Curiosidades

Esse canal do YouTube virou um ‘clube da saúde mental’

0

YouTube é uma das maiores plataformas de vídeo, hoje em dia. Por ser tão grande e por praticamente qualquer pessoa poder postar quase todo tipo de conteúdo, é fácil imaginar que coisas não tão boas estejam misturadas com conteúdos de qualidade.

E entre os milhares canais de música da plataforma existe um que se diferencia de todos eles. O Imlonely, “estou sozinho” traduzido, começou como um diário musical, mas logo virou uma verdadeira comunidade que  promove a saúde mental e dá apoio a milhares de jovens que passam por momentos difíceis.

O criador do canal é Hunter, um jovem britânico de 23 anos, que sofre de ansiedade. Ele começou a remixar músicas famosas e divulgá-las em seu canal de acordo com o humor que ele estava no momento.

“No começo, o canal era uma espécie de quadro que retratava meu humor. Meu gosto musical se orienta mais pela forma como estou me sentindo do que por um gênero ou estilo”, disse.

Canal

Mas o que começou como um hobby para o jovem logo se tornou algo bem grande. Os remixes feitos por ele começaram a ter milhões de visualizações e centenas de milhares de pessoas se inscreveram no canal. A maioria dos inscritos tem entre 13 e 24 anos.

Com o passar do tempo, os seguidores começaram a comentar a respeito de como eles se identificavam com as músicas e como eles se sentiam. Com isso, passaram a dar apoio psicológico uns aos outros.

E quase que por acidente Hunter criou um espaço onde as pessoas se sentem seguras em se abrir e  compartilhar seus sentimentos e falar sobres saúde mental. O mais legal de tudo é que a maioria das mensagens são cheias de positividade e coisas como “vai melhorar”, “você é maravilhoso” e “continue assim”.

Logo de cara é possível encontrar nos comentários pessoas dividindo suas angústias. “Sou só eu que me sinto feliz durante o dia mas, quando chega a noite, todas as emoções extravasam? Tenho chorado todas as noites e não sei o porquê”, dizia um comentário.

Um outro escrevia: “Fiquei acordado a noite inteira me martirizando por coisas sobre as quais não tenho controle, mas isso me ajudou a acalmar e manter o foco”.

Ajuda

O criador do canal acredita que, pelo fato dos inscritos do canal serem, em sua maioria, jovens, isso ajudou as pessoas a se aproximarem.

“Muita gente não tem com quem conversar em casa ou na escola. Eles desabafam sobre os problemas que estão enfrentando com os amigos ou com a família. Pessoalmente, se eu tivesse algo parecido quando era mais jovem, sinto que não teria todos os problemas que tive com a ansiedade e com o fato de não falar sobre essas questões”, disse.

O pesquisador John Naslund, da Faculdade de Medicina na Universidade Harvard, tem pesquisado a respeito do apoio mútuo nas redes sociais e estudado grupos parecidos com o canal Imlonely.

“Um dos primeiros estudos que conduzi analisava os comentários postados nesse tipo de vídeo do YouTube, quebrando um pouco essa ideia equivocada de que a rede social é um ambiente completamente negativo. Há uma energia muito positiva nesses grupos”, disse ele.

De acordo com o especialista, a interações como essas podem ajudar a desestigmatizar a questão de saúde mental. E que para muitos, “entrar na internet e descobrir histórias de pessoas que passaram por experiências semelhantes pode ser inspirador e ajudar a validar os sentimentos”.

O que esses 10 famosos comem no café da manhã

Matéria anterior

Por que o deserto do Saara fica tão frio à noite?

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.