Entretenimento

Foi assim que um erro de digitação arruinou a vida desse homem

0

Existe milhares de casos de injustiça cometida por aí, pessoas que ficaram presas por não cometerem crimes ou simplesmente por serem suspeitas, e nós vamos contar um desses impressionantes casos nessa matéria. O caso é sobre a prisão de Nigel Lang, que foi preso por suspeita de compartilhar fotos obscenas de crianças, mas o mais curioso dessa história é que tudo não passou de um mal entendido, que fez um grande estrago na vida de Nigel.

Nigel foi preso, e ficou se perguntando: “Como ficará a minha família, eles serão um alvo? Será que a casa da minha mãe se tornará um alvo? Será que eles serão insultados ou atacados na rua?”. Na época, ele tinha 44 anos de idade e trabalhava em uma causa muito nobre, ajudando jovens a se recuperar da dependência de drogas. O dia que os policiais invadiram a sua casa mudou drasticamente a vida de Nigel, até porque, não é todo dia que uma pessoa é suspeita de compartilhar imagens obscenas de crianças. Sendo julgado pelo público, Nigel teve sua reputação arruinada, e hoje está desempregado e sofrendo de transtorno de estresse pós-traumático, e por incrível que pareça, foi tudo por causa de um erro de digitação.

101 2 600x335, Fatos Desconhecidos

Em maio de 2011, os policiais de South Yorkshire foram informados pela polícia de Hertfordshire que o endereço de IP de um computador da cidade tinha compartilhado,em abril, cerca de cem fotos obscenas de crianças. O tal IP correspondia à conta da mulher de Nigel, porém, foi aí que os policias cometerem o erro, pois o IP estava errado e tinha um algarismo a mais.

4 125, Fatos Desconhecidos

O primeiro site a entrevistá-lo foi o Buzzfeed, onde Nigel relatou que ficou quatro horas preso e as semanas seguintes na casa da sua mãe foram as piores de sua vida. Depois de 3 semanas sem encontrar provas, os policiais devolveram o computador de Nigel e o declararam inocente. Porém, as coisas não são tão simples assim, pois além de  ser julgados pelas pessoas, Nigel ainda teve seu psicológico abalado.

Pelo fato dele ter contato com adolescentes, Nigel afirma que não conseguiu voltar a trabalhar. “Foi o melhor trabalho que tive na vida, e achava que era muito bom naquilo. Mas fiquei com medo de trabalhar com mulheres jovens e de que elas dissessem que eu teria cometido algum abuso sexual. Fiquei paranoico”, conta Nigel.

11 meses depois da sua prisão e ainda sem saber porque sua casa tinha sido vasculgada (mesmo sabedo do que se tratava a acusação), Nigel resolveu a ir atrás de respostas e fez uma queixa contra a polícia, acusando-a de racismo e sexismo. Ele afirmou que foi alvo injustamente, já que o IP era da sua mulher, que é branca, e nem chegou a ser investigada. O queixa não foi aceita, mas foi nesse tempo que Nigel descobriu o envolvimento da polícia de Hertfordshire.

3 173 600x398, Fatos Desconhecidos

Foi então que Nigel exigiu que fosse checado se sua prisão estava ligada ao fornecimento de alguma informação incorreta pela polícia de Hertfordshire, mas por causa do “tempo passado”, isso não seria possível. Nigel entrou em contato com o seu advogado, que conseguiu contatar a polícia de Hertfordshire e descobriu a verdade.

Nigel disse que Eu teve que pagar um advogado para descobrir o erro, mas a polícia já poderia ter resolvido o caso., e declarou seguinte: “Estou gritando pela minha inocência e eles me dizem que não podem fazer nada. Mas quando consigo um advogado, ele pode. Isto mostra que eles não ligam para a minha vida. Eles não ligam para pessoas comuns.”

A polícia de Hertfordshire mandou um pedido de desculpas para Nigel em 2014, dizendo que aceitava a responsabilidade do erro. Nigel logo entrou com uma ação pedindo indenização por violação do Ato de Proteção de Informações de 1998, prisão indevida, abuso e transgressão policial.

Mais de 5 anos depois, em outubro de 2016, foi feito um acordo com a polícia de Hertfordshire, que garantiu 60 mil libras (R$ 236 mil), além de custos legais. “Não é o suficiente. Mas depois de alguns anos de luta, você fica cansado. Eu ainda não recebi nem dois anos de salários. Desde então, eu não trabalhei” diz Nigel.

1 336 600x337, Fatos Desconhecidos

A polícia de Hertfordshire fez um comunicado a BBC, afirmando o seguinte: “Foi um erro administrativo que levou à ocorrência, e lições foram aprendidas para ajudar a prevenir que isto aconteça novamente. Esse homem era completamente inocente, e uma compensação foi corretamente estabelecida.”

Porém, caros amigos, existem alguns danos que não são reparados com quantidade alguma de dinheiro, concordam? Não esqueçam de deixar o seu comentário!

5 personagens criados por Stan Lee que não são da Marvel

Matéria anterior

7 brasileiros mais ricos de 2017

Próxima matéria

Você também pode gostar

Comentários

Comentários não são permitidos