• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como seria se a Terra tivesse dois sóis?

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      24/04/19 às 17h37

Já cantava Cássia Eller: "Quando o segundo sol chegar, para realinhar as órbitas dos planetas...". Mas liberdade poética à parte, já parou para pensar em como seria a vida no planeta Terra se existissem dois sóis? Bem, será o que o nosso planeta ficaria muito mais quente se tivesse duas estrelas o aquecendo? E como será que isso afetaria a divisão entre o dia e a noite? Seria o nosso sistema estelar binário capaz de sustentar a vida na Terra como conhecemos?

Alguns cientistas já até sugeriram que o nosso Sol já teve um companheiro estelar, uma estrala anã chamada de Nemesis. Nessa hipótese, esse outro sol teria se libertado da gravidade e se fundiu com outras estrelas da Via Láctea há bilhões de anos atrás. Agora voltando a como seria a vida no planeta Terra se tivessem dois sóis, aqui está o que aconteceria numa hipótese do tipo.

Sistema estelar binário

Na incansável busca do homem por outros planetas semelhantes a Terra em toda a galáxia, foi descoberto que a maioria dos sistemas estelares são binários. Mesmo que sistemas estelares binários ou múltiplos sejam mais comuns, existem também aqueles que se formam em torno de uma única estrela.

Ao que parece, a Terra seria capaz de sustentar a vida com dois sóis, ao invés de apenas um. Mas é claro que essa condição variante só seria possível sob certas circunstâncias. Em um sistema estelar binário, o destino do planeta estaria atrelado a vários fatores. Entre eles, a massa das estrelas e a sua posição relativa à Terra e outros planetas.

Nesse cenário, são altas as chances de que a órbita terrestre fosse muito instável. Por exemplo, se um dos sóis fosse maior e mais brilhante, e tivesse um impacto gravitacional mais forte sobre nós, esse sol poderia facilmente puxar o planeta para si mesmo.

Em contrapartida, se a atração gravitacional das estrelas fosse forte o suficiente, a Terra voaria para o espaço. E então se tornaria um daqueles planetas soltos que vagam sozinhos pelo Universo, sem nenhum sistema estelar.

Em outra hipótese, vamos supor que a órbita da Terra seja estável. Isso só seria possível se a Terra orbitasse apenas um dos dois sóis. No entanto, isso não seria favorável à vida no planeta. Provavelmente, em algum momento, as estrelas estariam posicionadas em ambos os lados ao mesmo tempo.

Isso não apenas acabaria com as noites, como também traria doses duplas de radiação UV aos eventos solares. Nesse caso, nenhum protetor solar seria suficiente para te proteger de ser torrado por dois sóis.

Dois sóis

Entre todas as hipóteses levantadas, o melhor cenário para o nosso planeta seria se substituíssemos o nosso sol por duas estrelas bem próximas. Cada uma dessas estrelas seria tão brilhante quanto o Sol, e isso manteria o planeta aquecido o suficiente para sustentar a vida.

Assim, a gravidade total das duas estrelas seria muito mais forte do que a do Sol. A Terra então levaria um total de 280 dias para formar um círculo completo ao redor deles. Ou seja, o ano aqui teria 85 dias a menos.

As duas estrelas orbitariam uma a outra a cada dez dias. A cada cinco dias, uma estrela passaria na frente da outra. Do ponto de vista da Terra, isso seria algo como um eclipse solar, que ao invés da Lua bloquear o Sol, seria uma estrela bloqueando a outra.

Nessas condições, o planeta Terra poderia muito bem ser orbitado por dois sóis. Até onde se sabe, o menor planeta conhecido com dois sóis é um gigante de gás muito maior do que a Terra.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+