto, com uma equipe internacional, liderada pela Autoridade de Antiguidades de Israel, em parceria com a Universidade Macquarie da Austrália e a Universidade Hebraica. A equipe já vem estudando as ruínas, localizadas entre Kiryat Gat e Lachish, desde 2015.

E agora, finalmente, as escavações no topo da colina forneceram evidências reais de um assentamento dos séculos 12 e 11 a.C. Sob as camadas de outro assentamento rural ainda mais antigo, essas ruínas são datadas do início do século 10 a.C.

Entre todos os artefatos encontrados no local, várias peças de cerâmica, jarras de óleo e jarras de vinho apresentam características da cultura filisteia. Segundo a Bíblia hebraica, esses povos, os chamados filisteus viviam nessa região. Além disso, a datação por carbono o também o alinhar, perfeitamente similar à data, correspondem aos mesmos fatores com a época em que se acredita que a cidade de Ziclague estava.

A descoberta

Os cientistas apresentaram algumas evidências que corroboram com a afirmação de que esse assentamento realmente se trata da cidade perdida de Ziclague. Mas nem todo mundo está certo disso. Alguns pesquisadores, que não estão envolvidos nessa última pesquisa, estão um pouco hesitantes. Eles não se sentem seguros em confirmar que esse sítio arqueológico seja realmente a cidade de Ziclague. Aren Maier, um arqueólogo israelense, nascido nos Estudos Unidos e professor da Universidade de Bar-Ilan, é um deles. Ele afirma que só o que foi apresentado não é o suficiente para acreditar que estamos diante da cidade perdida.

"As referências a este sítio nos textos bíblicos são consistentemente muito mais ao sul. Relativas ao Negev, à tribo de Shimon ou à fronteira sul de Judá. Só porque você tem filisteu e depois a destruição do século 10 a.C, isso não significa que é Ziclague".

E você, o que achou dessa descoberta? Acredita que seja mesmo a cidade onde Davi se refugiou? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+