• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça a família Rothschild, que tem tanto dinheiro que não é possível quantificar

POR Diogo Quiareli    EM História      28/05/19 às 16h16

Todo mundo tem algum sonho. Morar em uma mansão, viajar o mundo, acompanhar uma turnê completa do seu artista favorito, comprar um sítio paradisíaco e uma casa na praia estão entres os principais. No entanto, algo impede muitas pessoas de concretizarem essas metas e estamos falando de dinheiro. Esse é o principal dos motivos pelos quais as pessoas não conseguem realizar algo. No entanto, existem famílias que não sofrem disso e um caso claro é o da família Rothschild. Você não os encontrará na Forbes, pois sua herança pertence a muitos herdeiros. A soma exata que eles possuem é desconhecida, mas estima-se que esteja entre US$ 350 bilhões e US$ 1 trilhão.

Os membros da família hoje vivem em países diferentes e alguns não possuem nada em comum com os negócios da família. Eles costumam manter arquivos históricos em museus ou salvam o gelo do Ártico do aquecimento global. Se você nunca ouviu falar sobre essa família, pode conferir os principais detalhes aqui, nessa matéria. Confira conosco um pouco mais sobre a história dos Rothschild, a família mais rica do mundo.

Os séculos XVIII e XIX da família Rothschild

A primeira geração dos Rothschild vivia, nessa época, em uma casa que possuía uma placa representando uma águia dourada e um escudo vermelho. Em alemão, esse escudo soava como "Rothschild". No século 18, Amschel Mayer Rothschild foi capaz de estabelecer um banco em uma cidade alemã e esse passou para seus 5 filhos. Os homens eram muito experientes e fizeram, a partir daquele banco, outros cinco. Cada um estava localizado em uma parte da Europa. Os bancos trabalharam em cooperação e os irmãos nunca tiveram um conflito que seja.

Os familiares estabeleceram a própria empresa de courier que fornecia informações sobre o que estava acontecendo no mundo. Os mensageiros do grupo espalhavam rumores, assim aumentando cada vez mais a popularidade. Isso tudo aconteceu durante a guerra com Napoleão, em 1815. Os agentes descobriram que a Inglaterra estava quase vencendo e enviaram um pombo para os Rothschild. Por sua vez, a família ordenou que seus corretores vendessem ações a preços ligeiramente reduzidos. As pessoas então deduziram que isso significava que a Inglaterra estava perdendo a guerra, assim começaram a vender suas ações por muito pouco.

Sendo assim, eles compraram quase todas as ações e aumentaram sua riqueza em apenas um dia. Cientes da vitória da Inglaterra, isso significava que os preços iam subir após a percepção de que o país tivesse vencido. A família então cresceu, e no século 19, já tinham o seu próprio código de leis e todos os membros deveriam seguir. Era ditado que uma mulher não poderia administrar o dinheiro, pois isso pertencia apenas aos homens.

Os membros da família às vezes casavam-se com seus próprios primos para o benefício da riqueza da família. Como resultado disso, o número de ancestrais foi reduzido. Uma pessoa comum possui, normalmente, 2 pais, 4 avós e assim por diante. Mas Lionel Walter Rothschild, por exemplo, possuía apenas um bisavô e uma bisavó. A família já controlava quase metade do mundo no final do século 19. Eles financiaram o Japão durante a Guerra Russo-Japonesa, investiam em construções na Europa e em várias outras coisas.

O século 20

Nesse século, quase todas as mulheres da família foram descritas como persistentes e vigorosas. Walter Rothschild, nessa época, era conhecido por ter um hobby. O homem costumava colecionar borboletas. Ele tinha cerca de 2,25 milhões de espécie. Além disso, era bastante aventureiro e fez uma expedição para cantos mais distantes do mundo. Eles buscava insetos e animais, inclusive cangurus. Alguns animais foram nomeados em sua homenagem, como a girafa de Rothschild e a Leucopsar Rothschild.

Durante a Segunda Guerra Mundial, soldados alemães prenderam um dos membros da família. Eles ofereceram-lhes um acordo: ele teria que dar a sua fábrica de aço e uma certa quantia de dinheiro. O homem concordou, mas pediu para ser pago por isso. O processo de barganha demorou e, finalmente, os alemães aceitaram suas condições. No entanto, o barão nunca entregou sua parte no acordo e alguns dias depois, o exército alemão ocupou sua fábrica.

O século 21

A família possui propriedades de vinho em várias partes do mundo. O lugar mais famoso é o Château Lafite Rothschild. Além disso, no rótulo de um dos seus vinhos israelenses, o retrato do Barão Edmond James está presente. O presidente francês, Emmaniel Macron, iniciou carreira em uma das empresas da família e foi um bom funcionário. Ele chegou a ser apelidado de Mozart das finanças. Emma Rothschild mantém o recorde de pessoa mais jovem a entrar na Universidade de Oxford. Ela se tornou estudante do local quando tinha apenas 15 anos.

E aí, você conhecia essa família? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Brightside  
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+