Curiosidades

Califórnia ganha hamburgueria totalmente autônoma, onde robôs alimentados por IA comandam a cozinha

0

Em várias visões do futuro, senão em todas elas, robôs estão envolvidos. Sejam eles a nossa imagem e semelhança ou apenas um conjunto de peças com uma funcionalidade grande, imaginamos o cenário em que eles estão ali para nos servir e tornar nossas vidas mais fáceis. E com o avanço da inteligência artificial, um robô é capaz de fazer coisas que antes eram exclusivas dos filmes de ficção.

Um exemplo disso é visto em Pasadena, na Califórnia, nos EUA. Isso porque o CaliExpress promete ser “o primeiro restaurante em operação no mundo onde tanto o pedido quanto todos os processos de cozimento são totalmente automatizados”, de acordo com a fabricante de robôs Miso Robotics.

Estabelecimento

Para isso, o estabelecimento irá usar os sistemas mais avançados em tecnologia alimentar. Eles serão vistos tanto nas estações como nas grelhas de fritura, que também são automatizadas e alimentadas tanto por uma robótica como por uma inteligência artificial de ponta.

Dentre todos os robôs que trabalham no CaliExpress, Flippy é um dos mais experientes. Esse robô é na realidade um braço mecânico sobre trilhos, e ele é o responsável pelas batatas fritas. Sua experiência vem porque ele já está no mercado desde 2017, e agora ele ganhou uma companhia, um outro robô chamado BurguerBot, que irá grelhar os hambúrgueres.

O cardápio do CaliExpress é bem simples, com hambúrgueres, cheeseburgers e batatas fritas. De acordo com a Forbes, os planos da empresa é abrir o estabelecimento ainda esse mês. No entanto, um porta-voz disse que o CaliExpress irá ser aberto “em breve” em 2024.

Servido por robô

robô

G1

Já vivemos no “futuro” que tanto falamos, onde os robôs terão um papel importante. Podemos ver o quanto elas estão sendo utilizadas e realizando trabalhos que antes eram feitos manualmente por humanos. As grandes indústrias adotam cada vez mais máquinas com a capacidade de reprodução em massa, que não precisam descansar e com um “baixo” custo. Empresas de carros usam robôs para quase tudo, visto que é um serviço muito pesado para que uma pessoa realize em pouco tempo.

Por mais que eles já estejam fazendo trabalhos que antes eram dos humanos em fábricas e outros lugares fechados, nós ainda não estamos acostumados com robôs. Ainda mais se estivermos na rua e, sem mais nem menos, um aparece do nada. Só que eles estarem perto de nós já é uma realidade, ainda mais nesses tempos de pandemia.

Depois de meses em casa por conta do coronavírus, alguns países começaram a flexibilizar as regras do isolamento social. E as atividades começaram a voltar gradualmente. Singapura, por exemplo, colocou um cachorro robô para lembrar as pessoas de respeitarem o distanciamento social.

E conforme a Coreia do Sul foi se recuperando do COVID-19 as empresas tentavam de toda forma fazer com que seus clientes fiassem seguros. Como por exemplo o café em Daejon que contratou um barista robô para levar as bebidas até os seus clientes.

Por conta do robô, o café precisa de apenas um humano que cuida da confeitaria. E também faz os serviços de manutenção e reabastece o colega de trabalho robô. O robô em questão pode fazer 60 tipos de café diferentes e também consegue entregá-los para os clientes do estabelecimento.

Quem produziu o robô foi a empresa Vision Semicon. E o que ela espera é que os funcionários robôs possam ajudar a sociedade sul-coreana a se adaptar, à medida que as autoridades chamam de “distanciamento na vida cotidiana”.

“Nosso sistema não precisa de informações das pessoas desde o pedido até a entrega. E as mesas foram organizadas de forma espaçada, para garantir movimentos suaves dos robôs, que se encaixam com a atual campanha de distanciamento”, explicou Lee Dong-bae, diretor de pesquisa da Vision Semicon.

A desvantagem é que mais empregos podem ser perdidos por conta da pandemia do novo coronavírus. Na Coreia do Sul, a taxa de desempregados registrou o seu maior declínio desde 1999.

Fonte: Época negócios

Imagens: G1, YouTube

Revelar segredos e opiniões para sistemas de IA é imprudente, diz especialista na tecnologia

Artigo anterior

Surpreendentemente, lugar mais frio do universo observável fica na Terra

Próximo artigo