Curiosidades

É possível morrer após levar um tapa muito forte?

0

Desde o dia 27 de março, a internet está comentando sobre a cerimônia da entrega do Oscar de 2022. No entanto, o motivo da pauta não são os filmes indicados, mas sim o tapa que o ator Will Smith deu na cara do comediante Chris Rock, depois de uma piada direcionada a Jada Pinkett Smith, esposa do ator.

Por causa desse episódio, Judd Apatow, escritor e diretor, chegou a tuitar que “o tapa poderia ter matado Chris Rock”. Mesmo que tenha deletado a fala depois de uma repercussão cômica, com pessoas fazendo piadas em cima da declaração, o artista não estava errado. 

Existem muitos registros de pessoas que faleceram após receber agressões de mão aberta em seus rostos, mas em condições muito diferentes. Inclusive, alguns estudos discutem a questão da força do tapa e até mesmo sua capacidade de cozinhar produtos.

Os tapas mortais

Foto: Ilustração (Depositphotos)

Apesar de muitas pessoas considerarem quase impossível, existe uma considerável seleção de indivíduos que não resistiram a tapas e acabaram morrendo por causa da aparentemente inofensiva agressão.

No ano de 2017, um homem faleceu no estado americano da Geórgia depois de ser atingido por uma mão aberta e ter artérias da face rompidas, o que provocou uma hemorragia cerebral. Três anos antes, em 2014, um canadense foi preso por estapear a filha de 13 anos com tanta força que ela acabou morrendo. No mesmo ano, um jovem nova-iorquino deu um tapa fatal em um turista italiano, já em 2015, um estudo médico informou que a morte de uma pessoa de 70 anos teve como causa principal um estapeamento na bochecha.

As situações citadas acima estão entre as mais normais que você pode encontrar nos jornais. A polícia britânica deteve, em 2016, diversos suspeitos depois da morte de uma mulher em um evento de medicina alternativa onde a “cura” de toxinas era feita por meio de tapas. No ano de 2019, essa mesma terapia matou uma pessoa na Austrália e levou o suposto curandeiro à prisão. 

Existem casos em que o tapa não é causa primária, mas secundária, como um ciclista que, em 2020, levou um tapa de um passageiro de van e acabou caindo e morrendo. O agressor também faleceu ao cair da janela do veículo durante a ação.

A versão da Ciência 

Foto: Reprodução

Há cerca de um ano, uma simulação computadorizada respondeu se era possível cozinhar um frango com um tapa. Se for considerado a física pura e simples, a resposta é sim. Porém, o problema é que a mão precisaria ser movida à velocidade de 5.994,8 km/h (quase 6 mil quilômetros por hora) para ter energia o suficiente ao cozimento do frango. 

Considerando o tamanho e resistência oferecidos por uma cabeça humana, é possível compará-la a um frango. Por isso, pode ser afirmado que, nessas condições físicas, a morte de Chris Rock causada pela mão de Will Smith seria algo inevitável.

Abaixo, você pode assistir como o evento ocorreria com o frango como vítima. Vale destacar que, em um velocidade dessas, o frango cozinharia, mas também seria esmagado em partículas muito pequenas, em uma explosão que destruiria o alimento, assim como a mão que aplicou o tapa.

Lembrando que, apesar do tom descontraído da matéria, o comediante Chris Rock não teve uma ameaça severa à sua vida por causa do estapeamento. Além disso, Will Smith já se desculpou pelo ocorrido no Oscar, por meio do Instagram, afirmando que: “Violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. O meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável”.

Para Rock, Smith escreveu: “Gostaria de lhe pedir desculpa publicamente, Chris. Estava fora dos limites e estava errado. Estou envergonhado e as minhas ações não foram indicativas do homem que eu quero ser. Não há lugar para a violência num mundo de amor e bondade”.

Fonte: Canaltech

Quais elementos da tabela periódica são mais comuns no corpo humano?

Previous article

Foto de 83 milhões de pixels do sol foi tirada por sonda

Next article

Comments

Comments are closed.