Entenda porque Van Gogh é mais genial do que você pensa

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      21/04/15 às 17h24

Vicent Van Gogh é considerado um dos maiores pintores que o mundo já teve. Um verdeiro gênio à frente do seu tempo, pesquisas apontam que em vida ele não conseguiu vender um único quadro.

Mas depois da sua morte, a sua genialidade como pintor foi reconhecida e as suas obras foram difundidas mundialmente. No entanto, recentemente se descobriu que o pintor pode ser ainda mais incrível do que todo mundo imaginava.

Uma das obras mais conhecidas, e também uma das mais enigmáticas, de Van Gogh é a Noite Estralada. Mas parte desse enigma parece ter sido enfim desvendado.

noite estrelada

 

O quadro foi pintado enquanto o artista estava internado em um hospital psiquiátrico, onde permaneceu por um ano depois que sofreu um surto e cortou parte da própria orelha.

O quadro é marco por pinceladas circulares, que representam a luz. Esse efeito é real, acontece quando pontos de luz são observados a partir de reflexos na água, por exemplo. Esse efeito é conhecido como luminância.

Depois de 60 anos de Van Gogh ter pintado a noite estrelado, um físico chamado Andrey Kolmogorov criou uma teoria sobre o "fluxo turbulento", que é como a energia se comporta, gerando uma cascata.

Ou seja, grandes turbilhões de energia, a transferem para turbilhões menores, gerando o efeito circular que o pintor retratou em sua obra. Além de um gênio da arte, Van Gogh também antecipou conhecimentos sobre a física.

Para entender melhor assista ao vídeo:

 

 

Bônus: Por que Van Gogh cortou a própria orelha?

orelha

A teoria de que Van Gogh teve um surto psicótico e cortou a própria orelha até pouco tempo era indiscutível. No entanto, uma publicação alemã recente a respeito da vida do artista aponto o contrário.

A pesquisa divulgada, que foi feita pelos historiadores Hans Kaufmann e Rita Widegans, defende a possibilidade de que o pintor possa ter inventado toda essa história para proteger o amigo Gaunguin, que era um ótimo lutador de esgrima.

De acordo com a teoria dos dois pesquisadores, em um surto de raiva, o homem teria atingido a orelha do pintor. A verdade sobre os acontecidos nunca teria vindo  à tona devido a um acordo os dois amigos.

Gaunguin possivelmente não queria ser acusado de um atentado e Van Gogh estaria apaixonado pelo amigo e, por isso, preferiu sofrer as consequências de ser considerado psiquicamente instável para mantê-lo por perto.

"Nós reexaminamos com cuidado os depoimentos das testemunhas e as cartas escritas pelos dois artistas e nós chegamos à conclusão de que Van Gogh estava terrivelmente triste com o plano de Gaunguin de voltar a Paris, depois dos dois terem passado uma estadia infeliz juntos na Casa Amarela", declarou Kaufmann a ABC News.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+