Compartilhando coisa boa

Biomédicos: entenda os detalhes da profissão e como cursá-la

0

A graduação em Biomedicina é um dos cursos superiores que mais ganha visibilidade nos últimos tempos. Com diversas possibilidades de atuação, o biomédico é um dos profissionais do futuro, e seu papel no desenvolvimento de medicamentos e vacinas pode moldar as novas gerações de remédios e a forma de tratamento de diversas doenças.

A Biomedicina faz parte da área da saúde, porém um biomédico não pode atuar como médico. Isso porque a Biomedicina é totalmente voltada para a pesquisa e análise de sintomas e doenças humanas. O biomédico cruza informações relativas a medicina e biologia para descobrir causas e curas para diversas doenças.

A alta na busca por essa profissão veio, inclusive, por causa da pandemia: seu papel foi de extrema importância no passado próximo, ao reunir esforços de milhares de profissionais para o desenvolvimento da vacina contra a Covid-19.

Como se tornar um biomédico?

Assim como as demais áreas da saúde, há um curso específico para se tornar biomédico. É preciso ingressar em um curso de graduação em Biomedicina, seja em universidades públicas ou privadas. Durante a formação, o estudante assistirá a aulas teóricas e práticas, feitas em laboratório. Fora assistir às aulas, é necessário também realizar um estágio, obrigatório para a conclusão do curso, que dura em média quatro anos.

Dia a dia da profissão

A rotina de um biomédico é recheada de pesquisa, portanto quem estiver interessado na profissão deve gostar de pesquisar e ler muito. Dependendo da área de especialização, a rotina pode ser mais corrida.

Também se engana quem pensa que, nessa área, os profissionais estão longe da matemática: a função de biomédico envolve muitos cálculos, especialmente quando se trata da produção de novos remédios.

Quais funções um biomédico pode desempenhar?

A área mais comum de atuação de um biomédico é no setor de desenvolvimento de medicamentos, mas também há outras possibilidades em que a profissão é bem-vinda. Pesquisa e desenvolvimento de vacinas e antídoto contra picadas de animais peçonhentos são exemplos. Há oportunidades de carreira como perito criminal, com participação nas investigações de homicídios e em outros delitos, para fornecer teorias e soluções para diversos crimes.

O biomédico também pode atuar na área sanitária de investigação e fiscalização de diversos ambientes. É possível encontrar muitas empresas contratando biomédicos, inclusive para pesquisas privadas de medicamentos e cosméticos.

Qual a importância de um biomédico?

Embora o profissional não dê diagnósticos diretos a um paciente em consultórios, é ele quem traz alternativas e desenvolve medicamentos para o tratamento de qualquer especialidade médica.

Além da área de saúde, o biomédico também faz parte das pesquisas ligadas à biologia relativa ao corpo humano e à preservação do meio ambiente.

Orçamento de casamento de luxo dobra e festas passam de R$ 1 milhão

Artigo anterior

Cientistas desenvolvem remédio capaz de combater 300 tipos de bactérias

Próximo artigo