CuriosidadesMundo Animal

Foto surpreendente mostra peixe preso em água-viva translúcida

0

cadeia alimentar é aquela sequência unidirecional, de matéria e energia, que é trocada entre os seres vivos pela alimentação. O que faz com que cada organismo dependa do outro para sobreviver nos mais diversos ecossistemas. É da cadeia alimentar que os seres vivos tiram sua energia e nutrientes e ela vai se diluindo a cada transferência.

Praticamente todos nós sabemos que ela existe, mas quase nunca vemos ela “em ação”. No entanto, essa água-viva morta que apareceu recentemente em uma praia no Reino Unido mostrou para todos a cadeia alimentar acontecendo. Ela tinha dentro a sua última refeição: um peixe inteiro. Era possível ver o peixe porque a água-viva era translúcida.

A água-viva de bússola, Chrysaora hysoscella, se chamada assim por conta das suas marcas marrons no formato de V que se parecem com as linhas de uma bússola. E o peixe que ela tinha comido ainda não foi identificado.

Foto

Aguaviva1, Fatos Desconhecidos

Quem viu essa água-viva foi o fotógrafo loca Ian Watkin. Ele viu essa bolha bizarra enquanto fazia sua caminhada matinal com seu cachorro perto de Padstow, na Cornualha. Watkin avistou essa água-viva no dia quaro de agosto.

“Não é algo que você vê todo dia”, disse ele.

Normalmente, os peixes jovens procuram abrigo dentro dos tentáculos das águas-vivas. Contudo, nesse caso, o protetor desse peixe acabou se tornando seu predador.

Os especialistas acreditam que ele foi picado até a morte pela água-viva. Então, estômago rudimentar do ser vivo digeriria o peixe lentamente. Isso se a água-viva não tivesse sido levada até a costa e morrido.

“Frequentemente, as águas-vivas são usadas como viveiros por peixes juvenis enquanto se escondem entre seus tentáculos para proteção contra predadores. Infelizmente, este parece ter sido picado e se tornou o almoço da bússola”, disse o  Cornwall Wildlife Trust.

Água-viva

Aguaviva2 750x405, Fatos Desconhecidos

Essas águas-vivas bússola crescem até aproximadamente 30 centímetros de diâmetro. E geralmente se vê nas águas do Reino Unido entre maio e outubro. Elas se alimentam de pequenos peixes e caranguejos e também de outras águas-vivas. A picada dessa água-viva pode ser muito dolorosa, mas não é letal para os humanos.

A foto impressionante que Watkin conseguiu tirar foi um acaso. Se tirou a foto durante a Semana Marinha Nacional. Ela é uma iniciativa do Wildlife Trusts, que é um grupo de conservação do Reino Unido, para destacar a vida marinha única que existe em volta da costa britânica.

Fatia de bolo do casamento de Lady Di é vendida por 13 mil reais

Matéria anterior

Experiência mostra como seu gato quer suas refeições provavelmente sejam servidas

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos