História

John Amery, o britanico secretamente nazista que chocou a Europa

John Amery
0

John Amery, filho de Leo Amery, nasceu no dia 14 de março de 1912 e logo cedo foi considerado anormal. Estudante em Harrow, uma reportagem apontou que: “Em Harrow, ele se ressentiu da disciplina e zombou das convenções atuais. Ele roubava de lojas e de outros garotos, fugia à noite para visitar uma boate e angariar clientes de boate”.

Além disso, o diretor da escola, Cyril Norwood, argumentou: “De todos os meninos que conheci, John Amery era o mais anormal. Só porque John Amery era moralmente imbecil, não era possível fazer nada dele em Harrow”.

Depois que finalizou seus estudos, John Amery decidiu seguir uma carreira como homem de negócios. No entanto, ele declarou falência em 1936, aos 24 anos de idade. Ele já tinha acumulado 75 condenações.

Em outubro de 1936, Amery se mudou para a Espanha onde começou a trabalhar como traficante de armas para o General Francisco Franco durante a Guerra Civil Espanhola. Além disso, John Amery serviu como agente da inteligência italiana e conheceu o líder fascista francês Jacques Doriot.

Então, após a guerra, Amery e Doriot viajaram juntos para lugares como Austria, Tchecoslováquia, Itália e Alemanha antes de morarem na França. Em 1941, o britânico foi recrutado pelos nazistas e começou a produzir propagandas a favor de Hitler em Berlim.

No dia 19 de novembro, por exemplo, ele disse: “Os ouvintes vão se perguntar o que um inglês está fazendo na rádio alemã esta noite. Você pode imaginar que antes de dar esse passo eu esperava que alguém mais qualificado do que eu se apresentasse. Eu ousei acreditar que algum raio de bom senso, alguma apreciação de nossa inestimável civilização guiaria os conselhos do governo do Sr. Churchill. Infelizmente não foi assim!”

“Por dois anos vivendo em um país neutro, consegui enxergar através da névoa da propaganda para chegar a algo que minha consciência me diz ser a verdade. É por isso que me apresento esta noite sem qualquer rótulo político, sem qualquer preconceito, mas simplesmente como um inglês para dizer a vocês: um crime está sendo cometido contra a civilização.”

“Não apenas a herança inestimável de nossos pais, de nossos marinheiros, de nossos construtores de impérios está sendo jogada fora em uma guerra que não serve aos interesses britânicos – mas nosso líder da aliança Stalin sonha com nada além da destruição dessa herança de nossos pais?”

“Moralmente, isso é uma mancha em nossa honra, praticamente só pode levar mais cedo ou mais tarde ao desastre e ao comunismo na Grã-Bretanha, a uma desintegração de todos os valores que mais prezamos”.

Traidor da pátria

propaganda segunda guerra mundial john amery

Reprodução

Em abril de 1943, John Amery fundou a Legião de São Jorge e tentou persuadir prisioneiros ingleses a lutar pela Alemanha contra a União Soviética. Vale destacar que isso foi uma grande decepção para Leo Amery, que serviu como secretário de Estado na Índia durante a Segunda Guerra Mundial.

Nos últimos meses da guerra, John Amery continuou fazendo propagandas na Itália, a favor de Benito Mussolini. Então, Amery foi capturado em Milão em abril de 1945 por partidários italianos. Posteriormente, foi entregue às autoridades inglesas.

Distúrbios psiquiátricos

Seu pai, Leo Amery, um membro do governo britânico, encarregou o Dr. Edward Glover de escrever um relatório psiquiátrico sobre John Amery. Ele relatou que: “John Amery exibiu ao longo de sua vida todos os sintomas de psicopatia de um tipo que beira o caráter esquizoide (psicótico) e que em circunstâncias normais termina em delinquência compulsiva e conduta antissocial. Completamente característico do negativismo psiquiátrico grave, inaptidão, medo de ataque de tipo paranoico, comportamento antissocial, delinquência, falta de sentimento moral e de consciência, anormalidade sexual. E assim por diante. Nenhum elemento está faltando.”

Uma vez interrogado pela inteligência britânica por traição, no dia 28 de novembro de 1945, Amery foi considerado culpado. Segundo o The Times, “Amery, que tem 33 anos, foi descrito como um político. Ele tomou a frase com total compostura. Ele fez uma reverência ao Sr. Juiz Humphreys quando foi levado ao Tribunal, e também depois que a sentença foi proferida”.

“Enquanto os procedimentos duravam, ele parecia na maior parte do tempo ter um meio sorriso no rosto. Depois que a sentença foi proferida, ele foi embora com a cabeça baixa para as celas abaixo do cais. O fim repentino do caso foi dramático”. Mais tarde, foi alegado que Amery admitiu sua culpa para salvar sua família da dor de um longo julgamento. Assim, em 19 de dezembro do mesmo ano, John Amery foi enforcado.

Fonte: Spartacus-Educational

Quem não foi votar no 1° turno das eleições, pode votar no 2° turno?

Previous article

”Lá ele”, entenda a gíria que está dominando as redes sociais

Next article

Comments

Comments are closed.