Notícias

Orçamento de casamento de luxo dobra e festas passam de R$ 1 milhão

0

Os casamentos de luxo ficaram ainda mais caros após a pandemia da covid-19. O preço do pacote básico saiu de R$ 1,5 mil por convidado para pelo menos R$ 3,5 mil.

A estimativa foi divulgada ao G1 pela planejadora de casamentos de luxo Ana Julia Figueiredo, que atua no ramo há 16 anos. Vale destacar que nesses valores não estão inclusos os gastos pessoais, como vestido da noiva e cabeleireiro.

O motivo para este aumento é que primeiro tudo parou, e depois subiu. Atualmente, tudo abriu e continua subindo. Essa combinação de uma demanda forte, muitas pessoas querendo fazer festas de casamento, com preços elevados, fez os valores dos serviços e produtos do setor de festas explodirem, explica a especialista.

A influenciadora Juliana Motta foi pedida em casamento em 2019 e teve o planejamento interrompido em 2020. Para fazer o mesmo casamento que tinha planejado, em torno de R$ 60 mil, ela vai precisar desembolsar 4 vezes mais que o programado. Isso porque a planilha nem foi finalizada.

Preço do Buffet

Casamento com buffet armado por Julio Perinetto (Foto: Divulgação/ Glamour)

Os preços do buffet aumentaram 50%. Antes era possível servir um menu bom e básico a partir de R$ 280 por pessoa, no entanto, agora é preciso pagar pelo menos R$ 420. 

O básico conta com uma carne branca, uma vermelha, uma massa, uma guarnição (risotto ou vegetais), salada, ilha de antepastos, sobremesas e coquetel de bebidas não alcoólicas.

O preço das bebidas alcoólicas também aumentou. “Hoje a gente paga um champanhe a partir de R$ 400. Antes, conseguia por R$ 300. E vai muita, uma média de consumo de uma garrafa a cada dois convidados. E ao mesmo tempo tem que ter o bar de caipirinhas, com muitos drinks, o que custa mais R$ 100 ou R$ 120 por convidado. A partir disso”, elenca a especialista.

Além disso, há os detalhes dos convites, as lembrancinhas, a decoração de mesa e muitos outros gastos que ao serem colocados na planilha apontam que um casamento de luxo pode ultrapassar o valor de R$ 1 milhão.

As flores no casamento

Foto: Divulgação / Helson Gomes/ G1

As flores são o charme da decoração do evento. Quando se trata de casamento de luxo, “o céu é o limite para decoração e flor”, afirma Figueiredo.

De acordo com a planejadora, antes da pandemia, para organizar um casamento para 400 pessoas, gastava-se, em média, R$ 200 mil com flores e decoração. Atualmente, o preço chega a R$ 380 mil.

Um dos fornecedores de Figuereido é André Pedrotti, um dos floristas mais procurados para festas de luxo no Brasil. Ele explica alguns motivos para que o  preço das flores aumentasse 300% em média:

  • Royalties: de acordo com Pedrotti, há três laboratórios de rosa no mundo que desenvolvem os botões e cobram uma graninha de quem planta. Esse valor acompanha o dólar, que subiu neste ano.
  • Fertilizante: são importados, ou seja, comprados em dólar, e por isso também subiram.
  • Combustíveis: as estufas para manter a refrigeração das flores são mantidas com diesel ou carvão. Esses combustíveis tiveram o preço aumentado após a guerra da Ucrânia.
  • Leilão: os compradores disputam as flores no leilão de Holambra, interior de São Paulo, que acontece apenas três vezes por semana. Caso você não dê um lance rápido e alto, pode ficar sem as flores.

Além disso, o preço da condução das flores também é alto. Elas andam em caminhões refrigerados de Holambra a São Paulo. Após isso, se espalham pelos casamentos ao redor de todo Brasil.

Preços

Foto: Thinkstock Photos

  • As rosas são as flores mais usadas nas festas de casamentos. O botão dela passou de R$ 0,30 para R$ 3.
  • As tulipas, que também ajudam a fazer volume, custavam R$ 22 o maço, e agora é R$ 35.
  • As orquídeas aumentaram de R$ 12 para R$ 30.
  • Já as peônias são mais caras: um botão custa de R$ 25 a R$ 30.

Casamento gera empregos

Apesar dos preços altos, Ana Julia afirma que nunca fez tanta festa quanto agora. 

“Ainda tem clientes de casamentos de 2020 e 2021. E a ânsia de clientes novos querendo celebrar a todo custo. As pessoas voltaram a casar às sextas, começaram a casar aos domingos, parou de ser só no sábado. Eu tenho um casamento na quinta que vem.”

Além disso, ela aponta que um casamento para 400 convidados gera 200 empregos, entre produção, montagem e a festa em si.

Fonte: G1

Milhares de peixes são encontrados mortos na Alemanha e na Polônia

Previous article

Biomédicos: entenda os detalhes da profissão e como cursá-la

Next article

Comments

Comments are closed.