Notícias

Homem para em estrada para resgatar gatinho e sofre emboscada de felinos

0

Um homem estava dirigindo na estrada quando viu um gatinho abandonado. Então, ao parar para resgatar o felino, ele acabou com mais de uma dezena de animais em seu carro.

Esse caso aconteceu com Robert Brantly, em Louisiana, nos Estados Unidos. Ele compartilhou a história em seu Instagram, com um vídeo mostrando o resgate do gatinho em uma estrada.

Sendo assim, nas imagens, o gatinho se aproxima dele rapidamente e, enquanto o homem filma o animal em sua mão, algo inesperado acontece. Isso porque Brantley percebe que vários outros gatos observa tudo do meio de um matagal. Poucos segundos depois, vemos vários gatinhos se aproximando do homem.

“Meu Deus. Eu não posso pegar todos vocês. Meu Deus”, diz o homem, surpreendido com a emboscada de gatos. Assim, em seu perfil, Robert Brantley conta que estava saindo para um intervalo de seu trabalho quando “passou por um gatinho que eu sabia que não sobreviveria à noite, e minha esposa estava querendo um gatinho para a fazenda”.

“Imaginei que ia parar e resgatar o gato. Voltei para fazer uma pequena gravação e sofri uma emboscada pelo resto da máfia”, brincou Brantley. Depois, ele atualiza o perfil agradecendo a todos que ofereceram ajuda e revela que resgatou todos os gatinhos. Dessa forma, Brantley levou para casa 13 filhotes e seus filhos adoraram a novidade.

Gato com patas amputadas encontra lar amoroso

Outro gato que teve a sorte de encontrar humanos gentis para o resgatar foi Rexie Roo. Dessa forma, Danielle Barnhart, sua tutora, levou o gatinho para casa e o deixou no banheiro até que ele se acostumasse com a casa. No início, ele estava satisfeito com o espaço pequeno. No entanto, uma noite, Danielle ouviu o gato miando.

Quando ela abriu a porta, Rexie Roo caminhou para fora do banheiro, indo em direção ao quarto, cena que ela assistiu em choque. Isso porque Rexie Roo tem apenas duas patas. “Ele nunca andou mais de um metro antes disso”, conta Danielle, que é coordenadora de lar temporário para animais em Salt Lake City, Utah, nos Estados Unidos.

Desde que ele chegou no abrigo para animais, em Utah, com ferimentos sérios, provavelmente por conta de um atropelamento, Rexie Roo surpreende a todos. Ele não estava em boas condições, com duas patas quebradas e abaixo do peso indicado. Além disso, ele estava doente.

Logo, a não ser que os funcionários do abrigo conseguissem colocar o gatinho em cuidados veterinários de forma urgente, ele teria que ser sacrificado. Porém, decidiram dar uma chance ao gato e pediram ajuda, que o Best Friend in Utah atendeu. Ao chegar no abrigo em Salt Lake City, um veterinário avaliou que suas patas da frentes foram quebradas em vários pontos e estavam infeccionados. Para salvar sua vida, era necessário amputá-las.

Final feliz

Arquivo pessoal

A cirurgia foi um sucesso e, depois de alguns dias de recuperação, Rexie Roo foi morar em um lar temporário com Megan McCloud. Sendo assim, ela conta que não foi fácil, visto que ele estava tomando vários medicamentos para lutar contra a infecção e para diminuir a dor.

Contudo, ele conseguiu melhorar lentamente, ganhando peso e se tornando mais forte. Então, ele foi para a casa de Danielle para a próxima parte da recuperação: andar.

“Ele não anda como um T-Rex, mas levanta o tronco do chão”, diz Danielle, que o ajudou a aprender a se locomover com a ajuda de guloseimas. “Felizmente, ele é muito motivado por comida”, diz ela. “Conseguimos fazê-lo começar a andar atraindo-o com guloseimas, colocando sua tigela de comida um pouco fora do alcance e dando a ele uma bola de distribuição de guloseimas que ele empurrou com o nariz.”

Não demorou muito para ele aprender a andar, mostrando o resultado de todos os cuidados e esforços.

Fonte: G1

O sorriso maroto desse peixe está assustando a internet!

Matéria anterior

Conheça as cidades perdidas da Amazônia

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos