Curiosidades

Grelina: 4 formas de controlar o hormônio da fome e emagrecer

0

Convenhamos que perder peso não é tão fácil. O processo de emagrecimento é longo e requer muita paciência e persistência. Seguir dieta e praticar exercícios físicos é muito importante para eliminar as gordurinhas indesejáveis. Entretanto, se você é uma pessoa que tem preguiça, emagrecer pode ficar mais difícil.

Além disso, emagrecer também está relacionado a um hormônio: a grelina. Ela está relacionada com a fome e é produzida no estômago e pelo intestino, em quantidades pequenas. Ela também é responsável por estimular o apetite, quando a pessoa está com a barriga vazia, alertando que o corpo precisa de energia e está no momento de comer.

De acordo com Pedro Leão, médico pós-graduado em endocrinologia, esse hormônio faz com que o metabolismo fique mais lento e consequentemente um maior armazenamento de gordura é promovido.

“Os níveis de grelina devem diminuir após as refeições para aumentar os níveis de leptina, substância que traz saciedade. Pessoas com obesidade tendem a ter níveis mais altos de grelina. Então, o primeiro passo para controlá-la é manter o peso dentro do ideal, já que a magreza excessiva é tão ruim quanto o sobrepeso. Afinal, o hormônio também aumenta em quantidade para proteger contra a desnutrição”, explicou ele.

Por ser um hormônio bastante importante, a quantidade dele no organismo deve ser controlada. Para isso, Leão deu algumas dicas de como controlar os níveis de grelina.

Controlando o hormônio

Fancis Vinícius

1 – Priorizar a qualidade do sono

Uma noite bem dormida consegue regular bem vários hormônios, como por exemplo, o cortisol, que é relacionado com o estresse, e a grelina. “Dormir mal pode diminuir os níveis de leptina e aumentar os de grelina. Portanto, é essencial fazer a higiene do sono, criando um ambiente propício para um sono saudável”, sugeriu Leão.

2 – Aumentar a massa muscular

Pode parecer óbvio que as pessoas que querem emagrecer devem aumentar sua massa muscular. Mas o que muitos não sabem é que uma quantidade maior de massa muscular está relacionada com níveis de grelina mais baixos. Por isso que fazendo treinos de força, a quantidade de massa muscular irá aumentar e esse hormônio que estimula a fome irá diminuir.

3 – Incluir fibras

Todos sabem que somos o que comemos, e com relação aos hormônios não é diferente. As fibras ajudam na sensação de saciedade, o que por sua vez auxilia na regulação da leptina e deixa o apetite sob controle. Isso consequentemente ajudará a pessoa a emagrecer.

4 – Modulação de grelina e remédios

Segundo Flávia Ribeiro, farmacêutica e CEO da Quality, existem moduladores de grelina que conseguem ajudar no processo de emagrecer. “São medicamentos consumidos minutos antes da refeição que alimentam as bactérias do estômago e promovem a saciedade, mas é algo a ser usado apenas com indicação médica”, disse ela.

Emagrecer

CPAPS

Além de controlar os níveis da grelina no corpo, existem outras coisas que as pessoas podem fazer para ajudar no processo do emagrecimento. E uma notícia boa para quem não é fã de exercícios é que dormir emagrece.

Uma boa noite de sono é uma das formas mais fáceis de perder peso. De acordo com um estudo feito pelo instituto Annals of Internal Medicine, os participantes que tiveram 8,5 horas de sono por noite perderam duas vezes mais gordura do que os que dormiram 5,5 horas. A perda foi maior, mesmo todos os participantes cortando o mesmo número de calorias.

Justamente por isso que a forma com que a pessoa se apronta para dormir tem uma grande influência e pode ser decisiva no emagrecimento.

Por exemplo, beber um copo de leite, uma xícara de iogurte grego ou até mesmo fazer um smoothie de proteína antes de dormir pode ser muito benéfico para além de matar a fome. Eles podem ajudar você a constituir músculos enquanto dorme. Até porque, a lactose é uma fonte de caseína, que é uma forma de proteína de absorção lenta que deixa os músculos cheios de aminoácidos. Desse jeito, eles podem constituir massa magra durante toda a noite.

Além disso, é bom tirar 30 minutos de descanso antes de ir para a cama. Mesmo que com esse descanso a pessoa vá dormir mais tarde, ele é importante. O recomendável é que se faça alguma atividade relaxante e que a pessoa goste, como por exemplo, uma leitura. Isso irá ajudar a proteger o sono e a energia.

Outro hábito que pode ajudar no processo de emagrecer é não beber à noite. Beber à noite pode ajudar a adormecer, mas não a dormir melhor. Quando a pessoa bebe álcool perto da hora de dormir, ele pode interferir na qualidade do sono na segunda metade da noite. Isso porque metabolizar o açúcar das bebidas alcoólicas não deixa o corpo realmente descansar. E isso resulta em estágios mais longos de sono leve e sonhos fragmentados.

Fonte: Metrópoles,

Imagens: Francis Vinícius, CPAPS

Florianópolis é a cidade mais competitiva do Brasil, mostra ranking

Previous article

Faustão pode realizar transplante por R$ 8 milhões e deixar fila do SUS

Next article

Comments

Comments are closed.