Curiosidades

Daniel Alves tem novo recurso negado e segue preso na Espanha

0

O nome de Daniel Alves tem sido muito comentado, mas não por sua habilidade no futebol, e sim por causa do caso de um suposto estupro cometido por ele a uma jovem em uma boate no final de 2022. Por conta disso, desde o dia 20 de janeiro ele está preso na Espanha, aguardando o julgamento do seu caso.

Agora, o jogador teve seu novo recurso negado pela Justiça espanhola e continua preso em Barcelona. Esse foi o terceiro pedido feito negado por Daniel Alves. Segundo a defesa do jogador, não existe risco de que ele fuja e os filhos do jogador estão se mudando para a Espanha. Mesmo assim, na visão da Justiça, o risco de fuga existe e as provas são suficientes para mantê-lo na prisão.

Depoimentos da jovem

Perola capixaba

Além disso, recentemente, o programa espanhol “En boca de todos” mostrou na íntegra o depoimento dado pela jovem de 23 anos que está acusando o jogador de tê-la estuprado. Nos trechos, ela conta os momentos antes e depois da suposta agressão.

De acordo com o depoimento mostrado no programa, a jovem contou sobre alguns momentos antes da agressão acontecer na boate Sutton. Tanto ela como suas amigas disseram que não conheciam Daniel Alves e foram até a mesa dele para beber.

“Lembro que ele pegou minha mão e colocou na minha parte baixa. Ele me disse novamente para sair e eu disse que não. Comecei a ficar com muito medo e pensei: ‘e se ele colocar alguma coisa na minha bebida? E se ele fizer algo com minha amiga?’ Pensei em tudo na hora”, contou ela.

Contudo, depois a jovem aceitou o convite feito pelo jogador para sair por uma porta, mas disse que não sabia para onde a porta iria. “Naquele momento eu disse: ‘Com certeza é uma porta para a rua, ou é uma zona VIP ou outra área da boate'”, contou a jovem.

Ainda de acordo com ela, quando ela viu que os dois entraram no banheiro, ela ficou em choque. “Ele me colocou no chão, lembro que fiquei em estado de choque, não sabia o que fazer ali”, disse. Ela também contou mais detalhes do que aconteceu no banheiro, onde ela e Daniel Alves ficaram aproximadamente 17 minutos.

Caso Daniel Alves

Quem

Todo o caso do suposto estupro cometido por Daniel Alves é cheio de contradições por parte do jogador. Ele já mudou sua versão da história várias vezes, enquanto a mulher que o acusa manteve sua versão desde a denúncia.

Além disso, as provas que a polícia da Espanha coletaram vão ao encontro da versão contada pela mulher. Tudo isso fez com que a situação do jogador ficasse ainda mais complicada. Tanto é que todos os três pedidos de liberdade provisória foram negados.

Por mais que esse caso esteja sendo bastante falado, muitas pessoas acabam se perdendo em toda a história. Então relembre o que aconteceu na noite, segundo o depoimento da vítima.

A jovem, de 23 anos, estava na boate com suas amigas.

Daniel Alves estava junto com amigos no camarote da boate em uma área VIP. Então ele convidou a jovem para ficar no camarote junto com ele.

Lá, ele e a jovem dançaram juntos. Enquanto dançavam, Daniel Alves “levou várias vezes a mão dela até seu pênis”, que retirou a mão assustada.

Mais ou menos 4h30, o jogador pediu para que ela o levasse até uma porta. Quando eles entraram, ela viu que a porta era para um banheiro. A jovem então tentou sair do banheiro, mas Daniel Alves a impediu.

Foi então que o jogador a teria penetrado de forma violenta até ejacular. Depois disso, ele saiu do banheiro e deixou a jovem no banheiro. Então, a jovem saiu do banheiro e contou o que tinha acontecido para sua amiga.

As duas contaram o que tinha acontecido para a segurança da boate, mas nesse momento o jogador já tinha ido embora. A vítima então foi imediatamente fazer exames em um hospital. Depois de dois dias ela denunciou o ocorrido na polícia.

Fonte: Terra, UOL

Imagens: Perola capixaba, Quem

Homem morre em lotérica e local continua funcionando com o corpo no chão

Artigo anterior

Cientistas usam fotossíntese para produzir etanol

Próximo artigo