5 doenças que você pode adquirir andando de ônibus

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Ciência e Tecnologia      30/09/15 às 16h55

A maior partes dos brasileiros precisar recorrer ao transporte público para se locomover pela cidade. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), divulgada em fevereiro desse ano, os brasileiros passam em média 1 hora e 20 minutos do seu dia em transportes públicos.

Além do cansaço e de outras desvantagens que passar tanto tempo dentro de ônibus e metrôs pode proporcionar, existe outro perigo em utilizar o transporte coletivo urbano: as doenças. Com tantas pessoas indo e vindo, sentando-se e tocando os mesmos lugares, a proliferação de microrganismos dentro dos veículos pode ser grande, sendo que alguns deles podem causar malefícios à saúde.

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo em 2008, mais de 22 tipos de bactérias patógenas, ou seja causadoras de doenças, podem ser encontradas dentro dos ônibus. A pesquisa foi feita no transporte público da cidade de São Paulo e, além dos diferentes tipos de bactérias, foi encontrado também cistos de protozoários e o ovo de um verme. É pouco ou quer mais?

1 - Mormo

mormo

Também conhecido como lamparão, o mormo é uma doença infecciosa comum em cavalos, asnos e mulas, mas que também pode se manifestar em outros animais, como cachorros, gatos e até no homem. Os sintomas da doença geralmente são lesões nodulares nos pulmões, nas mucosas nasais e nos gânglios linfáticos.

Ela pode causar também congestionamento das vias respiratórias com catarro purulento. Outros sintomas são febre, tosse e emagrecimento progressivo. Aposto que você nunca imaginou que andar de ônibus pudesse causar algo desse tipo.

2 - Gastroenterite

gastro

Outro microrganismo encontrado em grande quantidade nos ônibus pelos pesquisadores foi a Escherichia coli. As bactérias desse grupo fazem parte da flora normal do intestino, mas em grande número pode fazer mal, causando doenças como gastroenterite.

A contaminação geralmente se dá quando as pessoas comem alimentos que contem a bactéria, por isso lavar a mão antes de se alimentar é tão importante, principalmente se você anda de ônibus. Os sintomas da gastrointerite costumam ser febre, enjoo, diarreia e vômito, além de desidratação e dores abdominais.

3 - Candidíase

língua
O fungo Candida sp. também foi encontrado nas amostras coletadas pelos pesquisadores nos ônibus, embora em menor quantidade. Ele é conhecido por afetar a saúde íntima feminina, causando a candidíase. Assim como a E. coli, o fungo está presente no trato gastrointestinal e também na vagina saudável, mas pode se multiplicar por fatores externos e causar a doença.

Mas não pense que ela atinge apenas a vagina, a candidíase também pode se manifestar na pele, unhas e na boca, causando as famosas "boqueiras" ou aftas. Nas unhas a infecção pode provocar o aparecimento de pus e descolamento das unhas, que caem. Já a pele pode apresentar um aspecto vermelho e irritado.

 

4- Foliculite

foliculite

O Staphylococcus aureus, também conhecido como estafilococo-dourado, foi outra espécie de bactérias encontrada em grande quantidade no transporte público.  Em pequenas quantidades ela não é prejudicial, mas em grande número pode representar risco à saúde, devido a presença de toxinas.

Cerca de 15% das pessoas possuem a bactéria na pele ou em outras partes do corpo. O S. aureus pode causar infecção em pequenos cortes na pele ou também desencadear a foliculite, um tipo de infecção com pus nos folículos capilares.

5- Infecção de ouvido

ouvido

As bactérias do gênero Pseudomonas foram outros microrganismos patogênicos encontrados nos ônibus pelos pesquisadores. Elas podem crescem em qualquer ambiente e também colonizar pessoas saudáveis, causando, por exemplo, infecção de ouvido.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+