Como sobreviver em um acidente de ônibus?

POR Magno Oliver    EM Curiosidades      18/02/16 às 15h10

Os ônibus são um dos meios de transportes mais utilizados pelas pessoas em todo o mundo. Onde quer que você vá, sempre haverá um grandão desse circulando pelas ruas e avenidas.

Eles acomodam um grande número de passageiros e são um dos grandes responsáveis pela locomoção de trabalhadores e estudantes por vários lugares do país.

Mas trafegar por ruas e avenidas diariamente implica riscos de todos os tipos, como uma colisão, um acidente grave etc. Um motorista de ônibus deve ter bastante cuidado na direção ao dirigir um grandão como este.

Mas e se caso aconteça um acidente de ônibus, como a gente deve fazer, agir para poder conseguir sobreviver? Qual é o manual de sobrevivência? Confira na matéria:

{20111001211320}_a11_01dom

Segundo um guia publicado pelo webcache, uma das primeiras coisas que a pessoa deve observar é o cinto de segurança.

Em seguida, a orientação é que você não se apoie contra o painel, isso porque os airbags inflam de um jeito que se você estiver sobre o painel, será jogado para trás em uma velocidade incrível.

Pennsylvania-Personal-injury-lawyers-bus-3

Procure se manter calmo. Manter-se assim te ajuda a pensar e analisar a situação e poder ajudar as pessoas que estão próximas e tentar ajudar a todo mundo.

Outra dica importante é certificar que o motor está desligado e evitar que cigarros sejam acesos ou coisas inflamáveis estejam próximas às vítimas, como gasolina, produtos explosivos etc.

bombeiros_samu

Em seguida, os serviços de emergência devem ser acionados e evitar remover feridos no veículo sozinho. Um acidente é coisa séria e dependendo do que você faça pode comprometer a vida de uma pessoa.

O que achou das dicas? Mande seu comentário para gente!

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+