Curiosidades

É possível treinar para ser uma pessoa da manhã?

0

Existem pessoas que acordam de manhã com bom humor e vontade de fazer com que o dia seja produtivo. E aquelas que não se encaixam nesse perfil são taxadas de preguiçosas ou sem objetivos para se alcançar. Afinal, aprendemos, desde cedo, que “Deus ajuda quem cedo madruga”.

É certo que o mundo, basicamente, funciona durante o dia. Embora a vida diurna seja o padrão a ser seguido existem as pessoas que têm dificuldade em segui-lo. E será que tem como uma pessoa treinar para ser uma “pessoa da manhã”?

Segundo Michelle Drerup, diretora de medicina comportamental do sono da Cleveland Clinic, isso é sim possível, mas não é uma coisa fácil. “Uma verdadeira pessoa notívaga realmente não se sente bem ao acordar, especialmente quando está começando a mudar isso”, disse.

Tendência

A tendência de uma pessoa a ser uma pessoa da noite é conhecida como seu cronótipo. E dependendo desse cronótipo, as pessoas tendem a ficar mais acordadas e alertas em determinadas horas do dia e mais sonolentas em outras.

Os cientistas descobriram que os cronótipos são determinados por uma combinação de natureza e criação. Com relação à natureza estão vários genes conhecidos por  terem papéis em determinar se alguém prefere ficar acordado tarde da noite ou logo de manhã cedo.

Segundo um estudo de 2019, centenas de genes estão relacionados a ser uma pessoa matutina. Esses genes influenciam o ritmo circadiano de uma pessoa, ou então seu ciclo natural de sono-vigília, e isso leva à seu cronótipo.

Além disso, o ambiente também tem um papel grande nessa determinação. De acordo com Drepup, as pessoas que tendem a praticar atividades diárias que reforçam o seu cronótipo. Por exemplo, as pessoas noturnas se sentem mais produtivos e alertas à noite. Logo, eles tendem a se exercitar e socializar à noite. As atividades são estimulantes e reforçam a tendência da pessoa ficar acordada até tarde.

Mudanças

Pelo fato do ambiente ser um fator determinante se a pessoa é da noite ou da manhã, é possível mudar seu ciclo de sono-vigília. Se uma pessoa quer acordar mais cedo, o recomendável é ir mudando de forma gradual. Drerup recomenda mudar de forma lenta o despertador, entre 15 e 20 minutos mais cedo, ao longo de várias semanas até que a pessoa se ajuste ao seu horário ideal. O segredo do sucesso é a consistência.

“É aqui que, muitas vezes, os noctívagos terão dificuldades. Eles vão começar a se ajustar com o passar da semana de trabalho, e depois ficar acordados até tarde e dormir até tarde nos fins de semana. Isso perde aquele ímpeto que começaram a se desenvolver no final da semana”, ressaltou.

A diretora de medicina comportamental do sono também recomenda que as pessoas limitem a exposição à luz na hora antes de dormir. Isso porque, a luz bloqueia a produção de melatonina pelo corpo, que é um hormônio que regula o ritmo circadiano. Em contrapartida, é importante que a pessoa se exponha à luz assim que acordar, para que a produção de melatonina seja interrompida.

Acordar cedo

Outra coisa a se fazer para tentar virar uma pessoa da manhã é evitar atividades estimulantes tarde da noite. Ao invés disso, tente se exercitar de manhã ou à tarde. Os horários da refeição para o começo do dia também tem que mudar.

Ser notívago pode funcionar para algumas pessoas e não tem porquê mudar isso. No entanto, ficar acordado até tarde é um problema quando a pessoa precisa acordar no outro dia cedo. Isso pode levar a uma privação de sono, o que prejudica muito a saúde e aumenta o risco de hipertensão e diabetes tipo 2.

Cientistas explicam motivo de existirem tarântulas no mundo inteiro

Matéria anterior

Japão confirma primeiro caso de COVID associado à revezamento da tocha olímpica

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos