Curiosidades

Envelhecer tem um papel crítico na evolução das espécies

0

A vida é feita de ciclos, disso todos nós sabemos. O básico, que todos seguimos, é o seguinte: nascemos, crescemos e morremos. No entanto, é sabido também que a vida é muito mais do que isso. Nesse meio tempo, realizamos várias conquistas e realizamos uma infinidade de coisas. Só que  envelhecer é algo normal e inevitável. Com o tempo, nosso corpo vai decaindo, é natural da vida de qualquer ser vivo.

Ao que tudo indica, esse processo é mais do que uma coisa natural do tempo. De acordo com um estudo publicado na BMC Biology, envelhecer tem um papel crítico na evolução das espécies. Conforme pontuaram os pesquisadores do HUN-REN Centre for Ecological Research, em um ambiente de mudança, esse processo de envelhecimento e a morte podem ser coisas vantajosas para os indivíduos. Isso porque, assim, a competição diminui.

Importância

Canaltech

“O envelhecimento pode ter uma função evolutiva se houver seleção para a senescência. Nosso objetivo era descobrir essa seleção”, disseram os pesquisadores. Essa senescência nada mais é do que a deterioração relacionada com o corpo. Nesse ponto, o sugerido pelo estudo é que, em algumas situações, ela pode trazer benefícios para uma espécie.

Por conta disso é que os pesquisadores pensam que envelhecer naturalmente e morrer deixam espaço para uma nova geração que pode ter uma combinação de genes melhor. Além disso, eles também sugerem que os que ajudam os familiares na criação de uma nova geração têm os seus genes de envelhecimento prolongado transmitidos por eles com uma frequência maior.

Os pesquisadores emitiram um comunicado em que pontuaram que a velhice virou um enigma que a ciência tem que decifrar. “Tornou-se aceito na comunidade da biologia evolutiva que as teorias clássicas não adaptativas do envelhecimento não podem explicar todos os padrões de envelhecimento da natureza, o que significa que a explicação do envelhecimento tornou-se mais uma vez uma questão em aberto”, escreveram eles.

Envelhecer

Canaltech

Nós somos ensinados sobre esse ciclo da vida desde pequenos na escola e conforme nós vamos crescendo vamos presenciando esse ciclo acontecer e vendo as pessoas ao nosso redor envelhecendo. Mas quando será que nós começamos a envelhecer?

É claro que o momento inicial rumo ao envelhecimento é o exato momento em que nascemos. Entretanto, estudos indicam que é a partir da terceira década de vida que o processo do envelhecimento começa a se acentuar.

Isso acontece graças a um fenômeno que é totalmente natural chamado de imunossenescência. Envelhecer é uma coisa inevitável e todos nós passaremos por isso. Mas a questão não é quando, e sim como iremos envelhecer.

Tendo esse pensamento na cabeça, as pessoas podem mudar seus hábitos e procurar manter a saúde física, mental e emocional. E essas mudanças devem começar antes dos 60 anos.

Um fato que poucos sabem é que 70% do processo de envelhecimento depende de nós e dos nossos comportamentos, incluindo um acompanhamento médico. E apenas 30% é atribuído à genética.

A maior parte das pessoas, se não todos, conhecem a “receita” para uma longevidade saudável. Fazer boas escolhas alimentares, praticar exercícios, controlar o estresse e outras coisas.

E uma coisa que não se fala muito é que as pessoas precisam ter um propósito. É preciso ter objetivos, princípios e ideias que façam com que as pessoas se movam. Isso é um ponto essencial para abraçar a velhice como parte da vida e fazer com que ela seja uma parte gostosa da vida.

Envelhecer é uma coisa que deve ser celebrada como uma verdadeira conquista. Antes da década de 1990, a expectativa de vida era de cerca de 65 anos. Agora, de acordo com o IBGE, essa idade aumentou para 75 anos.

O mundo está ficando cheio de idosos, que envelheceram de formas bem diferentes. Isso já é um desafio grande. E estamos entrando no que a Organização das Nações de Saúde classificou como a “década do envelhecimento saudável”. Esse período vai de 2020 a 2030.

No dia primeiro de outubro, é celebrado o Dia internacional do idoso. Essa data foi instituída pela ONU, para que as pessoas reflitam a respeito das estratégias que podem, e devem, ser adotadas pela população em geral e pelos governos para facilitar a vida da população idosa.

Alguns desafios ainda precisam ser superados e conseguidos, como por exemplo, acesso a uma saúde de qualidade e espaços urbanos comuns, que sejam projetados para atender os idosos.

Fonte: Canaltech

Imagens: Canaltech

5G do Brasil é um dos mais rápidos do mundo, conforme estudo

Artigo anterior

Veja a semelhança do elenco da 6ª temporada de The Crown com as pessoas reais

Próximo artigo