Ciência e Tecnologia

Empresa austríaca cria sapatos inteligentes para deficientes visuais

0

A empresa austríaca Tec-Innovation acaba de lançar no mercado uma de suas últimas criações: sapatos inteligentes que usam sensores ultrassônicos para ajudar pessoas que sofrem de cegueira ou qualquer tipo de deficiência visual. O produto inovador detecta obstáculos até quatro metros de distância, impedindo que pessoas com deficiência visual estejam sujeitas a certos riscos.

Os sapatos inteligentes

De acordo com uma recente reportagem publicada pelo portal de notícias Odditycentral, os sapatos inteligentes, batizados como InnoMake, têm como principal objetivo se tornar uma alternativa moderna à bengala, objeto que tem sido utilizado há décadas por milhões de pessoas em todo o mundo que dependem de uma ajudinha extra para se locomover com a maior segurança possível.

Como dissemos no início da matéria, o modelo dos sapatos inteligentes que atualmente encontra-se disponível no mercado conta com sensores ultrassônicos que ajudam os usuários a detectar obstáculos. A presença de qualquer obstáculo é informada ao usuário por meio de vibração e/ou um alerta sonoro. Ambos são sinalizados por um smartphone com conexão Bluetooth.

A ideia, mesmo que seja interessante à primeira vista, é apenas um ponto de partida para a fabricação de produtos similares como este. Segundo as informações que foram disponibilizadas na reportagem publicada pelo portal Odditycentral, a empresa austríaca já está trabalhando em uma versão muito mais avançada, que incorpora câmeras e inteligência artificial. A futura tecnologia a ser utilizada ajudará a detectar não apenas obstáculos, mas também sua natureza.

Os sapatos inteligentes criados pela Tec-Innovation foram desenvolvidos em parceria com a Graz University of Technology, da Áustria. A instituição de ensino auxiliou a empresa austríaca a criar algoritmos de aprendizado de última geração. Os algoritmos foram modelados com base em redes neurais e, por isso, são altamente capazes de analisar as informações fornecidas pelos sensores e câmeras incorporadas ao tênis InnoMake.

A atual tecnologia presente nos sapatos inteligentes não só avisam os usuários sobre a presença de obstáculos como também determina se uma área está livre e segura para caminhar.

“Os sapatos inteligentes avisam se o usuário precisa contornar um obstáculo e dita a natureza do objeto que está em meio ao caminho, afinal, os deficientes visuais precisam ter conhecimento dos objetos que se encontram em determinada área. Faz uma grande diferença entender se o que está adiante é uma parede, um carro ou uma escada”, disse Markus Raffer, um dos fundadores da Tec-Innovation, à TechXplore

“Os sensores ultrassônicos que se encontram nas pontas dos sapatos inteligentes detectam obstáculos que estão a até quatro metros de distância. O usuário recebe tal informação por meio da vibração e/ou sinais acústicos de aparelhos celulares”, acrescentou Raffer.

Mercado

A atual versão do InnoMake pode ser adquirida no site da Tec-Innovation. Cada par custa € 3.200 (US$ 3.850). Mesmo que novas versões estejam sendo testadas no momento, os atuais sapatos inteligentes são um impressionante fruto da tecnologia.

“Você pode fazer ajustes em tempo real. O sistema pode identificar objetos que estão a até 4 metros, mas você pode definir essa distância para, por exemplo, três metros. Quem dita a regra é o usuário”, diz o site da Tec-Innovation. “Você pode ativar também o modo inteligente, que pausa automaticamente o sistema. Além disso, nossa tecnologia também é capaz de escanear a área. Assim, o usuário obtém informações imprescindíveis antes de caminhar pelo local que deseja”.

“O sistema se encaixa perfeitamente na parte frontal do calçado e é à prova d’água e à prova de poeira. É alimentado por uma bateria resistente, que, dependendo do uso, pode durar até uma semana. A bateria é carregada em apenas três horas, com o auxílio de um cabo USB”.

O próximo passo da Tec-Innovation é utilizar os dados coletados por seu sistema para criar uma espécie de mapa de navegação street view para deficientes visuais.

Autoridades encontram mulher desaparecida vivendo em barraca

Matéria anterior

Sepultamento humano mais antigo é descoberto em uma caverna africana

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.