Curiosidades

NASA adia lançamento da missão histórica de volta à lua

0

As pessoas são fascinadas com o espaço e as coisas que há nele. A lua é um dos corpos celestes mais pesquisados. Esse nosso vizinho cósmico é o único corpo do sistema solar que os humanos já pisaram, e é bem conhecido. Mas parece que o que já se conhece a respeito dela é pouco. Isso porque a NASA tinha planos de uma missão para levar o homem de volta à lua.

No entanto, a contagem regressiva para a missão Artemis I, que deveria começar na manhã da segunda-feira dessa semana, foi interrompida, pelo menos por enquanto. O esperado agora é que o lançamento aconteça na sexta-feira da semana que vem. Mas no caso de novos problemas acontecerem, esse lançamento irá para o dia cinco de setembro.

O adiamento da missão aconteceu porque, no momento em que todos estavam aguardando o lançamento do “mais poderoso foguete” construído pela agência espacial, o Space Launch System – SLS, o relógio que mostrava os minutos até o lançamento da missão ficou parado aproximadamente por meia hora. A pausa aconteceu para uma avaliação de problemas técnicos.

Um pouco mais cedo, a NASA tinha informado, em uma rede social, que os engenheiros da agência estavam avaliando um problema com o hidrogênio líquido no motor de número 3 do megafoguete. E perto das 10h, horário de Brasília, a agência espacial confirmou que o lançamento da missão seria adiado.

Adiamento

“A gente não lança nada ao espaço se não estiver tudo certo”, afirmou o diretor da NASA, Bill Nelson, em uma transmissão ao vivo logo depois do anúncio do cancelamento.

De acordo com a agência, apesar desses problemas técnicos, o megafoguete SLS continua com suas configurações “estáveis e seguras”.

O objetivo é levar o homem de volta à lua, mas por mais que essa primeira missão não tenha tripulação, o SLS é o primeiro foguete da agência preparado para tripulantes a ser lançado à Lua em quase 50 anos.

Então, se tudo acontecer como planejado na próxima tentativa de lançamento, a expectativa é que em 2025 esse mesmo megafoguete leve astronautas de volta ao solo lunar. Dentre essas pessoas, estará primeira mulher e a primeira pessoa negra.

Missão

Olhar digital

A missão Artemis tem o objetivo de ser o retorno do homem à lua. De acordo com a NASA, o objetivo é pousar perto do polo sul lunar. O que já é diferente do informado em relatórios antigos, que diziam que a agência planejava o pouso perto dos lugares das antigas missões Apollo.

Quando os astronautas já estivessem no polo sul lunar, eles teriam que coletar gelo de água, coisa que as tripulações do Apollo não conseguiram fazer nos seus lugares de pouso.

Essa missão Artemis será dividida em três etapas. A Artemis I, sem tripulação, seria o lançamento inaugural do Sistema de Lançamento Espacial da NASA, que agora está no aguardo para ser finalmente lançada sem nenhum problema.

A Artemis II seria lançada em algum momento de 2023. Ela levaria os astronautas para a órbita lunar, funcionando como uma reprise das missões de ensaio Apollo 8 e 10. A missão vai dar à tripulação a oportunidade de pilotar manualmente a Orion.

E finalmente, na Artemis III, que está prevista para 2024, a NASA levaria dois astronautas, um homem e uma mulher, para a superfície da lua, lugar que não vê uma pegada humana desde 1972.

Nessa missão, os astronautas ficariam na lua aproximadamente sete dias, coletando amostras, fazendo experimentos e mais outras coisas.

Fonte: G1

Imagens: Twitter, Olhar digital

Paciente vítima de erro médico em cirurgia plástica tem alta no Rio

Artigo anterior

Autores alertam para a tirania da felicidade, do prazer e do pensamento positivo

Próximo artigo