• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Marido ou filhos? Estudos revelam quem estressa mais as mulheres

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      14/02/19 às 17h57

Desde o começo da histórias, as mulheres parecem ter uma carga maior para carregar. Solteiras, elas já têm as coisas que as estressam, quando casam então vem o peso de trabalho, maternidade, casamento, lar e mais um monte de coisas que recaem nas mulheres.

As mulheres casadas têm um nível maior de estresse se comparadas com as solteiras. E surpreendentemente, os maridos contribuem mais para o estresse de suas companheiras do que os próprios filhos. Segundo um estudo, 46% das mulheres dizem que seus filhos as causam menos estresse do que seus maridos. E elas não estão sofrendo abuso dos maridos de nenhuma forma.

Uma das coisas que pode contribuir com esse estresse feminino é o fato do marido agir como se fosse outra criança, por mais que já tenha passado dos 40. Isso se reflete de várias formas, tanto na atitude frívola com relação a algumas questões e também com a interação com os filhos. Uma reclamação de uma das entrevistadas foi a de que uma criança de sete anos agindo como tal, é algo compreensível, mas um adulto de 35 se comportando como uma criança é super estressante.

Obrigações

Na maioria dos casos, os pais se divertem e brincam com os seus filhos. Então eles são vistos como amigos, cúmplices de ideias divertidas e brincadeiras mais permissivas. Deixando as mães como as mais preocupadas com relação à escola, saúde e desenvolvimento da criança. É costumeiro que seja a mãe quem siga a rotina da criança, quem dê instruções aos filhos e os proíba de fazer algumas coisas. É deixado para elas o papel da "pessoa má". E isso pode afetar o relacionamento com a criança e até mesmo causar briga entre o próprio casal.

Para que conflitos assim sejam minimizados, quando um dos pais proibir alguma coisa, o outro deve apoiar essa decisão, fazendo com que as proibições e permissões sejam dadas em conjunto pelos pais à criança.

Além de compartilhar por igual as responsabilidades do filho. É nessa hora que o marido entra para ajudar a aliviar a carga de sua esposa. E as mães podem parar de se concentrar nos erros dos filhos e podem participar também da parte das brincadeiras.

Segundo um estudo, uma em cada cinco mulheres diz que não tem ajuda do cônjuge nas tarefas domésticas e isso é uma das causas do seu estresse. É normal que as mulheres passem mais tempo com tarefas domésticas do que seus maridos. E não só as tarefas domésticas dão apoio a estrutura da família. Também inclui pagar contas e fazer o planejamento do orçamento familiar. E se isso tudo cair sobre uma pessoa só, os níveis de estresse aumentarão.

O óbvio é que o marido também ajude nas tarefas domésticas para que elas possam ser igualmente distribuídas. Os cônjuges devem apreciar os esforços um do outro.

Tempo livre

E levando em consideração todas as tarefas que recaem sobre as mulheres, elas podem sentir falta de um tempo livre, ainda mais se elas também trabalham em tempo integral. Ter que prestar atenção em cada membro da família e ainda cuidar da casa leva ao estresse o tempo todo. E com todas as responsabilidades a seu cargo, quando algo dá errado, a mulher pode se sentir culpada e o estresse pode ser causado também pela culpa.

O marido deve ajudar e dividir com sua esposa todas as tarefas, afinal, existem dois adultos e não apenas ela para lidar com tudo. Quando as decisões são tomadas pelos dois, isso ajuda a unir mais o casal e resolve muitos problemas.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+