EntretenimentoHistória

Os tufões mais destrutivos da história

0

Um tufão é um dos tipos de tempestades com um sistema circular ou espiral de ventos violentos, normalmente com centenas de quilômetros ou milhas de diâmetro. No Brasil, tufões e ciclones não fazem parte da nossa história, mas em outros países, é um desastre recorrente. Listamos, aqui, alguns dos maiores tufões que já aconteceram no mundo!

Haiphong

Fonte: Grunge

Em 8 de outubro de 1881, esse enorme tufão atingiu o Golfo de Tonkin, devastando Haiphong, Vietnã e sua área costeira vizinha, o que deixou 300 mil pessoas mortas. Haiphong está entre os tufões mais catastróficos do mundo e o terceiro com o maior número de mortes já registrado na história. Sua categoria é desconhecida, pois ocorreu antes dos avanços meteorológicos do século 20, que permitem essa classificação.

Nina

Fonte: Educo Philippines

Em 30 de julho de 1975, o quarto tufão mais mortal registrado, Nina, atingiu a China, matando cerca de 229 mil pessoas. Pela sua magnitude foi enquadrado na categoria 4. A destruição causada por Nina não foi devido aos seus ventos destrutivos, mas sim pelas inundações decorrentes da destruição da barragem de Banqiao, localizada na cidade de Zhumadian. Algumas barragens menores também vieram a desabar pelo tufão, o que resultou em ainda mais tragédia.

Vera

Fonte: Devastating Disasters

Entre os inúmeros tufões que já passaram pelo Japão, Vera foi o mais letal e destrutivo da história do país, como sendo o mais forte registrado no mundo. Em 20 de setembro de 1959, um ciclone de categoria 5 deixou mais de 1,5 milhão de desabrigados e matou 5.500 pessoas. Os enormes ventos deixaram um rastro de destruição por plantações, casas e rios.

Ida

Fonte: Daily Advent

Ida, o sexto colocado dos tufões mais mortais do Japão, chegou ao país no dia 20 de setembro de 1958. As ondas de mais de 60 centímetros devastaram mais de 120 mil campos de arroz. O fenômeno natural também destruiu 2.118 construções, 244 estradas e diversas pontes ferroviárias. Os rios Arakawa, Kano e Meguro transbordaram, devastando casas, lojas e santuários religiosos. O desastre matou 1.269 pessoas e fez com que 12 mil pessoas ficassem desabrigadas.

Sarah

Fonte: Youtube

O supertufão Sarah, categoria 5, aterrorizou a Coreia do Sul e o Japão. Sua chuva e ventos fortes destruíram milhares de casas, danificaram colheitas que valiam mais de milhões de dólares, causou inundações e deixou milhares de pessoas desabrigadas. Com isso, certas fontes afirmam que ocorreram 840 mortes, enquanto outros dizem que o número pode chegar a 1.869 vítimas.

Megi

Fonte: The Weather Channel

No dia 8 de outubro de 2010, as Filipinas foram atingidas pelo super tufão Megi, de categoria 5. Considerado um dos maiores ciclones já registrados, o desastre atingiu 23 províncias, 17 cidades e mais de 2 milhões de pessoas. Ainda sobre os estragos, o tufão deixou 69 mortos em Taiwan e nas Filipinas, arruinou a infraestrutura de inúmeras cidades, destruiu campos de agricultura e desabrigou mais de 148 mil famílias.

Wanda

Fonte: Government Records Service

Hong Kong viveu dias de terror no ano de 1962. O tufão de categoria 2, Wanda, passou pela região de 27 de agosto a 1 de setembro sendo o pior ciclone tropical já registrado em Hong Kong. Embora tenha sido categorizado como 2, o furacão deixou 72 mil pessoas desabrigadas e destruiu mais de 2 mil barcos. Porém, Wanda não deixou nenhuma vítima fatal.

 

Fonte: 10 Most Today

Imagens: Grunge, Educo Philippines, Devastating Disasters, Daily Advent,
Government Records Service, Youtube, The Weather Channel, Wired.

Ciência e gosto musical podem ajudar na escolha de fones de ouvido

Matéria anterior

7 plantas que donos de pets devem evitar

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos